Brasileira Nevoa Networks amplia participação na europa

AGRADEÇA AO AUTOR COMPARTILHE!

Desde a sua fundação, a Nevoa Networks sempre participou de inúmeros eventos e congressos fora do Brasil. Agora, a empresa consolida sua atuação no mercado europeu com a abertura de um centro de pesquisa, e um escritório comercial no Sul da França. Atraídos pela competência técnica e apelo mercadológico, os executivos europeus pretendem lançar os produtos da Nevoa Networks ainda em 2010.

À frente da unidade europeia estão três importantes estudiosos, que vieram para aprimorar os sistemas da Nevoa Networks e desenvolver seu potencial em tecnologia. O grego Pierpaolo Giacomin é mestre em Ciência da Computação, pela Universidade de Lyon (França). Trabalhou para Hitachi Data Systems (Europa). Seu trabalho é focado em transmissão de dados, redes de alta geração, transferência de grandes volumes de dados e redes autônomas. Sua pesquisa atual trata de técnicas eficientes para virtualização e provisionamento de recursos para grandes sistemas distribuídos.

O italiano Alessandro Bassi vem para Nevoa Networks, depois de seu trabalho na Hitachi Data Systems (Europa), como chefe da equipe de Sistemas Inteligentes. Ocupante de um posto-chave na comunidade de investigação da União Européia, Bassi já está formando um consórcio, organizado pela Nevoa da Europa, juntamente com líderes da indústria local, como Atos Origin e Cisco, para desenvolver mecanismos de acesso padrão aos serviços de armazenamento em nuvem.

Com vasta experiência empresarial, a tcheca Jitka Slechtova, que é graduada Universidade Internacional de Mônaco, deve trazer a filial da Nevoa na Europa, o grau de profundidade necessário aos projetos da empresa, para que esta para funcione sem problemas no ambiente da comunidade europeia.

“Foi uma enorme conquista captar tamanha experiência e perícia, como as apresentadas pelos dirigentes de nossa operação na Europa”, festeja o americano Hunter Hagewood, diretor de negócios e co-fundador da Nevoa Networks no Brasil. “Já definimos nossa estratégia de negócios para o mercado europeu e também já identificamos novas aplicações para nossa tecnologia de armazenamento”, completa Hagewood.

Especialista em armazenamento virtual

Inovadora por natureza, a Nevoa Networks é especializada em desenvolver soluções avançadas em infraestrutura de armazenamento, distribuição, transformação e gestão de dados. Sua tecnologia permite o gerenciamento dos dados, de acordo com políticas de ciclo de vida das informações armazenadas no sistema, propiciando soluções que não dependem de hardwares proprietários ou especializados.

Entre seus produtos está o Nevoa Storage System (NSS), que já é utilizado por projetos como o REDDnet – Research and Education Data Depot Network -, cujo objetivo é criar uma malha de pelo menos setecentos milhões de megabytes espalhados por doze instituições diferentes para os fins de pesquisa e educação. Essa rede é usada para transmissão de vídeo, replicação estratégica de dados e armazenamento de dados. Devido à sua parceria no projeto REDDnet, a Nevoa Networks é a única empresa privada brasileira que participa do projeto Large Hadron Collider (LHC) ou em português “Grande Colisor de Hádrons” dos laboratórios do CERN (Suíça).

Fonte: Link Portal da Comunicação

AGRADEÇA AO AUTOR COMPARTILHE!

Profissionais TI

Mais artigos deste autor »

Eventos, cursos, livros, certificações, empregos, notícias e muito mais do mundo da TI (Tecnologia da Informação).


Deixe seu comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Campos com * são obrigatórios!

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code class="" title="" data-url=""> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong> <pre class="" title="" data-url=""> <span class="" title="" data-url="">