Gerenciamento de Projetos – Existe uma fórmula para o sucesso?

Acredito que a grande maioria dos profissionais de TI já tenha ouvido falar de Gerenciamento de Projetos ou conheçam o tema com certa profundidade. Penso que uma das perguntas que possam passar pela cabeça de quem está estudando o assunto seja: Existe uma fórmula para o sucesso?

Na atualidade o gerenciamento de projetos é conhecido principalmente pela publicação de melhores práticas utilizadas e aperfeiçoadas por quem deseja obter melhores resultados em projetos. O PMI (Project Management Institute) é uma das mais respeitadas instituições que concentra esforços na publicação das melhores práticas em gerenciamento de projetos. A publicação mais conhecida é o PMBoK (Project Management Body of Knowledge).

Sou da opinião de que a harmonia do Universo ocorre através do equilíbrio. Na Engenharia de Software, utiliza-se o termo “bala de prata” para designar o que seria a solução definitiva para determinado problema. Uma espécie de método ou fórmula capaz de resolver o problema independente da natureza. Assim como na Engenharia de Software, no Gerenciamento de Projetos não existe bala de prata. Não existe um roteiro único que permitirá solucionar todo e qualquer problema.

O gerenciamento de projetos é definitivamente, um dos melhores caminhos para obtenção de melhores resultados, mas é preciso utilizá-lo de maneira adequada às necessidades de cada projeto, ou seja, de acordo com o tamanho/orçamento, natureza, criticidade e importância do projeto. É preciso selecionar as ferramentas, métodos e técnicas mais adequadas para cada situação e isso não se conquista de imediato. É um processo constante de aprendizagem e aperfeiçoamento. Não há uma fórmula, mas há um caminho que possa ser seguido, o da melhoria contínua na utilização de ferramentas, métodos e técnicas de gerenciamento de projetos.

As organizações engajadas neste contexto estão buscando constantemente o aperfeiçoamento de seus métodos através de pesquisas e desenvolvimento. Uma das pesquisas nesta área, denominada Benchmarking GP 2008, foi divulgada na segunda semana de Janeiro/2009 no site Integração Nacional de capítulos do PMI. Participaram do Benchmarking GP 2008 (Estudo de Benchmarking em Gerenciamento de Projetos Brasil 2008, Project Management Institute – Chapters Brasileiros) um total de 373 empresas de diversos ramos, das quais 23% de Tecnologia da Informação, 12% de Consultoria e 9% de Serviços. A pesquisa apresenta uma série de dados interessantes, dentre os quais os seguintes:

  • Os problemas que ocorrem com mais freqüência nos projetos são: não cumprimento dos prazos, mudanças de escopo constantes e problemas de comunicação;
  • As iniciativas que as organizações pretendem desenvolver nos próximos 12 meses são: programas de capacitação em gerenciamento de projetos, desenvolvimento/revisão de metodologias de gerenciamento de projetos e implementação de indicadores de desempenho para projetos;
  • Apenas 10,5% das empresas participantes entendem que já atingiram todos os objetivos esperados ou estão bem próximas de atingir todos os objetivos esperados em termos de gerenciamento de projetos.

Os dados demonstram, além de outras coisas, que a caminhada é longa. E você, já deu o primeiro passo? Visite o site Integração Nacional de capítulos do PMI e consulte os dados completos da pesquisa. É bem interessante.


5 Comentários

Silas Lopes
1

Sem dúvida alguma, Gerenciamento de Projetos é uma área bastante interessante e desafiadora, bem como promissora. As certificações estão em alta e ainda há muito o que fazer.

Parabéns pelo Post.

Silas Lopes

Deixe seu comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Campos com * são obrigatórios!

*

*

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>