Estratégia de Estudos do Grupo Handbook de TI para Concursos

AGRADEÇA AO AUTOR COMPARTILHE!

Neste artigo vou tentar falar um pouco sobre a estratégia de estudos utilizada e defendida pelo Grupo Handbook de TI para Concursos. Esperamos que nossas dicas sejam bastante úteis para todos.

Um dos principais desafios enfrentados pelos concurseiros na área de TI é o fato de os editais cobrarem uma quantidade cada vez maior de assuntos. Hoje, é comum que concursos para cargos de Analista de Suporte cobrem também temas de Desenvolvimento de Software, e vice-versa. Diante deste cenário, muitos candidatos acreditam não serem capazes de obter a tão sonhada vaga no emprego público, visto que suas formações, muitas vezes, são altamente especialistas. Alguns são DBAs a 10 anos, outros são Analistas de Requisitos a 15, e assim por diante.

No entanto, o que muitas pessoas não sabem é que, na maioria das vezes, os conhecimentos exigidos nos concursos não é detalhista ao extremo, podendo se diser até que é superficial em alguns casos. É este fato que deve nortear os estudos dos concurseiros, que devem traçar o que costumo chamar de uma estratégia de “largura”, e não em “profundidade”.

Isso significa dizer que, se edital cobra Redes de Computadores, Testes de Software, Governança de TI, Segurança da Informação, entre outros assuntos, o ideal é que o candidato faça a sua primeira rodada de estudos passando por todos as disciplinas, sem ir muito a fundo em uma disciplina específica nos primeiros momentos. Trocando em miúdos, o candidato não deve ler o Tanenbaum de Redes completo antes de começar a estudar um pouco de Engenharia de Software pelo Pressman!

Após esta primeira rodada de estudos, entra o que costumo chamar de fase de “calibragem”. Nela, o candidato deve resolver o máximo de questões de concursos anteriores possível. Conhecendo as questões, o candidato pode portanto avaliar se o nível de detalhe empregado na primeira fase de preparação está adequado, ou se ele precisa se aprofundar um pouco mais em algum assunto específico. Repetindo este algoritmo de estudos, é possível tornar os estudos mais eficientes e obter ótimos resultados. Mesmo aqueles que são especialistas em uma determinada subarea de TI poderão obter conhecimentos generalistas em um nível de detalhe adequado para competir por vagas.

Esta é a tática que temos utilizado e pregado a alguns anos, e ela vem se mostrando útil para muitos concurseiros na área de TI.


Se você está estudando para algum concurso, conheça os produtos do Grupo Handbook de TI para Concursos. Em parceria com o Profissionais TI você pode ter até 50% de desconto em suas compras. Saiba mais e aproveite!

AGRADEÇA AO AUTOR COMPARTILHE!

Grupo Handbook de TI para Concursos

Mais artigos deste autor »

O Grupo Handbook de TI existe desde 2005, e tem como missão produzir materiais preparatórios para concursos na área de Tecnologia de Informação. O grupo é formado por profissionais de peso, que mesclam vasto conhecimento prático e acadêmico na área de TI.


Deixe seu comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Campos com * são obrigatórios!

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code class="" title="" data-url=""> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong> <pre class="" title="" data-url=""> <span class="" title="" data-url="">