Secretaria do Tesouro Nacional aumenta segurança dos dados com soluções da D-Link

AGRADEÇA AO AUTOR COMPARTILHE!

Com cerca de 700 servidores e um complexo processo de trabalho, a Secretaria do Tesouro Nacional (STN) se viu diante de um grande desafio: expandir sua rede garantindo a segurança das informações. Em parceria com o Serviço Federal de Processamento de Dados (Serpro), a Coordenação-Geral de Sistemas e Tecnologia da Informação (COSIS/STN) concebeu o projeto de Wireless Local Área Network (WLAN), utilizando certificação digital e criptografia do tráfego de informações integrada à rede institucional.

Após definir os requisitos de segurança necessários e realizar uma análise de mercado, o Tesouro adquiriu equipamentos da D-Link, líder mundial no fornecimento de soluções de redes, segurança, armazenamento de dados e vigilância IP, para suprir todas as especificações exigidas. A aquisição dos equipamentos ocorreu por meio de adesão a ata de Registro de Preços, uma vez que os mesmos atendiam às especificações do Projeto Básico, permitindo uma redução considerável no prazo e no custo estimados inicialmente.

O investimento total para a implantação foi de R$ 117 mil, incluindo equipamentos, prestação de serviços de Tecnologia da Informação e infraestrutura logística.

“O grande diferencial deste projeto foi a segurança instalada em uma rede sem fio, que permite mobilidade aos usuários de notebooks corporativos que se deslocam dentro das instalações da STN, sem estar em discordância com os altos padrões de segurança e acessibilidade estabelecidos pelo Serpro”, destaca Ronaldo Neves, responsável pelo projeto no Serpro.

Para atender às necessidades da STN, a D-Link forneceu um sistema de segurança que segue o padrão WPA2 (Wi-Fi Protected Acess) Enterprise, com autenticação 802.1x e certificados digitais integrados a uma base Radius/Active Directory (AD). Além disso, a criptografia dos dados é feita por meio do padrão de criptografia avançado, compondo, dessa forma, um sistema seguro e unificado de acesso à rede sem fio.

O principal benefício conquistado pela STN foi a legitimidade no acesso ao ambiente de rede, uma vez que os usuários apenas obtêm acesso por meio de um login unificado. Como aspecto de segurança adicional, a rede sem fio foi instalada em uma Virtual Local Área Network (VLAN) específica, garantindo maior restrição e controle do acesso.

“A COSIS sempre busca disponibilizar serviços que possam contribuir para a produtividade e a eficiência dos usuários e de suas atividades. Consideramos que a iniciativa está alinhada com esse objetivo, pois facilita o acesso às informações centralizadas de forma rápida e segura”, afirma Ana Cristina Oliveira, coordenadora da COSIS.

O sistema implementado nas dependências da STN está disponível para cerca de cem usuários que possuem notebooks corporativos.

“Ainda está prevista uma segunda etapa do projeto, que permitirá ampliar a abrangência do serviço para usuários de dispositivos móveis, como PDAs e notebooks pessoais”, diz o diretor regional da D-Link Brasil para a unidade Business Solutions, Fred Maynart.

O executivo ressalta que o projeto desenvolvido para a STN contém o que existe de mais moderno e eficiente em segurança e alta disponibilidade, tornando-o um exemplo de sucesso entre as instituições públicas.

Fonte: PLANIN Worldcom – Assessoria de Imprensa da D-Link

AGRADEÇA AO AUTOR COMPARTILHE!

Profissionais TI

Mais artigos deste autor »

Eventos, cursos, livros, certificações, empregos, notícias e muito mais do mundo da TI (Tecnologia da Informação).


Deixe seu comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Campos com * são obrigatórios!

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code class="" title="" data-url=""> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong> <pre class="" title="" data-url=""> <span class="" title="" data-url="">