Dicas para Comércio Eletrônico: a importância de um simples botão

É bem comum encontrar pequenos erros de processos ou simples erros de nomenclatura de botões em diversas Lojas Virtuais, até mesmo nos grandes players – quanto mais nos pequenos…

São erros que apesar de pequenos, muitas vezes não percebido como erro para o usuário, mas podem causar perdas de faturamento, e claro que ninguém quer isso. Quem trabalha com e-commerce sabe muito bem que até a mais simples otimização pode ser eficaz, já que a proposta de se ter um e-commerce é alcançar um número definitivamente maior do que de uma loja física, com essa realidade, qualquer fração pode ser bem considerável no faturamento do mês.

Evite ao máximo cometer esses errinhos. Se você os comete, corrija-os em fases controláveis e vá monitorando as alterações nos resultados. Se você for um pequeno e-commerce é possível que não sinta tanto, mas monitore também, afinal, estar pronto para um up no mercado sempre é bom.

Vamos então falar de Botões:

Uma série de errinhos simples, que facilmente podem ser solucionados, acontece justamente nos botões dentro da loja virtual.

Botões de Call-to-action, ou seja, aqueles que buscam causar a ação positiva do usuário em prol de uma conversão, não podem ficar de forma alguma isolados, mal posicionados e principalmente sem cores de destaque. Certamente você já viu uma loja toda vermelha com o botão de “Comprar” verde, certo? Isso tem um motivo para ser assim.

Botões que podem comprometer o tempo de navegação do usuário no site certamente devem ser excluídos. Tente localizar botões desnecessários, tente perceber como e onde tais páginas internas do seu site podem se relacionar e facilitar a vida do seu usuário. Cuidado também com botões que aparentam ter utilidade, mas que no fundo são uma completa dor de cabeça – botões como “Limpar campos”, “Refazer inscrição” e outros podem ser clicados erroneamente causando uma série de problemas, entre eles a má experiência de compra do visitante do site, a desistência de compra e o pior, reclamações em Redes Sociais pela ineficiência da estratégia da Loja.

Vale lembrar que um grande aliado em suas conversões é o processo no qual o cliente passa. A regra de no máximo três cliques para se chegar onde quer ainda é válida… No caso de Lojas virtuais é importante levar em consideração que são 3 cliques para localizar o produto e mais 3 ou menos para encontrar o botão de “Concluir compra” já na efetivação do pedido. São etapas diferentes, mas que estão no mesmo ambiente.

Nomes dos botões também são importantes. Como hoje temos, com certa facilidade, a capacidade de fazer testes A/B, então se recusar a testar é uma falta de boa vontade. Use nomes simples, que informem diretamente a ação – “Comprar Agora!”, ou “Comprar” ou até “Ir para o carrinho” podem ser testados, mas em grande parte o mais simples sempre é o melhor, tente facilitar a vida do usuário.

Como falamos de Call-to-Action, porque não falar dos botões que anulam a função da chamada para ação? Isso não é tão comum de encontrar, mas acontece em projetos sem planejamento. Nem sempre dar todas as ferramentas para o cliente serve para aumentar a credibilidade da Loja Virtual, portanto, ao finalizar a compra o cliente não deverá encontrar a opção de cancelamento, pelo menos – não nesse momento. Não dê motivos para uma possível desistência.

Pode ser colocado um botão de cancelamento de compra, ou contato para cancelamento, dentro do painel de cliente no site, dessa forma, você não perde a venda e ainda mantém a ferramenta para casos isolados de desistência.

Como falei anteriormente e em outros artigos, os processos realizados dentro de uma Loja Virtual são responsáveis pela capacidade de venda desse ambiente. Vale a lógica de que por trás de tudo isso existe um mar de complexidade, porém, o cliente deve ver somente o que é simples – Ser criativo e eficiente é ser simples.

Seu cliente não deve ter que enfrentar uma pequena curva de aprendizado ao acessar o site. Se em determinado momento ele para de navegar e se questiona em algo sobre os processos da sua loja é sinal que tem coisas a melhorar.

Boa parte desses processos são iniciados/finalizados através dos botões, por isso estou dando tanta atenção a eles neste artigo. Veja que toda ação inicia em um botão e finaliza também em um botão. O cliente clica no menu, clica no botão ou no link do produto desejado, clica em “Comprar”, clica em “Efetuar pagamento”, clica em “Próximo Passo….” e “Finalizar compra”. Tudo começa, continua e termina com botões.

Quando estiver elaborando seu projeto ou reestruturando-o, recomendo que use uma boa parte do seu tempo para pensar em processos e como os botões podem se adequar a eles para facilitar a vida de seu cliente.

Um forte abraço, sucesso a todos.

Luiz Castro Junior

Mais artigos deste autor »

Diretor da Alpis Consultoria.
Consultor Certificado 8 Ps - Marketing Digital, Planejamento Estratégico digital, Gestor de Projetos.

Deixe seu comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Campos com * são obrigatórios!


sete + 2 =

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>