Curiosidade: Quais os navegadores de internet existentes atualmente?

Temos uma grande variedade de Navegadores web!

Quais vc responderia de cara? IE, Firefox, Opera, Safari, Chrome? Muito mais que isso.

Estive hoje navegando no http://br-linux.org, em um post que falava sobre o Google Chrome para Linux, e observei que uma das pessoas (Manoel Pinho) que comentou o assunto postou 2 links para 2 navegadores que até então eu nunca tinha ouvido falar: Midori e arora.

Movido por uma enorme curiosidade, fui a busca de um lista de navegadores de internet que ainda existem no mercado web.

Vasculhei vários sites e abaixo listo alguns dos navegadores que encontrei (tem até brasileiro no meio, hein!) e peço a gentileza de vocês, leitores do PTI, que complementem esta lista com os que conhecem e que já tenham utilizado.

  • AWE: começamos pelo nacional, claro. AWE roda em Windows e, pelo que o criador diz, é o melhor navegador brasileiro e que compete de igual para igual com renomados navegadores mundiais. Saiba mais.
  • Internet Explorer: navegador (por enquanto) mais utilizado no mundo de código fechado proprietário da Microsoft.
  • Lynx: navegador modo texto muito utilizado em sistemas POSIX (unix, linux, etc).
  • Mozilla Firefox: open source, mutiplataforma e um dos hypes do momento.
  • Opera: gratuito, porém, de código proprietário é considerado um dos navegadores mais completos dentre seus concorrentes, apesar de ser pouco utilizado (o que é uma pena).
  • Netscape Navigator: “morto” em 01/03/2008 pela sua mantenedora, a AOL (que comprou a Netscape em 1999).
  • Safari: navegador padrão do sistema operacional OS X da Apple, mas que possui versão também para Windows. Dizem ser o mais rápido da categoria.
  • Camino/Shiira/OmniWeb: rodam em OS X também.
  • Konqueror: parte do K Desktop Environment (KDE).
  • Flock: baseado no Mozilla Firefox tem a habilidade de trabalhar muito bem com os serviços sociais mais populares da web.
  • Galeon: roda em ambiente GNOME e é baseado no Mozilla Firefox.
  • Midori/arora: rodam em plataformas unix (desconhecia totalmente).
  • Google Chrome: navegador da gigante Google. Ainda em beta e não disponível para Linux e MAC.
  • Maxthon Browser: for Windows, gratuito e mais um que diz “fazer até café”. (o contador de downloads deles anda rápido pra caramba…hehehe).

Acha que acabou? Dá só uma olhadinha na lista de navegadores da Wikipédia ou na lista do evolt.org. Nessa lista ainda não são comentadas todas as vesões do IE, certo? 3, 4, 5, 5.5, 6, 7 e 8 (e outras mais que nem conheço).

Agora lhes pergunto: Pra que ainda insistem em criar novos navegadores de internet se já temos às pencas no mercado? Pra que esperar desesperadamente pelo Chrome para Linux, MAC e etc? Porque cargas d’água perdemos tempo em testar um monte de navegadores se os usuários finais não enxergam esta necessidade e acabam vendo somente 1 ou no máximo 2 navegadores?

Realmente são perguntas que me deixam injuriado. Apesar de todos os dias utilizar no mínimo 3 navegadores diferentes, não vejo mais mercado para mais navegadores. Porque não abraçar o Firefox, por exemplo, ao invés de criar outros baseados nele?

Pronto, falei. Até mais!

Update: Mantenha-se atualizado nas estatísticas dos navegadores mais utilizados.


27 Comentários

Klaus Peter Laube
1

Olá Jackson! Excelente post…
Tem o SeaMonkey e o Konqueror também…

Sobre sua perguta… bem, em se tratando de Software Proprietário eu também não sei lhe responder, mas em Software Livre… vale lembrar que ser “proveniente do Firefox” quer dizer que utiliza o motor Gecko e o Chrome não utiliza este motor! Por isso ele é esperado por muita gente do mundo Linux (não temos Safari no Linux :-(… )
Como nas distribuições, projetos pequenos dão mais liberdade aos desenvolvedores do que projetos “apadrinhados”. E geralmente uma implementação que ocorre no “filho” e dá certo, é replicada para o “pai” (e vice-versa). E geralmente um “projeto proveniente relevante” tem uma característica forte que seu “ancestral” não tem (vide Debian / Ubuntu)…
Na questão de contribuição, até concordo contigo… para que ficar fazendo dezenas de browsers?! Agora te digo também… para que ficar fazendo dezenas de ERPs? CMSs? ECMs? Sisteminhas de Padaria? Sistemas de Video-Locadoras?
Na questão da multiplicidade… acho excelente… melhor a escolha do que o monopólio!

Jackson Caset Autor do Post
2

Opa Klaus,

Realmente tenho que concordar contigo referente a questão de escolha. Com certeza melhor ter possibilidades de escolha do que monopólio. Mas será que esse mercado de navegadores não anda saturado?

Um ERP, CMS e etc podem ser muito diferentes na questão de funcionalidades, facilidades e etc. Já um navegador, o que mudar? O que oferecer a mais?

Segurança? Bom, isso deve ser requisito. Facilidade na navegação? Creio que isso tbm é o básico. Bons plugins? Bom, para isso a plataforma do firefox é ótima.

Se tocar no assunto mudanças, a MS fez várias no IE7…e que mudanças! Até a nevegação ficou totalmente ao contrário do que já era o padrão…hehehe

Acho que levantei estes questionamentos mais por estar de saco cheio de ver tantos lançamentos e por saber que com todas estas possibilidades de escolha, quem acaba levando são os desenvolvedores.

Obrigado por me abrir a mente para o quesito escolha :)

Klaus Peter Laube
3

Jackson…
Exatamente isso que eu queria questionar… as “características únicas de cada cliente” levam um ERP, CMS, etc. a serem tão “específicos” (pois em qualquer disciplina de SI você só tem UMA definição para ERP e UMA definição para CMS). Mas e se suas funcionalidades básicas fossem centralizadas, digo… se fossem abertas e desenvolvidas por uma comunidade? E aí fizessemos derivações para atender casos específicos?! Não seria o máximo?! Não estaríamos “reinventando a roda” e só estaríamos acrescentando ao projeto… esta é a principal “vantagem” que muita gente não entende (ou faz questão de não entender).
É isto o que acontece com os navegadores derivados do Firefox… as derivações seguem os fundamentos do Firefox (motor Gecko) e isso não prejudica em nada o desenvolvedor web pois é o mesmo motor o responsável por toda a renderização… acho muito legal possuirmos outros motores de renderização pois cada um tem uma CARACTERíSTICA ÚNICA que agrada a um grupo de usuários (quero usar o Chrome por causa do V8 e por ser mais leve que o Firefox). Claro, desde que este siga os padrões web (o que, você sabe melhor do que eu, não é o caso do IE…).
[IMO]Eu faço um site bem feito e não preciso fazer versões alternativas para Firefox, Opera, Safari, Chrome, Seamonkey, Konqueror, Lynx, etc. Mas em compensação eu tenho que fazer 3 versões para o IE (6, 7, 8)… não me venha dizer que a multiplicidade quem está prejudicando o desenvolvedor web, pois sinceramente não é! Saturado?! Bom, talvez… mas ainda assim eu prefiro a escolha do que a falta de escolha.[/IMO]

Jackson Caset Autor do Post
4

Bom ok, vc me convenceu! Se a multiplicidade seguir as bases padrões (inclusive o IE), então que venham mais navegadores…hehehe.

Vamos ver o que os outros pensam a respeito….COMENTEM!

Abraço

Silas Lopes
6

Opa Jackson!
Excelente post!!!

O primeiro ícone se refere ao Amaya, um navegador/editor open source disponibilizado pelo W3C.

“Porque não abraçar o Firefox, por exemplo, ao invés de criar outros baseados nele?”
Boa pergunta!!! O FF cresceu muito nos últimos tempos, e acho que ainda tem muito para crescer.

Helen Fernanda
7

O programador que cria um browser realmente acredita que seu produto final vai fazer diferença no mercado, ele não acha que está criando “mais um navegador”. A prova disso é que alguns conseguem se destacar e conquistar nichos no mercado, como o Flock e o Chrome.

Um navegador que não está em nenhuma das listas e que eu acho muito interessante é o The World Browser. Ele é bem leve e eu o uso ele para acessar sites que só funcionam no Internet Explorer, sem ter o desprazer de abrir o IE.

Jackson Caset Autor do Post
8

@Helen,

Eu desconhecia o The World Browser, vou baixar pra ver qualé!

Assim como os buscadores de conteúdo, os navegadores estão cada vez mais nas ideias dos programadores…quem faz algo útil, como vc comentou, com certeza se destacará :-)

Obrigado pela participação. Abraço!

Arthur
11

Otima post …Parabens adorei muito…
mass me deixou com mais duvida ainda…ql o melhor para ser utilizado? na sua opinião !!

Brigida
13

Parabéns a todos vcs que postaram nesta página,pois foi muito útil para mim.
Eu desinstalei o Firefox e instalei o Chrome por ser mais leve,e vi que é muito bom!
Mas ,na verdade estou com saudades do Firefox,pois tem algumas coisas lá que não tem nos outros,e vou reinstalá-lo novamente.
Vou deixar tudo para ver o que dá.Aqui tem ie6,chrome e firefox.
Fiquei pensando no Ópera.Vamos ver.
Muito obrigada por tudo o que eu aprendi com vcs.
Abraço.

Arthur Medrado
16

ROCKMELT

Um navegador muito foda! integra varias funcionalidas como redes sociais em duas barras laterais
email’s alem de dispor de outras inumeras utilidades e ferramentas…recomendo!
segue o link para maior conhecimento.

http://www.rockmelt.com/

Amanda
17

Um navegador não muito bom: Comet Bird… sua interface não é muito prática e as páginas demoram a carregar. Uma questão pode ser considerada boa, que é o fato do Comet armazenar o histórico, Ex: eu entro hoje no Facebook em minha página (Ministério Sete Levitas) e apos eu fechar a página posso entrar a qualquer hora que o histórico me mostra onde entrei. Por outro lado é ruim, se eu quiser privacidade,por que se eu entro em uma página,fecho ela e alguém abre o navegador o http vai direto pra ultima cessão aberta. é isso… :)

Pacheco
18

Parabens a todos. Eu sempre usei o Chrome e ultimamente estava muito lento, então decidi experimentar o Maxthon, agora não quero outro, em leveza e simplisidade e até a fazer downloads funfa na MAIOR blz.
Até mais.

Deixe seu comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Campos com * são obrigatórios!


− oito = 0

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>