Comverse traz ao Brasil plataforma de Mobile Advertising

AGRADEÇA AO AUTOR COMPARTILHE!

O brasileiro está mais digital e fazendo uso da mobilidade. Hoje mais de 67,5 milhões de pessoas acessam a internet no país, seja de suas residências, em lan houses, no ambiente de trabalho ou via dispositivos móveis, de acordo com dados do Ibope Nielsen. O número de brasileiros que estão nas redes sociais também impressiona (são 27,4 milhões em programas de mensagem instantânea, 26 milhões no Orkut, 10 milhões no Twitter, 9,6 milhões no Facebook, 1,5 milhão no LinkedIn etc). Já superamos o número de 185 milhões de celulares no país, sendo mais de 10 milhões de smartphones. As vendas desses dispositivos com acesso à web saltaram quase 170% nos três primeiros meses de 2010, comparando-se com o mesmo período do ano passado. Foram 1,2 milhão de smartphones para usuários finais (não incluindo vendas corporativas), segundo pesquisa da consultoria Teleco.

Esse cenário de conectividade abre espaço para o crescimento do mercado de mobile advertising no Brasil, que mundialmente deve movimentar US$ 3,8 bilhões neste ano, representando um crescimento de 45%, segundo projeção do JP Morgan. Já um estudo da PricewaterhouseCoopers realizado em 2009 indica que nos próximos três anos cerca de 30% de todos os anúncios serão digitais, interativos, móveis ou colaborativos, fenômeno justificado pela mudança do perfil de consumo das mídias tradicionais. A TV, até então soberana, já perde para a internet no consumo por hora da população mundial. Nos dois últimos anos, enquanto o consumo da mídia TV ficou estacionado em 11,5 horas por semana, a audiência da internet cresceu de 8,9 horas (2008) para 14,2 horas por semana em 2010.

De olho neste mercado, a Comverse, uma das maiores fornecedoras de software e sistemas para a indústria de telecomunicações, passa a oferecer ao mercado brasileiro sua solução de Mobile Advertising, que integra a plataforma de serviços de valor agregado da companhia – Comverse HUB Value Added Services. Entre outras funcionalidades, o sistema agrega inteligência ao fazer o cruzamento de informações na base de dados a fim de garantir que o envio da mensagem seja feito para a pessoa correta, no momento preciso, dentro de um contexto e no formato mais adequado (via MMS, SMS, foto, video streaming, video download etc).

“Hoje há basicamente quatro tipos de telas digitais nas quais visualizamos e consumimos algum tipo de conteúdo: TV, PC, tablet e celular. Sem dúvida o celular é a mídia que a maioria das pessoas carrega consigo ao longo de todo o dia, seja para compromissos pessoais ou profissionais. Também é uma característica deste dispositivo a visualização de conteúdos de curta duração. Logo, ele deve impactar e agregar valor ao usuário. Daí a importância de que uma campanha de anúncios via celular seja pensada estrategicamente para que o tipo de mensagem e o formato sejam adequados aos diversos perfis de usuários”, explica Ascold Szymanskyj, vice-presidente de vendas da Comverse no Brasil.

O objetivo da solução da Comverse para mobile advertising é que as operadoras e anunciantes possam maximizar a eficácia de suas campanhas. Por meio do sistema é possível mapear diversas informações do usuário e de seu aparelho celular, sabendo, por exemplo, qual é a característica e marca do aparelho, se pode receber vídeo ou somente texto, se ele está ou não ligado, assim como a localização do cliente, seu perfil demográfico, entre outros dados. “Ao agregar este tipo de inteligência, é possível enviar à base o mesmo conteúdo em horários, prazos e formatos diferenciados. Por exemplo, um jovem heavy-user receberá uma chamada e um link para baixar um vídeo no YouTube, enquanto que para outro usuário será enviada uma imagem do produto e um terceiro perfil de consumidor receberá mensagem de texto via SMS”, completa o executivo.

Ascold Szymanskyj ainda destaca outra forma de utilização: “Além de fomentar o uso do mobile advertising na telefonia móvel, o segmento de IPTV (televisão sobre protocolo IP) também pode se beneficiar da solução, fazendo com que o telespectador possa receber conteúdos dirigidos conforme a programação que está assistindo. Por exemplo, durante uma partida do Campeonato Brasileiro o espectador visualiza na tela da TV um cupom de desconto para adquirir a camisa do clube favorito ou então o cardápio do restaurante mais próximo de sua residência, podendo pagar tudo via conta da TV a cabo, da operadora de telefonia ou via cartão de crédito, em poucos cliques.”

A ferramenta da Comverse permite ainda que a operadora e o anunciante gerenciem, em tempo real, os resultados obtidos, incluindo elaboração de relatórios, número de anúncios gerados e suas respectivas taxas de conversão, tarifação, banco de anúncios, perfil do cliente etc.

Entre as diversas empresas que já implementaram a plataforma de mobile advertising da Comverse está a SingTel Mobile, operadora de telefonia móvel líder em Singapura pertencente ao Grupo SingTel, fundado há mais de 130 anos e que mantém operações e investimentos em 20 países. Com cerca de 3 milhões de clientes que utilizam redes móveis 3G e 3.5G (GSM, GPRS, UMTS e HSPA+), a SingTel Mobile tinha como objetivo transformar-se em uma empresa de soluções multimídia e endereçar conteúdos com alcance efetivo em três diferentes mídias (móvel, TV e website).

O serviço de Mobile Advertising foi lançado em 2009 pela SingTel, com foco em clientes e pequenas e médias empresas. Além de utilizar diversos canais e tecnologias para distribuição dos anúncios, tais como SMS e MMS (com serviços baseados em localização, LBS e aplicação-a-pessoa, A2P), banners web e WAP, e-mail móvel e IPTV, a SingTel oferecia ainda descontos especiais, notícias e outros atrativos aos clientes que aceitavam receber o conteúdo. Para os anunciantes, o principal diferencial foi o correto direcionamento de suas campanhas para o público-alvo, uma vez que estavam munidos de informações sobre o perfil do consumidor, sua localização e potenciais hábitos de consumo.

Um mês após o lançamento, a operadora somava 600 campanhas realizadas, com um índice superior a 20 mil impressões/SMSs ao dia. A taxa média de “Click-through” (número de vezes em que o usuário acessa o conteúdo do anúncio) foi de 10% para os canais web e WAP, cinco vezes maior que os resultados do Google AdWords (média de 2% em janeiro de 2010, de acordo  com marketingpilgrim.com)

Para mais informações, visite: www.comverse.com

Fonte: Sing Comunicação de Resultados

AGRADEÇA AO AUTOR COMPARTILHE!

Deixe seu comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Campos com * são obrigatórios!

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code class="" title="" data-url=""> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong> <pre class="" title="" data-url=""> <span class="" title="" data-url="">