Apagão foi pior para quem não tem um no-break

AGRADEÇA AO AUTOR COMPARTILHE!

Com o apagão que atingiu, na noite de terça-feira, 18 estados brasileiros e o Paraguai, muita gente certamente ficou com dor de cabeça por ter perdido dados importantes ao ter o computador em que trabalhava desligado abruptamente. Mesmo quem tem um estabilizador não teve muito o que fazer, porque ele não fornece energia reserva para salvar seus arquivos antes de desligar o computador.

O episódio demonstra, mais uma vez, a instabilidade do sistema elétrico brasileiro, sujeito a interpéries constantemente. O secretário-executivo do Ministério de Minas e Energia, Márcio Zimmermann, afirmou em entrevista que uma “ocorrência raríssima” levou ao apagão. No entanto, especialistas contestam e acreditam que o sistema elétrico brasileiro é frágil.

De acordo com o ministro de Minas e Energia, Edison Lobão, um fenômeno atmosférico causado por um temporal na Usina Hidrelétrica de Itaipu foi a causa mais provável do apagão. O fenômeno teria provocado o desligamento de uma linha de transmissão da usina, provocando efeito cascata em outras linhas do Sistema Integrado Nacional.

O estado do Rio de Janeiro foi o mais prejudicado com a falta de energia elétrica. O apagão também atingiu na totalidade os estados de São Paulo, Mato Grosso do Sul e Espírito Santo. Parcialmente, foram atingidos os estados de Minas Gerais, Alagoas, Bahia, Rio Grande do Norte, Sergipe, Paraíba, Pernambuco, Acre, Rondônia, Mato Grosso, Goiás, Paraná, Santa Catarina e Rio Grande do Sul. O Paraguai também foi atingido. A Usina Hidrelétrica Itaipu Binacional informou na manhã de hoje que voltou a operar em “condições de normalidade” a partir das 6h (horário de Brasília). Normalizado o fornecimento de energia, resta a quem trabalhava em um computador sem no-break contabilizar as perdas…

Entre as pessoas que estavam trabalhando no computador às 22h15min de terça-feira, dia 10, em um dos 18 estados brasileiros acometidos pelo apagão, ou no Paraguai, só estão tranquilos mesmo aqueles que contam com um no-break, que é a melhor proteção, a mais completa e custa pouco!

Saiba tudo sobre no-breaks no portal www.nobreak.com.br.

Por Fernanda Gehrke
Jornalista – MTB 11518
Assessoria de Imprensa – Enterprise CMC

AGRADEÇA AO AUTOR COMPARTILHE!

Deixe seu comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Campos com * são obrigatórios!

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code class="" title="" data-url=""> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong> <pre class="" title="" data-url=""> <span class="" title="" data-url="">