AlertBoot inicia operação no Brasil com solução de criptografia

AGRADEÇA AO AUTOR COMPARTILHE!

O mercado de software para segurança movimentou no Brasil em 2009 mais de US$ 200 milhões, de acordo com a consultoria IDC. O prejuízo financeiro e na imagem das empresas que têm seus dados confidencias perdidos ou roubados chegam a milhões de dólares e a segurança da informação passou a ser tratada como prioridade absoluta pelas áreas de TI e gestão de risco de empresas de todos os portes.

É de olho neste mercado que acaba de desembarcar no país a AlertBoot, companhia norte-americana especializada em soluções de criptografia. Para a abertura do escritório local a empresa está investindo R$ 1 milhão e já anunciou a contratação de Rodrigo Moura Fernandes como country manager da subsidiária brasileira. O objetivo é comercializar 20 mil licenças até o final desse ano e mais 80 mil até o final de 2011, totalizando uma base instalada no Brasil de 100 mil usuários nos primeiros 18 meses de operação. Esse resultado deixaria o país com 10% de participação no total mundial de licenças da companhia.

“Um dos principais apelos da solução, além do modelo de venda, baseado em SaaS (Software as a Service) e da facilidade de instalação e gerenciamento, é o baixo custo total de propriedade, já que para o usuário final, empresa ou pessoa física, a proteção sai por menos de um real ao dia – contra um prejuízo estimado de 50 mil dólares a cada computador perdido, segundo pesquisa do Instituto Ponemon”, revela Moura. De acordo com o estudo, 80% desse prejuízo referem-se justamente aos dados contidos na máquina. Para se ter ideia do quanto essa realidade é comum, o Gartner estima que um laptop seja roubado a cada 53 segundos no mundo e apenas 30% deles são recuperados.

Outro ponto importante é que a ferramenta da AlertBoot não é focada apenas em computação móvel, ou seja, atende todo e qualquer tipo de empresa que tenha na integridade e proteção de suas informações uma preocupação. A ferramenta da AlertBoot ‘embaralha’ as informações contidas no disco rígido de computadores (laptops, desktops) e dispositivos USB. Por não exigir um número mínimo de usuários, pode ser instalada em computadores pessoais ou em empresas. O gerenciamento das informações é feito via web, sem que os dados fiquem armazenados ‘na nuvem’.

Utilizando a plataforma de mercado Sophos SafeGuard, a solução da AlertBoot tem suporte em português e pode ser instalada rapidamente pelo próprio usuário, não sendo necessário o uso de um servidor dedicado, reduzindo assim o custo total de propriedade (TCO – Total Cost of Ownership).

“É uma solução pioneira no mercado brasileiro pelo fato de simplificar a utilização da criptografia nas empresas. Além disso, possui um custo extremamente acessível e facilita aos gestores de TI o provisionamento das despesas. Por ser hospedada na nuvem, a solução não exige alta carga de configurações ou servidores adicionais. Logo, não há despesas extras com manutenção, energia, back-up e suporte técnico”, explica Moura.

“Mesmo empresas de capital fechado devem estar em conformidade com políticas de segurança e compliance. Além das boas práticas de Governança Corporativa com a lei Sarbanes-Oxley (SOX) e da norma ISO27001:2005 que define padrões para gestão de segurança da informação, existem códigos de regulação para setores específicos da economia, determinando que as empresas atendam a requisitos mínimos de segurança afim de protegerem a privacidade das informações de clientes, como é o caso da HIPAA (Health Insurance Portability and Accountability Act), que regula o setor de saúde, PCI (Payment Card Industry), referente à indústria de cartões de pagamento, entre outros”, completa o executivo.

Outra funcionalidade da ferramenta é a geração de diferentes tipos de relatórios em conformidade com cada um desses padrões internacionais de certificação, cujo conteúdo está embarcado no sistema. Também é possível extrair relatórios customizados, para atender, por exemplo, a um processo de auditoria. “A solução é flexível a ponto de permitir que um usuário seja cadastrado apenas para que possa gerar um tipo de relatório específico, sem ter de instalar o software. Isso vem atender principalmente a auditorias internas e externas”, conclui Moura.

Inicialmente a AlertBoot contará com uma equipe interna para venda direta, mas por conta da demanda reprimida a empresa já avalia parcerias com canais. O foco será oferecer a solução a organizações de setores altamente regulamentados, como bancos, seguradoras, operadoras de planos de saúde, escritórios de advocacia e companhias de capital aberto ou que planejam ir à Bolsa. O custo da ferramenta será de R$ 25 mensais ou R$ 270 em um contrato anual (disponível apenas para usuários corporativos), ou seja, menos de um real por dia.

Mais informações, visite: www.alertboot.com. Twitter: @AlertBoot

Fonte: Sing Comunicação de Resultados

AGRADEÇA AO AUTOR COMPARTILHE!

Deixe seu comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Campos com * são obrigatórios!

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code class="" title="" data-url=""> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong> <pre class="" title="" data-url=""> <span class="" title="" data-url="">