Feedback: Eu quero!

AGRADEÇA AO AUTOR COMPARTILHE!

Super normal a gente falar de feedback, ainda mais no cotidiano de empresas e organizações.

Mas quero falar aqui do PODER que essa prática possui, o feedback usado de forma POSITIVA.

A maioria dos gerentes de projetos ou pessoas envolvidas na administração de um negócio não usam essa prática positiva, e sim da forma negativa que ela tem.

Uma grande parcela de gerentes se prende mais a ir falar para o colaborador sobre o que ele está fazendo de muito errado, e nas coisas que deve melhorar do que chegar pra ele e dizer: “Você é bom no que faz” ou  “Ótimo trabalho, parabéns!”

Não utilizando essa prática, os gerentes acabam não demonstrando reconhecimento, tornando a moral do seu colaborador baixa ou com um sentimento de “não sou bom”. Isso pode resultar em desempenho abaixo do esperado.

Conheço empresas que adotaram a prática do feedback positivo e os processos melhoraram muito! Simplesmente pelos colaboradores saberem que estão no caminho para concluir o projeto que está em desenvolvimento. E sim, meus caros, reconhecer um trabalho bem feito estimula os funcionários e fazerem um bom trabalho mais vezes, gerando assim uma corrente de produtividade!

O tipo mais comum de feedback usado é o negativo. Usar positivamente é MUITO raro. Acreditem! Quase ninguém faz isso…

Acredito que os resultados podem impressionar se essa prática for utilizada em proporções iguais, tanto de feedback negativo quanto de feedback positivo. Você pode reconhecer o trabalho de seu colaborador, e ao mesmo tempo, pode dar dicas de como aperfeiçoar o que ele faz no seu negócio.

Afinal, sem os colaboradores, o seu negócio é um NADA!

É muito importante também o colaborador estar aberto à esses contatos e saber o retorno do que faz na organização que trabalha. Nada de ficar com a auto-estima lá embaixo porque seu chefe pediu pra refazer o trabalho. E nada de ficar se achando o tal, só porque você é reconhecido.

Todos temos muito que aprender e melhorar. Basta saber usar isso a nosso favor!

Deixo com vocês uma frase que acho muito interessante:

“Dar feedback é um desafio, pois precisamos entender as outras pessoas e a maneira como elas reagem para aprimorar nossa capacidade de dar retorno. E ser capaz de fazer uma leitura das outras pessoas não é uma habilidade inata, mas algo que precisamos desenvolver.” (Richard L. Williams)

Agora é com você. Como você recebe feedback dentro da empresa que trabalha? Está sabendo aproveitar os feedbacks?

Abra a cabeça e aceite opiniões!

AGRADEÇA AO AUTOR COMPARTILHE!

Marília Balbé

Mais artigos deste autor »

Marília atua com Gerenciamento de Projetos, liderança de equipes de desenvolvimento de software. Habilidades em engenharia de software, levantamento de requisitos e análise de negócio. Influenciadora Microsoft, certificada Scrum Master. Hiperativa e eterna aprendiz. Folow me: @maribalbe


1 Comentários

Edson Victor
1

Material muito bom, como um colaborado de uma grande empresa somo muitas vezes lembrados
pelos erros. parabéns.
obrigado.

Deixe seu comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Campos com * são obrigatórios!

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code class="" title="" data-url=""> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong> <pre class="" title="" data-url=""> <span class="" title="" data-url="">