TI Verde do Itaú vence premiação internacional

O Itaú recebeu, em Nova York, o prêmio de  Green Enterprise IT Awards (empresa verde no setor de TI), realizado pela Uptime Institute, por sua atuação em prol da utilização de tecnologias sustentáveis. O projeto TI Verde foi o responsável pelo reconhecimento, pela categoria Joint IT and Facilities Innovation (integração entre facilities e TI), que premia ações inovadoras de ganhos de eficiência de tecnologias. O prêmio é um dos mais importantes reconhecimentos de ações ambientalmente corretas da área de tecnologia.

O projeto premiado usou a TI Verde como ferramenta de integração entre áreas de “facilities” e TI. Um dos processos resultantes foi o de virtualização dos servidores, que trouxe resultados como economia de energia de 3,7 GWh desde sua implantação. Além das ações de virtualização, houve evolução dos mainframes, aquisição de máquinas de refrigeração de precisão, uso de desktops virtuais (VDI) e troca de monitores de tubo por LCD, que resultaram em uma economia de energia de 1,9 GWh somente no ano passado. O projeto incluiu ainda o descarte sustentável de equipamentos de informática obsoletos, com geração de cerca de 125 toneladas de materiais entre plástico, ferro, aço, níquel, alumínio e sais metálicos, que retornaram como matéria-prima a indústrias de diversos segmentos e a melhoria de eficiência da infraestrutura, medida por um indicador chamado PUE (Power Usage Effectiveness), que baixou de 2,14 em 2004 para 1,72 ao final de 2009 – quanto mais próximo de 1, mais eficiente está sendo o uso de energia no ambiente.

“Para nós é uma honra receber este prêmio, que reconhece nosso compromisso contínuo com a sustentabilidade de negócios. Este reconhecimento nos incentiva a desenvolver ações cada vez mais inovadoras, cooperando com a redução de consumo de recursos naturais”, afirma João Bezerra Leite, diretor da área de Infraestrutura e operações de TI do Itaú.

Green Enterprise IT Awards

O Green Enterprise IT Awards é uma premiação anual, realizada pela Uptime Institute, consultoria americana da área de tecnologia, que reconhece projetos, ideias e produtos que melhoram significativamente a produtividade da energia e utilização de recursos em TI. O prêmio, neste ano em sua terceira edição, é aberto a empresas de todos os países do mundo, que têm seus projetos avaliados por um corpo de jurados independentes. A entrega é feita em Nova York durante simpósio realizado pelo instituto, em que se discute inovação e tendências da TI mundial.

TI Verde no Itaú

O Itaú tem no desenvolvimento de novas tecnologias e no aperfeiçoamento de sistemas alguns dos pilares de seu sucesso. Desde 2004 o banco investe em programas e iniciativas para reduzir os impactos ambientais de seus produtos e serviços, com medidas focadas na diminuição do consumo de energia, corte na emissão de CO2, otimização de processos com vistas a redução de impressão e estratégias direcionadas à sustentabilidade tecnológica.

Em 2008 foi implementado o Comitê de TI Verde, que prevê a integração de ações de TI para identificar, mapear e mensurar oportunidades que levem em conta as esferas econômica, social e ambiental das áreas de TI da organização. Em 2009, o orçamento da área de tecnologia do banco foi de cerca de R$ 3 bilhões.

Fonte: Comunicação Corporativa – Itaú Unibanco


Deixe seu comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Campos com * são obrigatórios!

*

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>