Porque as redes sem fio (wireless) são tão limitadas?

AGRADEÇA AO AUTOR COMPARTILHE!

Atualmente, as redes “wireless” (sem fio) na realidade ainda tem muitos fios, pois, como o sinal se degrada muito rapidamente a medida em que nos afastamos do roteador, precisamos instalar antenas mais potentes (que tambem tem sua limitação), ou instalarmos outros ‘nós de rede’, chamados pontos de acesso.

O problema é que os “nós da rede” ou pontos de acesso não falam diretamente entre si. É um equipamento (hub, switch, etc) que faz a comunicação entre eles – através de cabos. Assim sendo, uma rede “wireless” ainda tem muitos fios. Imagine implantar um sistema wireless numa cidade inteira… vai ficar muito caro, devido a problemática do cabeamento para os pontos de acesso.

NOVA TECNOLOGIA – pontos de acesso wireless realmente sem fio!

Mas esses problemas agora poderão ser resolvidos graças ao trabalho da equipe do professor Andreas Kassler, da Universidade de Karlstad, na Suécia. A pesquisa contou com a participação do brasileiro Marcel Cavalcanti de Castro, cientista da computação formado pela Universidade Federal de Goiás.

A ideia é que os nós da rede – os pontos de acesso – comuniquem-se entre si, trocando dados diretamente, em vez de cada um deles ter uma conexão a cabo com a internet.

SOLUÇÃO – Múltiplas placas de rede

Atualmente, como vimos acima, a tecnologia tem um empecilho grave: além da problemática do cabeamento, a capacidade de transmissão de dados da rede cai rapidamente à medida que são acrescentados novos nós, porque cada um deles gasta tempo e largura de banda comunicando-se com os demais.

O Dr. Kassler resolveu o problema equipando cada um dos nós da rede com várias placas de rede e fazendo-as trocar dados em várias frequências diferentes simultaneamente. Os ganhos são exponenciais, garantindo que a capacidade de transmissão de dados da rede não sofrerá nenhuma degradação.

Testes com VoIP

A pesquisa chamou a atenção das operadoras e empresas de telefonia porque o sistema é muito mais barato de ser instalado do que a colocação de cabos até cada um dos pontos de acesso à internet que se deseja implantar.

A tecnologia será testada pela Deutsche Telekom durante um ano. Inicialmente os testes incluirão os laboratórios da empresa e a Universidade de Karlstad. A seguir, a avaliação será levada para um ambiente urbano real de Berlim. Os testes serão focados na telefonia por IP.

Referência: Inovação Tecnológica

AGRADEÇA AO AUTOR COMPARTILHE!

Deixe seu comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Campos com * são obrigatórios!

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code class="" title="" data-url=""> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong> <pre class="" title="" data-url=""> <span class="" title="" data-url="">