Os segredos das grandes realizações na Web – Investimento On-line (Parte 02)

AGRADEÇA AO AUTOR COMPARTILHE!

Leia a parte 1 desta série. Abaixo segue a continuação…

Tipos de Contratos

Existem muitos modelos de contratos usados para acordos comerciais entre prestador de serviços e cliente. Na Web os mais comuns são: Fee e Job

Por Fee:

O Contrato de Serviço estabelecido por Fee é o contrato mensal que abrange criação, divulgação e manutenção, as vezes apenas uma ou outra característica das mencionadas. Esse modelo é viável para empresas que desejam manter o mesmo padrão ou apenas alterações no percorrer do processo criativo, até mesmo em alguns casos inovadores. A vantagem principal desse modelo de contrato é a eliminação do processo de amadurecimento da idéia de quem é o cliente e de como alcançá-lo, enfim, faz com que não se necessite gastar tempo e dinheiro sempre que uma nova idéia seja colocada em pauta. Elimina inúmeras etapas de todo o processo.

Clientes desse modelo de contrato são considerados clientes de base, são os clientes que obtêm maior atenção, pelo motivo de serem estes os que mantêm as portas das agencias e prestadoras de serviços abertas, são estes que fazem o fluxo de caixa e mantém a empresa ativa. Por esse motivo são estes também os que conseguem melhor negociar os valores de serviços extras ou de novos modelos de planejamento. Detém o poder de negociação.

Por Job:

Simplesmente um contrato por ação, desenvolvimento e sem garantias de manutenção ou reestruturação sem que se tenha a necessidade de um novo contrato.

Esse modelo define limitações e restrições na conclusão do serviço, cabendo apenas ao cliente solicitar outro serviço posterior a esse. Manter alguns serviços na Web necessitam de consultoria ou administração profissional, nesses casos o ideal é a contratação por Fee. Caso sua necessidade seja apenas de uma campanha isolada será interessante a contratação por Job. Outra utilidade desse modelo é o teste que pode ser feito em uma agencia ou prestadora de serviço antes de uma contratação por Fee, para avaliar e mensurar o valor do investimento e resultado.

Agora que compreendemos duas das formas mais usuais de contratos estabelecidos entre cliente e fornecedor de serviços, fica mais simples a criação de um planejamento de investimento Web.

Até a próxima.

Não esqueça de enviar assuntos para meu e-mail de contato ([email protected]), terei prazer em fazer um Artigo sobre o assunto desejado.

AGRADEÇA AO AUTOR COMPARTILHE!

Luiz Castro Junior

Mais artigos deste autor »

Diretor da Alpis Consultoria.
Consultor Certificado 8 Ps - Marketing Digital, Planejamento Estratégico digital, Gestor de Projetos.


Deixe seu comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Campos com * são obrigatórios!

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code class="" title="" data-url=""> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong> <pre class="" title="" data-url=""> <span class="" title="" data-url="">