Usiminas aumenta a performance do SAP R/3 com ajuda de solução da Quest Software

AGRADEÇA AO AUTOR COMPARTILHE!

Os altos fornos da Usiminas produziram, somente no terceiro trimestre de 2009, 1,7 toneladas de laminados de aço; neste período, a empresa faturou R$ 2,86 bilhões de reais. Estes números retratam uma empresa pujante, líder em seu mercado e que avança tanto no mercado interno como externo. A Usiminas conta com duas usinas – uma em Cubatão,

SP, outra em Ipatinga, Minas Gerais. O business da empresa está dentro da aplicação SAP baseada no Oracle. Se, quando o SAP R/3 versão 4.7 foi instalado, em 2005, a massa de dados deste ambiente não demandava a reorganização das tabelas do Oracle, hoje o quadro é outro. “No início de 2009, percebemos que era essencial reorganizar um ambiente que já contava com 5 Terabytes de dados, 40.000 tabelas e cerca de 47.000 índices”, observa Laércio Passos, analista de sistemas de tecnologia e suporte da Usiminas. A equipe de TI da empresa tomou diversas atitudes para devolver ao ambiente SAP/Oracle a performance desejada. Uma dessas ações foi substituir uma ferramenta de reorganização de tabelas que exigia que os servidores Oracle ficassem offline, retirando do ar o sistema SAP, pelo Quest Space Manager with LiveReorg for Oracle, que atua em modo online, com os servidores SAP operando normalmente.

Graças à soma do uso do Quest Space Manager with LiveReorg for Oracle a uma infraestrutura de storage com maior performance e à implantação de um novo recurso do Oracle, o Automatic Segment Space Management (ASSM), a Usiminas passou a usufruir de novos parâmetros de desempenho em seu ambiente SAP/Oracle.

“O tempo de resposta das aplicações SAP tiveram uma melhoria de 45%”, comemora Passos. “Conseguimos, ainda, reduzir em 17% a base de dados SAP; outros ganhos são retratados pela melhoria de 75% do tempo de resposta em disco e redução de 55% do tempo de resposta do banco de dados Oracle”, diz Passos.

SAP atua 24 horas por dia, 7 dias por semana

Resultados como estes têm um impacto na saúde dos negócios da empresa. “A aplicação SAP é crítica”, resume Rolim de Camargo S. Junior, analista de sistemas integrados. Segundo Camargo Júnior, o processo de faturamento suportado pelo SAP é realizado nas duas usinas (Cubatão e Ipatinga) no regime 24×7 (24 horas, 7 dias por semana). “Este ambiente é responsável, ainda, pelo processo de recebimento de materiais nesses dois locais”. E, embora o processo de produção de laminados das duas usinas não ocorra totalmente no SAP R/3, a existência de uma interface de atualização do sistema do estoque com o ambiente SAP ressalta, mais uma vez, a criticidade desta aplicação.

Uma empresa gigantesca e com processos complexos, a Usiminas tem toda esta realidade retratada no SAP. “Os cenários de negócios da empresa para order-to-cash são bastante variados, pois existem várias modalidades de vendas”, detalha Camargo Júnior. Outros fatores representados no SAP são a multiplicidade de opções de entrega do produto ao cliente (entrega direta, entrega por meio do centro de distribuição) e as diversas modalidades de tributação do produto (dentro do estado, fora do estado produtor).

Abordagem holística produz melhoria contínua

Consciente da importância de recuperar a performance deste ambiente, a equipe de TI da Usiminas construiu uma estratégia holística para resolver esta questão.  “Para selecionar a solução que nos ajudaria a realizar esta reorganização, montamos um ambiente de testes”, relata Passos. A fase de homologação ajudou a equipe de TI a sanar suas dúvidas. “O teste do Quest Space Manager with LiveReorg for Oracle foi fundamental para a validação da ferramenta pois, além de mostrar a performance desejada, permitiu que realizássemos a maioria das reorganizações de tabelas Oracle em modo online, sem impactos para os usuários finais do SAP”.

Na prática, porém, a solução da Quest é parte de um quadro maior. “Além de utilizarmos o Quest Space Manager with LiveReorg for Oracle – solução que, na prática, acabou facilitando todas as outras ações empreendidas em relação ao ambiente SAP/Oracle – adquirimos uma nova infraestrutura de storage com muito mais performance”, detalha Passos. Outra ação igualmente importante foi implantar o ASSM (Automatic Segment Space Management). Com o ASSM, a equipe de TI da Usiminas consegue reaproveitar com muito mais facilidade os espaços liberados em disco por causa do trabalho de reorganização de tabelas realizado pelo Quest Space Manager with LiveReorg for Oracle. “Isso acontece porque esta função de alocação de espaço em disco – parte integrante do Oracle – efetua o controle dos blocos de dados liberados no próprio bloco; com isso, diminui a necessidade de SQL recursivos para realizar uma nova alocação de dados nesta estrutura de storage”, diz Passos.

A soma de todos estes fatores trouxe, para a Usiminas, os resultados esperados. Segundo Passos, este objetivo foi alcançado num trabalho conjunto da equipe de TI da Usiminas com o integrador de soluções Infobase (parceiro de negócios da Quest) e com o suporte técnico de profissionais da própria Quest. “Os altos volumes que seriam manipulados – 5 Terabytes de dados, 40.000 tabelas e cerca de 47.000 índices – exigiam que a equipe responsável pelo trabalho de reorganização de tabelas Oracle que conhecesse bem as características da ferramenta Quest”, ressalta Passos.

Treinamento da equipe de TI da Usiminas

Por esta razão, durante o processo de aquisição do Quest Space Manager with LiveReorg for Oracle, a Usiminas contratou a Infobase para realizar o serviço de instalação, overview e treinamento in loco da equipe de TI envolvida com esta missão. “Uma parte do trabalho envolvia, ainda, a análise do nosso ambiente de produção SAP/Oracle e a indicação das melhores práticas para reorganizá-lo”, diz Passos. Esta etapa do serviço – o levantamento das condições da área de produção/datacenter – foi realizada em aproximadamente cinco dias. Durante o processo de reorganização da base de dados Oracle, a equipe de TI da Usiminas acessou o suporte da Quest Software. “A equipe de suporte da empresa nos atendeu de forma ágil e eficaz”.

Fonte: GAD Comunicação

AGRADEÇA AO AUTOR COMPARTILHE!

Profissionais TI

Mais artigos deste autor »

Eventos, cursos, livros, certificações, empregos, notícias e muito mais do mundo da TI (Tecnologia da Informação).


Deixe seu comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Campos com * são obrigatórios!

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code class="" title="" data-url=""> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong> <pre class="" title="" data-url=""> <span class="" title="" data-url="">