Nova tecnologia de acesso sem fio chega ao mercado brasileiro

AGRADEÇA AO AUTOR COMPARTILHE!

Uma nova tecnologia de acesso à banda larga sem fio chega ao mercado brasileiro, com a proposta de reduzir o preço das conexões e atender usuários que estão em áreas carentes de infraestrutura. É a Wireless Broadband Access (WBA), baseada em WiFi, lançada pela empresa norte-americana Ruckus e que já está disponível para provedores brasileiros interessados em construir redes alternativas aos padrões DSL, 3G e WiMax.

Segundo a empresa, com a WBA é possível oferecer conexões com velocidades de até 300 Mbps a 30 reais por mês. O custo para construção da infraestrutura é mais baixo: cinco vezes menos que o WiMax, por exemplo, garante a empresa. Robert Mustarde, vice-presidente mundial da Ruckus, acredita que a WBA é uma alternativa para os países emergentes. Ele observa que os usuários querem acesso internet em qualquer lugar e que há uma demanda reprimida. Em visita ao Brasil, o executivo observou que 3G ainda não cabe no bolso de muitos consumidores.

Andre Queiroz, diretor da Ruckus para América Latina, afirma que com a WBA deverão surgir no Brasil novos provedores de acesso à internet sem fio, oferecendo o serviço no modelo pré-pago. Queiroz diz que o sistema pode ser usado pelas operadoras para complementar seus serviços. “Elas podem usar Wi-Fi para desafogar o tráfego 3G em algumas áreas”, afirma.

A tecnologia da Ruckus foi lançada no mercado mundial na semana passada. A solução é baseada nos padrões Wi-Fi 802.11g e 802.11n.

Segundo Queiroz, a instalação dos access points WBA não exige freqüência licenciada. A solução pode ser usada em condomínios e para oferecer cobertura em áreas públicas com até 5 milhões de habitantes. Uma região com 15 pontos de acesso teria capacidade para atender até 3 mil residências, completa.

Fonte: Revista Home Theater

AGRADEÇA AO AUTOR COMPARTILHE!

Deixe seu comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Campos com * são obrigatórios!

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code class="" title="" data-url=""> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong> <pre class="" title="" data-url=""> <span class="" title="" data-url="">