Dicas para amenizar o efeito do calor sobre computadores e notebooks

AGRADEÇA AO AUTOR COMPARTILHE!

Nesses dias quentes de verão, devemos tomar alguns cuidados com o computador ou notebook, por que esse tipo de equipamento foi projetado para operar numa temperatura ambiente não superior a 35ºC. Infelizmente, em várias localidades no Brasil essa temperatura é ultrapassada facilmente nessa época do ano.

Para os desktops que são os computadores de mesa ou computadores do tipo minitorre, que ficam no chão ou próximo do chão, temos que verificar se o fluxo de ar dentro do gabinete está adequado. Alguns gabinetes foram projetados para que o fluxo de ar quente seja eliminado pela ventilação forçada ou naturalmente por convecção. Em algumas situações, é importante aumentar a quantidade de ventoinhas (miniventiladores) do gabinete, mas deve-se levar em consideração se é melhor fazer a ventilação forçada ou a exaustão. Isso depende de onde será colocada a ventoinha extra, que pode ser no painel frontal ou traseiro.

Localização do equipamento

Verifique se o seu computador não está com alguma obstrução na entrada ou saída de ar, devido a proximidade da parede, eletrodoméstico gerador de calor, da janela (sol), móvel ou de algum outro objeto e até mesmo se não está com excesso de poeira.  Se o fluxo estiver prejudicado, com certeza fará com que a temperatura interna do gabinete aumente. Procure sanar esses problemas e instale num local arejado e ventilado.

Cuidados com os cabos

Os fabricantes de computadores normalmente prendem todos os cabos internos com presilhas ou abraçadeiras de forma a reduzir o volume de cabos e melhorar o fluxo de ar. Portanto, se o computador foi montado sem esses cuidados ou se passou por manutenção que não foi observado esse detalhe, é aconselhável que abra a tampa e verifique se os cabos estão interferindo no fluxo de ar.

Limpeza

Certifique-se de que todos os ventiladores estão limpos e funcionando perfeitamente. Caso seja verificado algum ventilador com ruído anormal, é aconselhável que se troque, pois os ventiladores também têm vida útil reduzida se não for de rolamento. Os gabinetes que ficam próximos ao chão costumam acumular muita poeira e sujeira nas frestas e ventoinhas.

Processadores e chipsets

A ação do calor excessivo no componente como processador e os chipsets, podem fazer com que eles trabalhem forçadamente, acarretando em redução da freqüência do processador, diminuindo a performance da máquina, ou até mesmo, situações de travamento ou algumas mensagens de erros indesejáveis. Assim, é importante que as pastas térmicas que servem para transferir o calor dos componentes para o dissipador também sejam trocadas, pois com o tempo elas podem perder a propriedade térmica.

Ambiente Climatizado

Obviamente que computadores com gabinetes com tampas abertas possuem melhor eficiência na dissipação térmica, mas nem sempre isso é aconselhável, pois os componentes ficam expostos a qualquer tipo de acidentes e até esteticamente é desaconselhável. Então, nada como trabalhar com o seu computador num ambiente climatizado com temperatura entre 18 a 25ºC.

Notebooks

No caso de um notebook, a situação é bem parecida, os componentes sobreaquecidos reagem da mesma forma. De repente, você pode perder todo o seu trabalho por causa de um travamento indesejável ou inexplicável.

Aconselha-se trabalhar com o notebook sempre numa superfície lisa e plana, pois normalmente as ventoinhas estão instaladas na base do notebook e é por onde também acontece a troca de calor com o ambiente. As pessoas que utilizam o notebook no colo, no sofá ou até mesmo sob a cama podem estar impedindo o fluxo de ar. Existe atualmente em lojas especializadas uma base com ventilador para notebooks, exatamente para aumentar a refrigeração.

É comum as pessoas utilizarem aquelas bolsas finas que acompanham o notebook e que servem para protegê-lo contra riscos e acabam servindo de apoio sobre a mesa. Porém, tanto cuidado para não riscar o equipamento acaba expondo o produto a alta temperatura.

Turbinando o computador

Caso você tenha instalado uma placa de vídeo no slot para melhor a performance para jogos, ou se instalou mais memórias ou disco rígido, deve tomar o cuidado, pois esses itens consomem muita energia que é transformada em calor. Além disso, a fonte sofre uma demanda maior por potência, gerando mais calor interno.  É aconselhável rever o fluxo de ar interno. Talvez você tenha que instalar um ou mais ventoinhas. Existem algumas que são instaladas no próprio slot para fazerem a exaustão.

Faça revisões periódicas e verifique se as ventoinhas não estão com problemas, troque-as se necessário. Alguns gabinetes trazem no painel frontal um pequeno display de LCD que monitora as temperaturas internas do seu equipamento. Basta instalar os sensores nos locais indicados e você mesmo monitora pelo painel frontal.

Os processadores e os chipsets (componentes principais) são projetados para suportarem altas temperaturas, no entanto, esses componentes podem durar menos tempo se estiverem trabalhando sob condições não recomendadas.

É sempre bom prevenir para preservar o seu investimento.

por Helio Okoshi: formado em Engenharia Eletrônica e é Gerente de Engenharia de Produto da Digitron

AGRADEÇA AO AUTOR COMPARTILHE!

4 Comentários

Mônica
1

“[…] As pessoas que utilizam o notebook no colo, no sofá ou até mesmo sob a cama podem estar impedindo o fluxo de ar […]”

Realmente, embaixo da cama deve circular pouco ar mesmo.

Jackson CasetJackson Caset
2

Mônica,

Agradecemos o comentário alertando sobre o erro. Creio que o erro (que acabou passando batido na revisão) não tira a qualidade do conteúdo, que é bastante interessante, principalmente para novatos e/ou desatentos.

Mais uma vez, obrigado!

Deixe seu comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Campos com * são obrigatórios!

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code class="" title="" data-url=""> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong> <pre class="" title="" data-url=""> <span class="" title="" data-url="">