Google contra o IE6 – Mas a favor da Microsoft?

AGRADEÇA AO AUTOR COMPARTILHE!

Li no Google Operating System um post interessante e ao mesmo tempo intrigante.

Internet Explorer 7 - Google!No post o autor, Alex Chitu, diz que ao acessar o Gmail com o Internet Explorer 6 o Google mostra um link para obter um Gmail mais rápido (Get faster Gmail). Clicando no link, o usuário é enviado a uma página que contém uma frase e a logo do IE7 para download do navegador em uma versão personalizada já com a toolbar da Google.

“We noticed that your current browser, Internet Explorer 6, is out of date. In order to improve your Gmail experience, we suggest that you upgrade your browser to a faster Gmail supported browser that works on Windows.”

O que é estranho é que a Google não ofertou seu navegador, o Chrome, e nem o Firefox, no qual oferecia para seus usuários antes de lançar seu próprio navegador.

Estaria a Google dando uma de “boazinha” não pedindo explicitamente para os usuários usarem seu navegador? Quem sabe algo para que os usuários não considerem a Google uma Microsoft, que empurra produtos para seus usuários? Seria questão de estratégia de mercado? Qual sua opinião?

Mais estranho é que existe uma página com os 3 navegadores. Veja http://mail.google.com/support/bin/answer.py?answer=78161

Abraço

Referência: http://googlesystem.blogspot.com/2009/03/get-faster-gmail-google-toolbar-and-new.html

AGRADEÇA AO AUTOR COMPARTILHE!

3 Comentários

Klaus Peter Laube
1

A Google não é a Microsoft. Com toda a certeza…
Acho que isto foi “política da boa vizinhança”, sugerindo apenas que o usuário faça um “upgrade” naquilo (desculpem, ie6 para mim não é navegador). Uma questão de princípio que a Microsoft só vai ter quando estiver por baixo catando as migalhas.

Emerson
2

A estratégia do Google é acabar com uso de browsers antigos e tentar criar um padrão. O IE7 é um browser mais moderno que o IE6, com melhor suporte a javascript e css. Se o Google conseguir que todo mundo atualize seus browsers menos código específico para o IE6 e FF 1.x haverá. E todos ganharão: Google, que terá menos código para browsers legados para dar manutenção e usuários que baixarão menos código para executar em suas máquinas, reduzindo tráfego e demanda de suas bandas e do próprio Google.

Deixe seu comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Campos com * são obrigatórios!

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code class="" title="" data-url=""> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong> <pre class="" title="" data-url=""> <span class="" title="" data-url="">