O que é o (not provided) nos relatórios do Analytics?

Recentemente muitas pessoas foram pegas de surpresa ao verem em seus relatórios do Google Analytics o termo (not provided). Acontece que esse estranho termo é muito mais importante do que você imagina!

Durante muito tempo o Google forneceu através do Analytics relatórios completos das palavras-chave que levaram visitantes aos nossos sites, mas então entrou em vigor a Nova Política de Privacidade do Google, e isso mudou tudo.

Com a Nova Política de Privacidade, o Google não irá mais fornecer no Analytics os termos de busca/palavras-chave dos usuários que estiverem logados com uma conta do Google, pois agora os termos de busca são confidenciais. Desse modo o Analytics só irá mostrar as palavras-chave das pessoas que acessaram seu site através do Google sem estarem logadas.

O termo (not provided) é a soma de todas as buscas feitas por pessoas que estavam logadas em qualquer um dos serviços do Google, incluindo Gmail, YouTube, Google+, Orkut ou qualquer outros, e foram parar em seu site. Você nunca mais verá as palavras-chave dessas buscas. Nunca.

Por enquanto o (not provided) representa “apenas” entre 15% e 40% das visitas. É um número mediano, mas tende a aumentar com o tempo, na medida em que mais pessoas criam contas nos serviços do Google.

Em alguns sites, como o de uma empresa de quadros decorativos para a qual faço consultoria de SEO, os termos representados pelo (not provided) já estão em segundo lugar, como você pode ver na imagem abaixo.

Painel do Google Analytics

Mas acalme-se, ainda não é o fim do mundo. Graças ao próprio Google existem as Ferramentas para Webmasters. Acesse o painel do seu site nas Ferramentas do Google para Webmasters, clique na opção “Tráfego” no menu lateral esquerdo e depois clique em “Consultas de pesquisa”, no mesmo menu, como mostra a imagem a seguir.

Ferramentas do Google para Webmasters

A página irá mostrar quais as palavras que as pessoas digitaram para encontrar seu site. Para entender melhor essa página, veja os significados dos seguintes termos:

Consulta: é a palavra-chave que digitaram no Google e que levou visita ao seu site.
Impressões: é o número de vezes que seu site apareceu nos resultados de busca para determinada palavra-chave.
Cliques: é o número de vezes que clicaram em seu site nos resultados de busca.
CTR: é a porcentagem de pessoas que viram seu site nos resultados de busca e clicaram nele. O CTR é calculado dividindo o número de cliques pelo número de impressões e multiplicando o resultado por 100. Por exemplo, se o resultado for 67 significa que de todas as pessoas que viram seu site no Google (impressões), 67% delas clicaram nele.
Posição média: é a posição média do seu site nos resultados de busca para aquela palavra-chave.

Mas existem alguns contras nas Ferramentas do Google para Webmasters:

  • Ela é limitada a 10 mil palavras-chaves. Para um site comum esse número é ótimo, mas para sites com centenas de milhares de visitas, 10 mil palavras-chave é pouco para se fazer análises mais detalhadas.
  • Não possui as informações exatas para as palavras-chave com menos de 10 cliques.
  • Não é possível saber a taxa de rejeição, duração média da visita, páginas por visita ou porcentagem de novas visitas para as palavras-chave, entre outras informações que sempre foram muito úteis.

Infelizmente não existe nada que possamos fazer sobre os pontos negativos. Mas já se considere com sorte por existirem as Ferramentas para Webmasters e ainda poder ver as palavras-chave de quem não estava logado, pois de agora em diante, nos relatórios do Analytics, muita coisa irá aparecer como (not provided).

É melhor ir se acostumando…


1 Comentários

Jac
1

WTH?

Por que eles fariam isso? Só precisa passar a palavra-chave, não precisa indicar qual foi o usuário que entrou no site!

Enquanto isso… o Google de certo continuar “lendo” nossos emails para imprimir propagandas voltadas para nós.

Deixe seu comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Campos com * são obrigatórios!


quatro × = 32

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>