British Telecom presta serviços à Caixa Econômica Federal

AGRADEÇA AO AUTOR COMPARTILHE!

A Vicom, subsidiária da British Telecom (BT) no Brasil, firmou dois contratos com a Caixa Econômica Federal para prover serviços de telecomunicação para conectar, em âmbito nacional, a rede de Casas Lotéricas e os Correspondentes Bancários aos datacenters da CAIXA.

De acordo com o contrato para a rede de loterias, a BT irá conectar 11.000 lotéricas, que também prestam serviços bancários básicos, incluindo recebimento de benefícios. Será também modernizada a solução que transmite a Brasília os sorteios realizados nos Caminhões da Sorte, que levam as loterias a todo o país. Além de substituir o contrato atual da CAIXA com a BT, o novo contrato incorpora inovações tecnológicas em segurança de rede, disponibilidade e eficiência de serviço.

O contrato relativo aos Correspondentes Bancários prevê a conexão de 5.600 pontos em todo país, estendendo o alcance dos serviços da CAIXA e contribuindo para o objetivo estratégico de integrar a população ao sistema financeiro. O credenciamento de estabelecimentos comerciais como Correspondentes Bancários tem sido um importante instrumento para a CAIXA nas expansões de seus serviços em áreas insuficientemente atendidas. Através do terminal CAIXA AQUI, os clientes podem realizar transações bancárias essenciais e realizar saques de benefícios.

“É com muito orgulho que participamos da atuação da CAIXA em sua missão de importante agente financeiro com relevante impacto social. Os serviços de telecomunicações prestados pela BT para as Lotéricas e os Correspondentes Bancários, além de proporcionar confiabilidade e transparência aos sorteios, contribui também para a integração econômica e bancária da população brasileira. É notável que, em alguns lugares do país essas casas constituem o único acesso a serviços financeiros básicos”, afirma Sérgio Paulo Gallindo, diretor geral da BT no Brasil.

Para a rede das Lotéricas, o novo contrato prevê, inicialmente, a ampliação das atuais 10 mil casas lotéricas para 11 mil. As conexões serão implementadas mediante a integração de várias tecnologias de acesso e backbone, em configuração redundante e de alta resiliência. A rede será gerenciada proativamente pela BT através do seu centro de operações localizado em Hortolândia, SP, que coordenará a atuação das equipes de campo. Serão ao todo mais de 35 mil terminais lotéricos instalados em todo o Brasil, o que exige uma rede de porte único, seja por seu alcance geográfico, pelo número de pontos que interliga, pelas exigências de disponibilidade e de segurança do sistema de apostas, ou por um volume de transações que ultrapassa o de todos os cartões de crédito do país em conjunto.

No caso da rede dos Correspondentes Bancários, a BT usará predominantemente tecnologia satelital, que tem cobertura em todo o território nacional, com serviço altamente estável e de custo compatível com o canal de atendimento. Nesse contrato a BT também é responsável pelo suporte preventivo das redes, serviços de help desk para manutenção remota e manutenção presencial.

Para mais informações, visite o site www.bt.com/aboutbt

Fonte: SHEDI – Silvia Helena Editora

AGRADEÇA AO AUTOR COMPARTILHE!

Deixe seu comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Campos com * são obrigatórios!

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code class="" title="" data-url=""> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong> <pre class="" title="" data-url=""> <span class="" title="" data-url="">