Desenvolvimento de Sites: Site Amigável x Imagens x Conteúdos

Quem desenvolve sabe muito bem os problemas que temos em fazer compreender a arte que é ter algo louvável na internet. São disciplinas complexas que temos que torná-las de fácil assimilação para qualquer cliente.

Encontramos barreiras diversas para convencer de qual o projeto que é o mais viável e não exatamente aquilo que o cliente considera o mais bonito. Quantas vezes eu já abri mão de contratos porque o projeto não seria o sucesso esperado justamente pela inflexibilidade do contratante em não permitir que o profissional trabalhe conforme seu conhecimento, afinal ele é pago para usar o conhecimento adquirido durante seus estudos e prática – não é mesmo?

Se você contrata alguém é pelo fato de ele ter habilidades que você não possui ou o tempo que não lhe é favorável, a mesma coisa ocorre comigo ao contratar algumas pessoas para trabalharem em projetos de parcerias, eu creio que habilidades e visões diferentes levem o projeto a uma qualidade superior.

Uma das maiores barreiras em se ter um projeto de sucesso é justamente o cliente não entender que o profissional é quem deve orientar o projeto com o intuito de alcançar os desejos de quem o contratou, mas acima de tudo pensar mais no cliente do contratante do que no próprio contratante. Para isso, precisa visar o desejo do cliente dessa empresa e não os gostos do contratante, já que o consumidor do contratante é quem vai fazer uso real daquele site.

Essa primeira barreira ou erro no projeto é a mais complexa, pois trata-se de relacionamento entre profissional e cliente. Os erros a seguir são corrigíveis facilmente, basta ter disponibilidade para aprender a fazer corretamente. Mas, na questão relacionamento cabe a você, profissional, orientar da forma mais simples possível o que é correto ou não em um projeto.

O profissional ser ouvido ou os desejos na integra do cliente serem feitos é o que faz a diferença final entre Sites cartão de visitas e Sites que vendem uma idéia, serviço ou produto, ou seja, aqueles que somente possuem textos e imagens – porém, não agregam valor, ação ou reação, não fazem a venda do serviço ou produto como deveriam, são apenas os cartões de visitas, portanto, aquele que tem o objetivo claro de relacionamento com o cliente é o que vende. Simples assim.

Sites amigáveis

Alguns falam somente em amigáveis para buscadores, mas aqui vamos ser mais abrangentes nesse termo. O ‘amigável’ será todo aquele site que é capaz de ser lido sem dificuldades pelos buscadores, todo site que tem um visual que remete o cliente a fazer uso de todo o conteúdo sem ter que aprender a manusear formulários, menus, imagens e outros, algo intuitivo, é todo aquele que apresenta simplicidade no desenvolvimento sem abrir mão na eficácia de suas ferramentas.

Imagens

Bancos de imagens para detalhar ou dar mais valor ao seu site existem aos montes, crie um ambiente alegre e sugestivo com imagens bem escolhidas, só que não caia na armadilha de fazer um circo ao invés de um site, o site mesmo que enriquecido com imagens precisa ser o mais limpo possível, ter espaço de respiro de informação (espaços em branco), divisões simples e organização de todo o conteúdo possibilitando a fácil localização e leitura do seu conteúdo.

Conteúdo

Não é de hoje que nós, profissionais da área, encarecidamente solicitamos, indicamos e fornecemos bons conteúdos, isso porque como todos sabemos o – Conteúdo é Rei.

Tenha conteúdo agradável, tente uma escrita diferenciada até encontrar aquela que mais se identifica com seu público. Faça com que o interesse no conteúdo apresentado seja tamanho que o retorno ao site possa ser de interesse daqueles para qual o conteúdo é direcionado.

Resumo:

Quando falamos em desenvolvimento de sites, seja ele um e-commerce, um site institucional, um blog pessoal ou para um nicho específico é necessário atenção em todos esses três pontos – Site amigável x Imagens x Conteúdo.

Uma dica que quero deixar aqui é – prepare tudo o que precisas de conteúdo e imagens para os conteúdos durante o desenvolvimento de seu site, largue a computador e volte para o papel e caneta, escreva idéias, melhore-as, defina a hierarquia de menus do site, defina o conteúdo, defina as possíveis imagens, as cores e a intenção do site. O uso do papel e caneta torna o processo de desenvolvimento da idéia mais estimulante.

Sucesso a todos, um grande abraço.

Luiz Castro Junior

Mais artigos deste autor »

Diretor da Alpis Consultoria.
Consultor Certificado 8 Ps - Marketing Digital, Planejamento Estratégico digital, Gestor de Projetos.


Deixe seu comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Campos com * são obrigatórios!


8 × seis =

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>