Audioconferência cresce junto à telefonia móvel: serviços representam 52% do lucro do setor

AGRADEÇA AO AUTOR COMPARTILHE!

O mundo conta com cerca de 4,6 bilhões de assinaturas de celular e, se as previsões se confirmarem, atingirá cinco bilhões antes do fim de 2010, ou seja, a incrível marca de uma linha para cada 1,36 pessoa. Qual é a conseqüência desse rápido crescimento em mercados paralelos, como o de audioconferência? Segundo Mauricio Farias, diretor comercial da ClaireConference, a resposta é simples: aumento da demanda.

– Podemos afirmar que as conferências por áudio crescem a partir do momento que o número de celulares cresce e que a necessidade por comunicação móvel aumenta. Em pontos remotos, muitas pessoas encontram na telefonia móvel a única forma de realizar reuniões e contatos de negócios. Assim, se conectam discando apenas uma senha, situação inviável em vídeo e web conferências, explica o executivo.

Diante disso, explica-se por que os serviços de áudio representaram US$ 3,26 bilhões, quase 52% dos US$ 6,29 bilhões movimentados pelo mercado global de conferência em 2009, segundo a norte-americana TeleSpan, principal consultoria do setor. Por outro lado, os serviços de videoconferência e telepresença tiveram um crescimento modesto, de apenas 1%, pouco para um setor que lucrou 6,5% a mais que em 2008, conforme Elliot Gold, presidente da consultoria, que possui o maior banco de dados do mundo.

São muitos os atrativos, como estabilidade, rapidez e cobrança por minuto utilizado, essenciais para qualquer tipo de empresa. Ao contrário de softwares gratuitos como Skype, empresas especializadas, a exemplo da ClaireConference, adaptam a própria banda de acordo com a necessidade do cliente. Assim, importantes reuniões não sofrem com delay, falhas e ruídos, reclamações mais freqüentes.

– Investimos em 50 servidores e data centers por Brasil, EUA, China, Inglaterra, Espanha e Austrália, para oferecer estabilidade e segurança aos usuários. O aumento da demanda por áudio fez com que nosso serviço ClaireExpress representasse 77% dos R$ 3,9 milhões faturados em 2009. Com o aquecimento da telefonia móvel e novos investimentos em tecnologia, esperamos lucrar R$ 8,0 milhões em 2010, R$ 3,6 somente com áudio – afirma o diretor da ClaireConference.

Fonte: Setta Comunicação

AGRADEÇA AO AUTOR COMPARTILHE!

Profissionais TI

Mais artigos deste autor »

Eventos, cursos, livros, certificações, empregos, notícias e muito mais do mundo da TI (Tecnologia da Informação).


Deixe seu comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Campos com * são obrigatórios!

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code class="" title="" data-url=""> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong> <pre class="" title="" data-url=""> <span class="" title="" data-url="">