Crescimento de 20% e investimento interno marcam 2009 na FDM Network

AGRADEÇA AO AUTOR COMPARTILHE!

Em 2009, a FDM Network Consulting, integradora de infraestrutura de redes, presente no mercado de tecnologia há cinco anos, registrou 20% de crescimento, por conta dos investimentos realizados em infraestrutura e projetos de capacitação de colaboradores. Os investimentos também atingiram o capital humano. Com as novas contratações, a integradora soma agora 79 funcionários, duplicando este número em relação a 2008.

O panorama é reflexo também de uma nova visão da Integradora, que investiu na mudança de sede, com estrutura tecnológica de ponta, buscando integrar as equipes e segmentar a área comercial por vertical de mercado. Para isso, contratou profissionais experientes em vendas no setor de TI para atingir e aumentar receita nos segmentos de serviços, educação, indústria alimentícia, cosmética, entre outras.

O ano de 2010 já trouxe novidades para a FDM. Em janeiro, a integradora lançou um Centro de Distribuição, no estado de São Paulo, com objetivo de manter um estoque de soluções suficientes para atender mais prontamente a demanda do mercado e não depender da entrega dos parceiros, no caso de projetos mais urgentes e pontuais.

A companhia também inaugurou um Centro de Treinamento, nas dependências da Universidade Anhembi Morumbi, que será utilizado na capacitação de seus técnicos e engenheiros, assim como para demonstração das tecnologias a clientes e prospects.

Ainda para 2010, a FDM Network Consulting prevê o crescimento de 30%, embasado no planejamento de fidelização dos clientes, com o objetivo de aumentar a receita dos clientes que já compõem a carteira, além de trazer novas empresas ao portfólio.

A Integradora prevê ainda realizar trabalhos no conceito Turning Key, no qual a execução dos projetos é realizada “fim a fim”, desde uma pequena reforma de alvenaria até a integração tecnológica completa, com contrato de manutenção. A FDM já realizou este modelo de projetos para as empresas como Stralus, Acsses, Easyway.

Entre as conquistas de 2009, a FDM destaca novos contratos de clientes como PRODESP, PROBANK, Marba, Cruz Azul, Axmed, Terremark, AdDigital, Grande ABC Transportes, Coopmil, Hyatt, TV Cultura, Universidade de São Paulo (USP), Instituto Federal de Mato Grosso (IFMT), entre outros.

As empresas do setor público, como PRODESP, USP, IFMT, representaram 30% do faturamento total da FDM. Neste segmento foram implementados 8,7 mil pontos para atender aos usuários de tecnologia. Entre setor público e privado, a FDM Integrou o total de 12 mil pontos em 2009.

Filial Cuiabá da FDM também comemora resultados

A Filial de Cuiabá, inaugurada no início de 2009, representou 20% da renda bruta da FDM. Para 2010, a previsão é crescer na região atendendo empresas estatais por contrato que já estão em tramitação, como no IFMT e empresas do setor privado como a mineradora TRT e Folha do Estado.

Em Cuiabá, a FDM iniciou suas atividades pelo atendimento a um projeto na IUNI Educacional, Universidade de Cuiabá, que envolveu consultoria e reestruturação de redes, realizadas pelos profissionais certificados da companhia.

Em busca de crescimento na região, a integradora investe em eventos de tecnologia, que reúnem fabricantes e distribuidores parceiros da FDM com o objetivo de demonstrarem novas tecnologias a clientes e empresas prospects.

Segundo Fábio Sidney, CEO da FDM, a meta é montar um time de fornecedoras como a Proxys, para o fornecimento de soluções wireless; Enterasys, para switches; e Policom, para equipamentos de cabeamento. Nosso objetivo é apresentar a este mercado novas tecnologias que se destacam pela alta capacidade de performance.

“Quando mostramos as tecnologias ao cliente, ele tem uma visão mais ampla dos benefícios que irá adquirir. Com os eventos também pretendemos gerar aproximação com nosso público-alvo, por isso, vamos realizar encontros semestralmente”, enfatiza Sidney.

Pela filial de Cuiabá, a FDM está finalizando o projeto na IUNI, o qual liga as tecnologias do Campus IUNI às unidades de Macapá, Rondonópolis, Tangara da Serra, Rio Branco e Primavera do Leste.

Para a IFMT, já foram realizados projetos para unidade São Vicente (MT), e atualmente a FDM inicia integrações em Juina, Paresis e Confesa.

Visando ampliar suas infraestrutura no Mato Grosso, a FDM está focada em fechar parceria com órgãos do governo, como SENAI e SEBRAE, para captar profissionais da região, fazendo com que exerçam funções como projetistas e engenheiros em TI.

Fonte: NB Press Comunicação

AGRADEÇA AO AUTOR COMPARTILHE!

Deixe seu comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Campos com * são obrigatórios!

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code class="" title="" data-url=""> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong> <pre class="" title="" data-url=""> <span class="" title="" data-url="">