Mercado brasileiro de infraestrutura de TI deve crescer 7% em 2010, segundo a IDC

AGRADEÇA AO AUTOR COMPARTILHE!

O mercado mundial de TI deve movimentar em 2010 mais de US$ 1 trilhão e 500 bilhões, número que aponta um crescimento de 5,8% em relação a 2009. Somente o mercado de infraestrutura deve atingir a marca de US$ 773 bilhões, ou seja, 2,7% a mais do que o faturado no ano anterior. Ainda neste cenário, o Brasil detém 1,8% do mercado mundial e deve crescer 7% em 2010. Estes dados foram apresentados pela IDC Brasil, líder em inteligência de mercado, consultoria e eventos para as indústrias de Tecnologia da Informação e Telecomunicações, durante o IDC Brazil Infrastructure, Storage & Virtualization Conference 2010, realizado na semana passada, em São Paulo.

“Países mais maduros em aquisição de tecnologia como Estados Unidos e Japão irão apresentar taxas de crescimento menores do que as apresentadas por países emergentes. Dentro deste cenário, o Brasil ainda deve ter números medianos quando comparados às de Rússia e Índia”, declara Alexandre Vargas, analista do mercado de infraestrutura da IDC Brasil.

Dentro do mercado brasileiro de Tecnologia da Informação e Telecomunicações, os gastos devem ser de R$ 32 bilhões e R$ 64 bilhões, respectivamente em 2010. “Os maiores impulsionadores de tecnologia serão os dispositivos móveis, com um crescimento de 24,7% nos próximos anos, e os PCs, com um aumento de 8,6%. Os mercados de servidores e storage juntos correspondem a apenas 1,5% deste total”, completa Alexandre.

Para 2011 as prioridades da área de TI de médias e grandes empresas estão relacionadas à implantação e melhorias na área de governança, afinal muitas organizações já adquiriram uma infraestrutura e agora começaram a notar que é preciso crescer de maneira ordenada.   Nos últimos anos, as empresas focaram em consolidação e virtualização. Agora, as questões de automação e provisionamento estarão na pauta dos gestores de infraestrutura. Para Vargas, quem trabalha em infraestrutura e não tem conhecimento de virtualização, precisa se preocupar. “A implementação de soluções baseadas em Cloud Computing é importante para todas as organizações e já é uma realidade. Chegou a hora de avaliar quais ambientes e aplicações já podem ser migradas para a nuvem e, para isso, é necessária a ajuda de um fornecedor especializado”.

Para Reinaldo Roveri, gerente de pesquisa da IDC, Cloud Computing não é mais um hipe de mercado. “Hoje, 40,3% das 330 médias e grandes empresas entrevistas pela IDC para um estudo sobre Computação nas Nuvens, estudam o assunto. Poucas ainda têm plano de investimento, mas esse cenário deve mudar em breve. Recomendamos que elas fiquem atentas à explosão dos aplicativos e às políticas de segurança”.

Acompanhe a IDC no Twitter: http://twitter.com/idcbrasil

Fonte: Rosa Arrais Comunicação

AGRADEÇA AO AUTOR COMPARTILHE!

Deixe seu comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Campos com * são obrigatórios!

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code class="" title="" data-url=""> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong> <pre class="" title="" data-url=""> <span class="" title="" data-url="">