A moda agora é: TI verde!

AGRADEÇA AO AUTOR COMPARTILHE!

Como os assuntos mais comentados do momento são sustentabilidade e a preocupação com o meio ambiente, a tecnologia da informação não podia ficar de fora. Cada vez mais empresas e corporações se preocupam com a TI Verde. E mesmo assim, muitas pessoas ainda não sabem o que exatamente isso significa para nosso mercado.

Podemos dizer de forma simplificada que TI verde é basicamente realizar as atividades da empresa sem gerar tanto impacto ao meio ambiente, fazendo com que a empresa conquiste uma boa reputação na sociedade por se preocupar com políticas ambientais.

Pode-se colocar em prática a redução de custos, principalmente falando em gastos de energia, o que na nossa àrea é muito comum ser alto, pois precisamos de equipamentos ligados o tempo todo. Outros tipos de reduções também podem ser alcançados, como o lixo gerado e a emissão de gás carbônico.

Pelo que se pode ver, empresas podem reduzir em até 30% o consumo de energia elétrica por meio de práticas sustentáveis, e isso embala mais ainda a “onda verde” na TI, pois empresas que querem aumentar sua infra-estrutura precisam cada vez mais de energia elétrica, então é uma prática que pode ser utilizada em grandes corporações.

Especialistas mostram que o ideal é reformular totalmente o negócio, por meio de práticas sustentáveis, virtualizar servidores, reduzir energia e custo de manutenção de hardware. Poder usar o processamento de dados de acordo com a necessidade é uma ótima opção!

Em alguns segmentos, esse cuidado com a sustentabilidade não é mais uma opção, e sim uma obrigação legal, e devem ser feitas ações de preservação do ambiente, senão problemas vão aparecer com a legislação. E como não queremos isso para o seu negócio, é melhor aderir essas práticas logo, logo.

Em segmentos que não possuem tanto impacto no ambiente, a empresa utiliza essa opção de ser “verde” para conseguir uma imagem juntamente com os clientes, gerando competitividade entre os negócios. Com certeza seu cliente vai preferir investir em um negócio mais verdinho, não é? Ainda mais com essa onda de desmatamento, camada de ozônio e tantos problemas ambientais que aparecem no nosso cotidiano.

A boa é ficar antenado nas boas práticas sustentáveis e tentar aliar a tecnologia a essa onda que está no mercado!

AGRADEÇA AO AUTOR COMPARTILHE!

Marília Balbé

Mais artigos deste autor »

Marília atua com Gerenciamento de Projetos, liderança de equipes de desenvolvimento de software. Habilidades em engenharia de software, levantamento de requisitos e análise de negócio. Influenciadora Microsoft, certificada Scrum Master. Hiperativa e eterna aprendiz. Folow me: @maribalbe


3 Comentários

Tharcísio Mendonça
2

No meu ponto de vista TI verde vai além de simplesmente economizar energia. Um gerente de projeto de software, por exemplo, deve ter em mente que não basta só entregar o produto. Possuir um projeto de desenvolvimento de software bem definido, seguir boas práticas de programação, código com boa performace de processamento entre outros, são ações que contribuem para que a aplicação atenda a demanda do usuário sem muitos problemas. Medidas assim contribuem para que o programa tenha menos erros = menos homens/horas, energia, papel, reposta rápida da aplicação para o usuário final etc).

Outro fator importante que muitas empresas e consumidores ainda relutam em fazer (por diversos motivos) é exigir de seus fornecedores atestados que comprovem alguma conscientização dos recursos naturais (ISOs 14000, Energy Star, Reflorestamento de áreas desmatadas etc). O problema é que falta incentivos para as empresas e conscientização dos consumidores (principalmente no Brasil).

Deixe seu comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Campos com * são obrigatórios!

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code class="" title="" data-url=""> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong> <pre class="" title="" data-url=""> <span class="" title="" data-url="">