Os segredos das grandes realizações na Web – Crie um caráter empreendedor

AGRADEÇA AO AUTOR COMPARTILHE!

Ser empreendedor

Não existe uma regra exata para identificar empreendedores, creio que empreendedorismo começa em uma experiência. Por exemplo; comigo o processo de desenvolvimento do caráter empreendedor começou com meus 14 anos, quando junto a um amigo queríamos montar uma lan-house, não deu em nada. Só que ali, naquele momento iniciava uma mudança drástica na minha forma de observar as coisas, comecei a ver tudo como oportunidade, a usar de critica, dúvida e questionamento para identificar o que seria pra mim uma oportunidade de empreender. Aos 16 anos aprendi a fazer meu modelo de pesquisa de mercado, ou seja, com a mão na massa. Passaram-se os anos e algumas características foram adquiridas com o tempo, características essas que são necessárias quando se quer empreender, seja um projeto pequeno, tão simples quanto qualquer outro ou um mega projeto.

Antes de relacionar abaixo algumas características que creio serem essenciais para um empreendedor quero lembrar que a principal característica é a persistência, nunca desista, mesmo que te digam NÃO, continue, tente, isso é empreender. Como já comentei sobre essa característica (persistência) vou relacionar outras além dela.

Paixão: Seja apaixonado por você, pelas pessoas pela vida e também pela área de atuação, apaixone-se pelo dom de empreender.

Visão: Tenha a capacidade de observar e entender a linguagem das oportunidades que batem a porta todos os dias, eu mesmo muitas vezes não estou falando no celular, estou na verdade, com o gravador ligado, andando na rua conversando comigo mesmo e gerando nesses momentos idéias, explorando-as e gravando para no final do dia colocá-las no papel e ver se são válidas naquele momento ou não. Lembre-se também que todas as idéias são boas, só que para algumas esse não é o tempo de implementar ou tem-se a necessidade de amadurecê-las, não descarte-as.

Foco: Mantenha-se sempre sabendo o que você deseja, aonde quer chegar, estipule uma meta pessoal acima até mesmo daquilo que você considera ser capaz de alcançar, uma vez ouvi uma frase – “Sonhe e ouse sonhar, você nunca irá além dos seus sonhos”, é uma verdade, o homem por natureza considera o seu limite como sendo o limite do mundo, por isso muitos acham que os outros não conseguem realizar tais sonhos porque eles mesmos não conseguiriam. Sonhe, sonhe e sonhe, mas lembre-se de manter as pontas dos pés no chão.

Auto-confiança: Invista em você e gere auto-confiança. Por um tempo em minha vida pratiquei Muay-Thai, uma arte muito interessante, que gera uma poderosa auto-confiança, e aprendi muito com isso, aprendi que se há investimento de tempo e esforço em determinada área de atuação a sua auto-confiança aumenta consideravelmente. É a velha máxima, só com treino pode-se dominar algo e dominar algo te dá confiança.

Oportunismo: Tem gente que considera uma pessoa oportunista como sendo de má fé, na verdade os que agem de má fé devem ser classificados como desonestos, já os oportunistas são uma classe de pessoas com a capacidade de empenhar tempo e força em prol de um bem maior ou um objetivo. Seja oportunista sim, aproveita a oportunidade que bate à sua porta e empreenda, venda, conquiste contas para seu escritório ou agência, faça das oportunidades contratos, gere lucros e cresça. Só que não se permita ir para o outro lado da fronteira, não seja desonesto, seja oportunista no melhor sentido da palavra como descrevi acima, na verdade no sentido real da palavra.

Conhecimento: Ninguém deveria tentar empreender sem conhecimento, ou seja, não tente em áreas das quais não o mínimo de conhecimento, a não ser que seu empreendedorismo é na verdade o de investir em pessoas ou investir em Startups, nesse ramo você tem que ter feeling (um pouco de conhecimento vai fazer um bem danado) e conseguir entender a proposta e não necessariamente conhecer a fundo o projeto/idéia, isso não quer dizer que você tem que ter conhecimento de como gerar resultado naquele tipo de mercado. Mas, se o seu negócio não é esse então estude muito, invista em conhecimento, invista em você. Deixe aquela roupinha de marca e compre livros, faça cursos, prepare-se para os maiores desafios da sua vida, você tem que entender que na vida o mais importante que um individuo pode possuir é seu conhecimento e sua capacidade de usá-lo para se destacar, para ajudar pessoas e para empreender.

Liderança: A capacidade de liderar é extremamente importante. Liderar é diferente de mandar ou dar ordens, vai, além disso. Liderar é a capacidade de inspirar colaboradores, é a capacidade de vender uma idéia a tal ponto que seu parceiro ou funcionário tenha prazer em fazer parte dela. Liderar é absolutamente ser humano ao ponto de compreender as dificuldades alheias e as necessidades também, trabalhar todas as divergências e extrair o melhor que cada um pode oferecer.

Persuasão: Para completar a liderança uma pitada de persuasão ajuda. Mas, também podemos descrever como a capacidade de venda de uma idéia, de se posicionar no mercado colocando a prova suas competências usando um pouco de manipulação positiva para chegar ao resultado desejado. A capacidade de reverter situações a seu favor.

Motivo social: Talvez você não concorde, mas, ter um motivo social como sendo uma meta a ser realizada assim que seu projeto vingar faz com que uma pequena força motivacional seja criada em você. Duvida? Então tente. Deixe seu lado humano respirar um pouco também, encontre formas de fazer algo positivo para o próximo, encontre uma casa de crianças com necessidades especiais, um lar de idosos, uma casa de recuperação de viciados, encontre um orfanato, encontre uma forma de ser útil, você está aqui para ajudar, você tem que ter um propósito, mova-se, saia do lugar e faça parte da história de alguém. Mais importante do que marcar a capa de uma revista de empreendedores é a oportunidade de fazer parte de uma página, uma pequena parte na história de alguém.

Coragem: Essa característica sem o auxilio das demais citadas não tem sentido. Ela serve mais como força impulsionadora para o ato de empreender, então, não deixa de ser necessária em certo momento.

Citei acima algumas características que juntas são responsáveis por gerar uma intensa capacidade de busca pelo prazer de empreender e de gerar resultados.

Resumindo, tenha um propósito.


Até a próxima.

Criticas e sugestões de temas – [email protected] – Aproveite e leia os outros artigos da série – Os segredos das grandes realizações na web…

AGRADEÇA AO AUTOR COMPARTILHE!

Luiz Castro Junior

Mais artigos deste autor »

Diretor da Alpis Consultoria.
Consultor Certificado 8 Ps - Marketing Digital, Planejamento Estratégico digital, Gestor de Projetos.


1 Comentários

Thiago de Assis Silva
1

Olá Luiz,
Bacana seu post e me parece que resume bem alguns dos valores e características do empreendedor. Partcularmente, eu adicionaria o interesse por gestão. Esse é um aspecto fundamental e que não pode ser relegado no dia-a-dia.

Abs
Thiago

Deixe seu comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Campos com * são obrigatórios!

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code class="" title="" data-url=""> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong> <pre class="" title="" data-url=""> <span class="" title="" data-url="">