Tecnologia Humana: Rumo ao Resultado (Parte I)

Existem assuntos que ouvimos e lemos diariamente que não são novidades e que a cada leitura parecem fazer mais sentido. No meu caso um desses assuntos é sobre projetos. Li outro dia que ao iniciar um projeto é fundamental garantir o controle de todos os fatores que permitam a sua realização ao tirá-lo do papel. Ao ler isso comecei a acreditar que apenas super-heróis podem sonhar e realizar seus sonhos. No mundo globalizado de hoje não conseguimos controlar todos os fatores, podemos mapeá-los e planejar uma forma de mitigar o impacto. Mas eu acredito que três fatores precisam se juntar para a realização de um projeto: Talento, Trabalho Árduo e o Sonho.

Alguns amigos diriam que sorte é um fator importante, na realidade se o seu projeto* depende de sorte, desista dele. Tem uma frase do Ralph Waldo, poeta e filosofo que diz “Homens superficiais acreditam na sorte… Homens fortes acreditam em causa e efeito”. Então me desculpem por deixar a sorte de fora, eu prefiro focar no princípio de ação e reação, no plantar e colher.

Apenas acreditar num sonho não o torna real, querer não o faz acontecer, apesar de ser importante querer realizar. Porém realizar um projeto requer trabalho e dedicação, saber das dificuldades e capacidades que se tem, requer encarar a realidade e acreditar em seus valores pessoais mais profundos. Quanto maior o sonho que se tem, mais árdua será a caminhada rumo à realização, e os obstáculos do projeto serão mais numerosos do que inicialmente se imaginou. Desvios acontecerão muitas vezes, já que a vida não é uma estrada reta, ela tem curvas, esquinas, acostamentos, pedras, tropeços, choros e vitórias. O autoconhecimento ajuda a identificar os desvios de rumo.

Um desses desvios pode estar ligado ao seu talento, ninguém conhece tudo sobre todos os assuntos. Encare seus pontos fortes e então analise se realisticamente seu sonho está em congruência com seu talento. Se há uma distancia significativa, você precisa reconhecer e suprir isso através de alguém que complemente esse déficit. Ou ainda, pode precisar apenas ajustar o foco do seu projeto. Mas é importantíssimo antes de qualquer coisa que você ame o que faz e que lhe seja muito natural na execução.

Saber o que te faz levantar todos os dias da cama e lutar, mesmo quando o clima não está bom e o tempo contra você, traz um retorno muito maior do que qualquer soma de dinheiro que tenhas imaginado receber. E isso me leva a outro ponto importantíssimo, nunca faça nada apenas pensando no retorno financeiro. Agindo de forma consistente e com base em seus pontos fortes, o retorno financeiro acontecerá, mas o ganho obtido com a realização de um sonho é muito maior.

* O projeto trata do plano rumo a realização dos sonhos.

Fonte: Tecnologia Humana

Renata Lopes

Mais artigos deste autor »

Profissional com mais de 20 anos na área de Tecnologia da Informação. Graduada em Processamento de Dados e Pós-graduada em Gestão Empresarial.

3 Comentários

Eduardo Leite
2

Gostei muito do artigo.
“Faça aquilo que gosta e não terá de trabalhar um único dia na sua vida”

Deixe seu comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Campos com * são obrigatórios!


− dois = 6

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>