WX7 encerra o primeiro semestre com crescimento de 64%

AGRADEÇA AO AUTOR COMPARTILHE!

Seguindo a ascensão do mercado de comércio eletrônico que até dezembro deste ano deverá movimentar R$ 13,6 bilhões no Brasil, segundo dados da e-bit, a WX7, empresa líder no desenvolvimento de soluções web para e-commerce, colheu resultados positivos em seu faturamento no primeiro semestre de 2010. A companhia anuncia crescimento de 64% em sua receita bruta, comparada a igual período de 2009, superando as metas estabelecidas.

Atuando desde 2001 no mercado nacional, o resultado no primeiro semestre reflete a expertise da WX7 em ofertar soluções on demand de acordo com as regras de negócios específicas de cada cliente e que evolvem desde o planejamento e criação de um e-commerce à gestão e backup da loja virtual.

Com aproximadamente 90 clientes ativos de pequeno, médio e grande porte, a empresa conquistou entre janeiro e junho de 2010 um aumento no número de novos contratos oriundos dos setores de varejo, serviços, publicidade, alimentício e farmacêutico.

Das novas empresas usuárias das soluções da WX7 que fecharam contrato recentemente estão: Danone, Serma Assistência Médica, Coletivo Amor de Madre, Ligação Home Center, Magma Têxtil, Benevento, Casa do Scooter e Leekloy Publicidade. Além disso, houve a renovação de contrato de empresas como: Promocat, Novartis, Grupo Megga, Grupo Records e Thanks Comunicação.

“O amadurecimento do mercado de e-commerce e o crescimento vertiginoso de nossa companhia nos permitiram investir em torno de 15% de nosso faturamento semestral em contratação de profissionais – elevando em 44% o corpo de colaboradores, que hoje soma 36 pessoas e com metas de chegarmos a 45 até o final do ano”, diz Alexandre Nucci Soncini, Sócio-Diretor da WX7.

Para ganhar musculatura, a WX7 reposicionou toda a sua estratégia de atuação. Os contratos especiais de internet – que antes representavam 90% dos negócios – estão sendo assumidos pela área de comércio eletrônico, que atualmente ocupa a participação de 40% no faturamento da companhia.

“A WX7 possui um modelo de negócio diferenciado e baseado em prover serviços sob demanda, cuja comercialização é feita por meio da venda de código fonte, porém sem mensalidade, além de consultoria e assessoria para a empresa investir de maneira correta na criação da loja virtual”, afirma Soncini.

Para garantir 100% de redundância dos projetos realizados, neste ano a empresa fortaleceu a rede de parceiros fornecedores de TI e de soluções virtuais, como: Site Blindado, MoIP, Cielo, Cookie Web, Fluor, Leekloy e Inhouse. O objetivo é atuar de maneira integrada junto ao mercado, trazendo uma loja virtual pronta, desde a construção da plataforma de e-commerce em si até os sistemas operacionais necessários para gestão do comércio eletrônico como soluções para pagamento online, segurança da loja virtual, estratégias de marketing digital, entre outros.

Entre as ações para os próximos meses, a empresa prepara o upgrade de sua ferramenta de comércio eletrônico em plataforma .Net, dedicando-se a evoluir seu produto com objetivo principal de melhorar ainda mais os resultados obtidos por seus clientes.

Soncini acredita que para o segundo semestre o crescimento será estável e dentro das expectativas, girando em torno de 40% em relação aos seis últimos meses de 2009. No balanço de todo o ano fiscal de 2010, o percentual deverá ser de 43%, em relação ao ano anterior.

Para mais informações, acesse: www.wx7.com.br

Fonte: NB Press Comunicação

AGRADEÇA AO AUTOR COMPARTILHE!

Deixe seu comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Campos com * são obrigatórios!

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code class="" title="" data-url=""> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong> <pre class="" title="" data-url=""> <span class="" title="" data-url="">