Pesquisa da Blue Coat durante a Interop revela ampla adoção do Software-como-Serviço

AGRADEÇA AO AUTOR COMPARTILHE!

A Blue Coat Systems, Inc. (Nasdaq: BCSI), líder em tecnologia de Entrega de Aplicações em Rede, divulgou os resultados de uma pesquisa com o objetivo de avaliar o nível de adoção do “Software-como-Serviço” (SaaS – Software-as-a-Service) baseado em cloud computing e a maneira como as filiais acessam a Internet: se têm acesso direto ou se esse acesso é mediado pelo datacenter corporativo. A pesquisa, patrocinada pela Blue Coat, ouviu mais de 150 profissionais de TI e de rede durante a Interop 2010, realizada em Las Vegas no mês passado.

Os resultados revelam que:

  • Cerca de um terço dos entrevistados (32%) utilizam cinco ou mais aplicações de SaaS e outros serviços baseados em nuvem
  • 54% utilizam duas ou mais aplicações de SaaS e outros serviços baseados em nuvem
  • Apenas um terço (34%) não utiliza SaaS ou serviços baseados em nuvem
  • Em 68% dos casos, o acesso das filiais à Internet passa pela rede corporativa
  • 32% dos entrevistados têm atualmente, nas filiais, acesso direto ou “em túnel” à Internet

Cerca de 45% dos entrevistados eram gerentes de TI ou de rede em empresas com menos de cinco filiais. Trinta por cento dos entrevistados tinham mais de 30 filiais, e os restantes 25%, entre cinco e 30 escritórios.

“À medida que se dissemina a utilização do SaaS e de outros serviços baseados em nuvem, as empresas terão que repensar suas estratégias de rede”, disse Brian Ball, vice-presidente sênior e gerente geral de Application Delivery Networking da Blue Coat Systems. “Quando os serviços e aplicações essenciais para os negócios são externos à infraestrutura da empresa, é preciso considerar novas abordagens para identificar, priorizar e acelerar o tráfego mais crítico e o caminho que ele percorre dentro da organização. Métodos tradicionais de otimização de redes WAN, que não otimizam o SaaS e os serviços em nuvem, ou que não sejam capazes de otimizar o tráfego Internet entre o datacenter e as filiais, tornam-se menos viáveis.”

Com recursos de segurança Web integrados, os appliances ProxySG® da Blue Coat para otimização de redes WAN permitem acesso direto das filiais à Internet, com os mesmos níveis de segurança e as mesmas políticas e regras adotadas no principal gateway Internet da empresa, localizado em sua sede ou datacenter. Além disso, os appliances ProxySG foram projetados para acelerar o SaaS e outros serviços em nuvem por meio da identificação, compreensão e priorização de tráfego Web e, ainda por meio da otimização e aceleração de conteúdos e aplicações Web, incluindo o tráfego criptografado.

Fonte: SHEDI – Silvia Helena Editora

AGRADEÇA AO AUTOR COMPARTILHE!

Deixe seu comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Campos com * são obrigatórios!

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code class="" title="" data-url=""> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong> <pre class="" title="" data-url=""> <span class="" title="" data-url="">