Estabilizador não serve para proteger equipamentos de TI, afirma especialista

AGRADEÇA AO AUTOR COMPARTILHE!

No Brasil ainda é comum que haja confusão entre a funcionalidade dos estabilizadores de tensão e no-breaks. Especialistas concordam, no entanto, que somente o no-break oferece segurança e proteção para equipamentos de TI, além de proporcionar energia reserva para um tempo extra de uso após queda no fornecimento, possibilitando que também os arquivos sejam salvos em tempo.

De acordo com José Luiz de Martini, da Engenharia Gerencial SC Ltda, nem mesmo faz sentido comparar um estabilizador com um no-break, porque na verdade eles são produtos diferentes, para aplicações diferentes. “Um estabilizador de tensão tem como função manter a tensão de saída uniforme, dentro de parâmetros pré-estabelecidos, de acordo com a exigência da carga a ser mantida”, explica. “Equipamentos de TI, como computadores pessoais e equivalentes, não precisam necessariamente desse tipo de proteção, porque geralmente suas fontes de alimentação são projetadas para trabalhar numa ampla faixa de tensão, que varia de 100 a 240 V”, acrescenta. “Ou seja, o estabilizador é inútil para equipamentos de TI”, arremata.

A tensão da rede elétrica, no Brasil, sofre muitas variações e este tipo de inconstância pode prejudicar computadores e periféricos. Muitas vezes, essas variações ocorrem de forma brusca e é comum que ocorra somente uma “piscada”, onde o fornecimento é reestabelecido logo em seguida. No entanto, essa falta, mesmo que por pouco tempo, pode prejudicar severamente equipamentos, sem falar na possível perda de dados importantes. “Os estabilizadores de tensão não oferecem proteção contra falta da rede e em especial rápidas comutações, como as piscadas existentes nas redes urbanas, incluindo o chaveamento de circuitos das concessionárias e chaves de transferência de grupos geradores”, esclarece De Martini. “E é justamente aí que reside o maior dano aos equipamentos de TI: a brusca interrupção da alimentação de energia”, alerta. “Basta notar que, sempre que isto ocorre, o sistema operacional dos microcomputadores reinicia em modo de segurança ou recuperação, pois ele parte do princípio que possa ter ocorrido dano à sua integridade”, justifica.

Para José Luiz de Martini, somente o no-break oferece proteção de fato para equipamentos como microcomputadores e periféricos. “O no-break, ao contrário do estabilizador, além de manter o nível de tensão dentro de limites definidos, oferece proteção contra variações bruscas de tensão e desligamentos temporários, incluindo autonomia para que os equipamentos sejam desligados com segurança em longas faltas de energia”, conclui.

E além de tudo isso, só o no-break fornece energia reserva em caso de blecaute. Muitas vezes, os dados que estão sendo trabalhados no momento de uma variação no fornecimento ou falta de energia são tão importantes e valiosos como o próprio computador. Cada vez mais, os usuários estão se conscientizando disso e percebendo o quanto é importante o uso de um no-break, para preservar, além dos equipamentos, os dados armazenados no computador.

Fonte: Fernanda Gehrke – Assessoria de Imprensa – MTB 11518

AGRADEÇA AO AUTOR COMPARTILHE!

Profissionais TI

Mais artigos deste autor »

Eventos, cursos, livros, certificações, empregos, notícias e muito mais do mundo da TI (Tecnologia da Informação).


4 Comentários

Apache
1

O especialista se esquece da proteção contra surtos de energia que os estabilizadores podem oferecer. Não que eles tenham sido projetados especificamente para isso, mas em caso de um aumento súbito de tensão e/ou corrente ele poderia ter o fusível de proteção ou mesmo outros elementos de seu circuito danificados e assim interrompendo o surto antes desse atingir a fonte interna do equipamento.

Analfabeto de tecnologia
2

Novidade velha esse artigo
voc? acha que chefe de T.I vai investir em nobreak ou estabilizador de marca boa ?
90% das empresas grandes e médias investem em apenas estabilizador
de marca genérica ( aqueles estabilizadore de 15 reais na 25 de março ou santa Efigênia ) tá bom
marca boa de estabilizador e nobreak custa caro no Brasil infelizmente por culpa do no sso governo
que taxa tudo infelizmente . nos USA nobreak e ou estabilizador é preço de comida la fora .

Rey Cesar
3

Apache.
Filhinho, onde voce viu dizer que estabilizador protege contra surtos??? Para proteger contra surtos os estabilizadores deveriam conter em seu circuito alguns elementos, Varistores, Centelhador, fusível termico, etc… E isso a grande maioria deles não tem. Filtros de linha de boa qualidade vem com no Minimo 3 varistores entre os fios F-N, F-T e N-T todos de 20mm. Estabilizadores “quando tem”, tem apenas 1 varistor de 14mm. Então do que foi que o especialista esqueceu??

Deixe seu comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Campos com * são obrigatórios!

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code class="" title="" data-url=""> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong> <pre class="" title="" data-url=""> <span class="" title="" data-url="">