Positivo Informática registra 425,7 mil PCs vendidos no primeiro trimestre de 2010

AGRADEÇA AO AUTOR COMPARTILHE!

A Positivo Informática, maior fabricante de computadores do Brasil e líder no segmento de tecnologia educacional, registrou volume de 425,7 mil PCs vendidos no primeiro trimestre de 2010 (1T10), crescimento de 31,8% em relação ao 1T09. A performance de vendas da companhia foi influenciada pelo maior ritmo de entregas a clientes de governo e ainda pelo bom desempenho das vendas ao varejo.

Para clientes de governo, foram vendidos 109 mil computadores no 1T10, crescimentos de 109,7% e de 190,5% em relação ao 1T09 e ao 4T09, respectivamente. A aceleração das vendas ocorreu, principalmente, devido às entregas de laboratórios de informática para escolas da rede pública, cujo volume total de equipamentos estava originalmente programado para 171 mil desktops e 323 mil monitores e foi ampliado em 25% no fim de 2009. Durante o ano de 2010, a estimativa é que sejam entregues para o mercado de governo mais de 330 mil PCs – volume que já representa 131% das vendas registradas em 2009.

No primeiro trimestre, o menor em vendas no ano para o varejo, dada a sazonalidade de destinação de recursos dos consumidores, a companhia vendeu 298,8 mil computadores, crescimento de 25,9% sobre o 1T09. Segundo previsão da IDC, o mercado de varejo brasileiro deverá registrar em 2010 forte crescimento de 20,5% em relação a 2009. As estimativas otimistas vão de encontro à perspectiva de que o segmento de varejo será o motor do crescimento do mercado brasileiro de PCs nos próximos anos, mercado no qual a Positivo Informática é líder absoluta há 21 trimestres consecutivos e que representa seu maior volume de vendas.

No mercado corporativo, as vendas registraram 17,9 mil computadores no 1T10. . A expectativa é de retomada do segmento corporativo em 2010, tendo em vista o aumento de contratações e a melhora das expectativas do empresariado. A companhia continuará investindo para capturar as oportunidades do mercado de pequenas e médias empresas (SMB), bem como em expandir a carteira de clientes de grandes empresas.

A receita bruta do 1T10 totalizou R$ 616,6 milhões, crescimento de 31,7% em relação ao mesmo período de 2009, motivada pelos maiores volumes de venda. Acompanhando a mesma tendência, a receita líquida atingiu R$ 531,4 milhões no 1T10, o que representa um crescimento de 30,7% em relação ao 1T09.

Os dados de volume e receitas do primeiro trimestre divulgados nesta data são preliminares, não auditados e poderão sofrer alterações. A íntegra dos resultados do primeiro trimestre de 2010 será divulgada no dia 11 de maio, terça-feira, após o fechamento do mercado.

Fonte: Rosa Arrais Comunicação

AGRADEÇA AO AUTOR COMPARTILHE!

Deixe seu comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Campos com * são obrigatórios!

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code class="" title="" data-url=""> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong> <pre class="" title="" data-url=""> <span class="" title="" data-url="">