SolidWorks ajuda empresa dinamarquesa a reduzir pegada ambiental de uma máquina de embalagem

AGRADEÇA AO AUTOR COMPARTILHE!

A Dassault Systèmes SolidWorks Corp., líder mundial no fornecimento de tecnologia para CAD 3D, anuncia a utilização do seu software de CAD 3D, SolidWorks 2010, na criação da versão ecológica de uma nova máquina para embalangens blister da Ramac, fabricante dinamarquesa líder de produtos para formação e vedação semiautomática de embalagens blister. “Nesse projeto, que já era inovador, a Ramac foi além ao decidir criar uma versão ecológica, utilizando o módulo SustainabilityXpress do SolidWorks, que ajuda a encontrar alternativas que consumem menos recursos”, afirma Oscar Siqueira, country manager da SolidWorks Brasil.

Os fundadores da Ramac, Søren Andersen e Jimmy Rose, analisaram cada peça do projeto de sua máquina de embalagem utilizando o módulo SolidWorks SustainabilityXpress para encontrar opções de material e métodos de fabricação que reduzissem o impacto ambiental da máquina ao longo do seu ciclo de vida. O software ajudou a empresa a considerar todos os fatores ambientais na produção da RAMAC 525 Workstation, uma máquina semiautomática para formação e vedação de embalagens tipo blister para produtos médicos e de consumo em pequenas e médias quantidades.

Software aponta provável impacto ambiental de um produto

De acordo com Oscar Siqueira, o SolidWorks SustainabilityXpress é parte integrante do software de CAD SolidWorks 2010, a plataforma de projetos da Ramac. “O painel intuitivo do SolidWorks SustainabilityXpress apresenta detalhes que incluem pegada de carbono, consumo de energia e impacto no ar e na água esperados do projeto. Ele apresenta o impacto ambiental provável do projeto completo de um produto ao longo do seu ciclo de vida”, explica o country manager.

“É incrível como é fácil descobrir se uma solução alternativa é melhor ou pior do que o projeto original, sob o ponto de vista ambiental”, comenta Andersen. “Demorou apenas alguns minutos para descobrir que, se um componente especial fosse fabricado usando plástico na Dinamarca, em vez de usar alumínio na Malásia, como inicialmente planejado, poderíamos poupar a Terra de 600 kg de CO2 a cada ano. Todas as variáveis analisadas com o SustainabilityXpress indicaram que o plástico seria mais ecológico do que o alumínio e resistente o suficiente para suportar a carga exigida”, afirma.

Empresa prova os ganhos obtidos com materiais alternativos

Além das alterações em material e fabricação, o SolidWorks SustainabilityXpress sugeriu que a Ramac trocasse um cilindro pneumático por outro elétrico que consumia menos energia. O software documentou cada ganho ambiental obtido pela Ramac ao selecionar materiais alternativos e métodos de produção. “Isso é importante para convencer os clientes de que estão comprando equipamentos ecologicamente corretos. Muitas empresas se declaram ecológicas hoje em dia, mas para as pessoas acreditarem nisso, é necessário ser capaz de prová-lo”, comenta Andersen.

“As funções de documentação no SustainabilityXpress são muito claras e fáceis de entender. Decidimos fornecer o documento de análise ambiental junto com cada máquina de embalagem ecológica que vendemos para provar que não apenas falamos em sustentabilidade, mas realmente integramos princípios ambientais em nossos negócios”, afirma.

Recurso de sustentabilidade será utilizado em todo o ciclo de produção da Ramac

Incentivada pelo sucesso na criação de uma máquina mais ecológica, a Ramac pretende analisar todas as versões futuras da máquina de embalagem desde o início do processo de projeto utilizando o SolidWorks SustainaibilityXpress. “Sustentabilidade e pegada de carbono são palavras frequentemente usadas por empresas e meios de comunicação em todo o mundo. São belas palavras que indicam uma preocupação crescente com o nosso planeta, mas, até agora, tem sido muito difícil documentar essa preocupação nas tarefas diárias”, comenta Oscar Siqueira. “Nós desenvolvemos o SolidWorks SustainabilityXpress para oferecer às empresas que se importam com métricas de sustentabilidade, como a Ramac, as ferramentas de que necessitam para projetarem produtos mais ecologicamente corretos. Ele é eficiente, fácil de usar e faz a diferença para qualquer empresa que queira ser considerada ecológica”, conclui.

Fonte: GAD Comunicação

AGRADEÇA AO AUTOR COMPARTILHE!

Profissionais TI

Mais artigos deste autor »

Eventos, cursos, livros, certificações, empregos, notícias e muito mais do mundo da TI (Tecnologia da Informação).


Deixe seu comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Campos com * são obrigatórios!

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code class="" title="" data-url=""> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong> <pre class="" title="" data-url=""> <span class="" title="" data-url="">