A EA Games pode ajudar no crescimento do Desktop Linux nas empresas?

Todos nós sabemos que no mundo Desktop o Windows impera absoluto e uma das grandes vantagens do Windows sobre o Linux é a grande variedade de softwares existentes, mas principalmente os softwares feitos para o mundo corporativo, destes, muitos são feitos pelas softwares houses menores, que desenvolvem seus produtos para o mundo Windows pelo simples motivo que muitas das grandes empresas de desenvolvimento também só desenvolvem para essa plataforma.

Como podemos ver existem vários fatores para os Desktops Windows imperarem, mas para esse fator mudar no mundo corporativo e o Linux começar a ter um número maior na participação nesse ambiente, depende de uma boa parte das grandes desenvolvedoras, porque se elas começarem a desenvolver para a plataforma Linux, ela estimulará as pequenas a fazerem o mesmo, pois elas pensarão: “Se as grandes desenvolvem, nós também podemos, pois assim teremos um maior campo de ação”.

Pensando nessa “fórmula”, um incentivador para essa mudança de postura pode vir de fora. Como muitos devem ter visto a EA Games, uma das gigantes do mundo dos jogos, anunciou dois jogos para a plataforma Linux, mais precisamente para o Sistema Operacional Ubuntu. Mesmo que seja via browser, já é um inicio, pois a EA Games declarou também que a intenção é continuar lançando jogos nesse estilo, pois vê a plataforma open-source uma folha em branco a ser descoberta.

Mas como essa ação pode alterar algo no mundo corporativo? Vamos a alguns fatos: se isso acontecer ela pode levar consigo outras gigantes a adotar essa mesma politica, pois um grande caso de sucesso sempre leva a alguns outros tentarem os mesmos. Outro fato que também tem que se levar em conta é que a maioria dos softwares tendem a migrar para o mundo Web, então essa cartada da EA pode ser muito bem pensada. Outras empresas podem podem começar a migrar para o desenvolvimento Web e enxergarem que o mundo Linux não é uma coisa assim tão obscura. Outro fator que também pode ajudar o Desktop Linux é que as empresas não terão que criar uma nova equipe de programação ou até mesmo aumentar a atual, se elas já possuírem uma equipe de desenvolvimento web. O que talvez elas terão que fazer é capacitar os atuais desenvolvedores, pois querendo ou não há uma diferença como os browsers funcionam em diferentes plataformas.

E um outro fator que também pode vir de fora para dentro das empresas é que se caso realmente a EA Games comece a lançar mais jogos para o Linux, muitas pessoas que hoje usam o Windows por causa dos jogos podem começar migrar para o Linux, e assim tornando um ambiente mais amigável para mais pessoas, facilitando a implantação do mesmo nas empresas.

Então como vimos a EA Games pode ser o inicio de um divisor de águas e mostrar que o mundo Linux é um ambiente em potencial. Temos que levar em conta também que nada nesse mundo é eterno. Citando um exemplo recente no mundo da informática, o browser IE foi por vários anos o líder de mercado do seu segmento no Windows e recentemente vem perdendo o posto para outros navegadores, tal como o Google Chrome, mostrando que se der escolha as coisas tendem a ficar mais iguais.

Agora só resta aguardar e esperar o resultado dessa investida.

2 Comentários

Marcio
1

Muito boa essa iniciativa da EA Games. Os bolsos de várias pessoas agradeceriam, além de ajudar a acabar com essa praga que é a venda de Software Windows piratas. O Win 7 pirata tem sido a causa dos grande problemas em computadores concertados aqui. Valeu EA Games.!

Deixe seu comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Campos com * são obrigatórios!


+ 4 = doze

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>