Desgovernança de TI a caminho?

AGRADEÇA AO AUTOR COMPARTILHE!

Temos a disposição alguns frameworks que nos auxiliam na gestão da Tecnologia da Informação, mais precisamente na área de Governança. Há também os treinamentos e certificações, onde podemos inscrever nossos colaboradores e mensurar os resultados.

Porém, na prática, vemos que a mensagem não é compreendida, empresas ainda possuem o caos: helpdesk inoperante, processos mal desenhados ou inexistentes, conceito de delivery de serviço sendo abandonado e o PDCA virando PDJA (peça de joelhos a ajuda) em todos os projetos.

O problema é que durante anos treinaram a equipe de informática para ser uma unidade operacional. Sim, não preparam estas pessoas para tarefas burocráticas, para compreender o cálculo de um ROI, um TCO ou até mesmo elaborar uma planilha SWOT.

Vemos no dia a dia empresas que ainda compram equipamentos mal dimensionados (para cima e para baixo), possuem gente ociosa no setor ou o extremo: pessoas sobrecarregadas. A culpa, volto a frisar, é da preparação destas pessoas, que um dia são promovidas a gerência, mas toda a vida resolveram problemas de natureza operacional e de repente, são obrigadas a entender de visão estratégica, tática e operacional, entender qual o alinhamento estratégico do negócio perfeito entre TI e a diretoria, passar a ter gestão de pessoas (este assunto renderia um livro) e etc.

Como professor universitário, fico espantado da falta de interesse coletivo em matérias como gerência de projetos, governança, metodologias. Argumentam que entraram para serem programadores ou analistas, mas se rebelam quando alguém que não é da área, se torna seu superior.

No mercado corporativo, usa-se constantemente frases como CMMI, PMI, ITIL e Cobit contudo, em sala de aula, vê-se a falta de absorção destes significados, pois para muitos basta saber a linguagem da moda e citar umas siglas. Sabem citar sempre o PDI, mas quem está avaliando o cumprimento do que foi ali escrito? Vislumbro que, precisaremos ter pessoas com multiplas formações (como por exemplo, formado em Administração e em Sistemas) se quisermos tornar a tarefa de Governança uma experiência positiva, até atingirmos a reciclagem dos profissionais de TI.

Até lá, algumas empresas que conheço ainda estarão na desgovernança de TI.

Marcelo Ribeiro Moreno – http://www.marceloribeiromoreno.com.br

AGRADEÇA AO AUTOR COMPARTILHE!

Profissionais TI

Mais artigos deste autor »

Eventos, cursos, livros, certificações, empregos, notícias e muito mais do mundo da TI (Tecnologia da Informação).


9 Comentários

Denis
1

Eu me vi nesta matéria! Era apenas um auxiliar com informática básica e agora estou no comando. Estou cursando redes e com a clara sensação de que estou no curso errado. Sou cobrado diariamente por decisões de nível gerencial para as quais não fui e não estou preparado. E sem saber q rumo tomar, que curso fazer! Gestão? Redes? Essa matéria me fez pensar mais enfaticamente sobre o que fazer da minha vida. Alguma luz?

Fabricio Campelo Frontarolli
2

Sería então conveniente um profissional que pretende seguir a área de Governança graduar em Administração de Empresas e obter certificações a parte para conhecimento técnico?

Renan Salinas
3

Acho que existem (e me incluo) no time de profissionais que tentam “resolver problemas de natureza operacional” MAS com a consciência de que existe uma tratativa estratégica/gerencial para não voltar a acontecer..Quem só apaga fogo, pra sempre apagará.

amigo
4

São raros, mas alunos interessados existem, e o que não são raros, são os professores desinteressados, que ganham muito bem e chegam em sala sem ter se quer preparado uma aula digna de faculdade que se diz “conceituada”, com power point de 1997. Então, depois de trabalhar 9:48 hrs durante o dia, ver esses 1.194 slids com a luz apagada, desinteresses dos professores, o que nos resta é fingir que estamos aprendendo, enquanto fingem que estão dando uma aula.

Luis Fernando
5

Realmente hoje ha uma grande desgovernança por parte dos profissionais de TI, que na maioria das vezes são formados para serem operacionais, so que atualmente o negocio do cliente esta requerendo pessoas mais estrategicas e gestoras, para que possam melhorar o serviço entregue pela TI, reduzir custos e é claro aumentar o ROI para a empresa. As faculdades deveriam colocar a materias de abordagem a gerencia de TI em seus contexto amplo, nem que seja apenas para mostrar ao aluno que existe metodologias para poder gerir a informação. Hoje as empresas querem a gerencia da informação para saber o que esta havendo dentro do negocio.
Mas como nao colocam na faculdade estas materias o jeito e ir por conta propria e saber como podemos gerir as informações e serviços de forma correta.

Fabiana
6

Vejo que os profissionais buscam a certificação nesses frameworks, até mesmo para concorrerem nas vagas que exigem “certificado ITIL”, “certificado cobit”, mas os “gerentes de TI” não se preocupam em saber a toria e a prática desses frameworks. A maioria desses gerentes vieram sim da área técnica e valorizam mais os tombos que levaram (digo, “experiência na prática”) lidando com a nova função gerencial assumida do que as teorias dos frameworks. Eles exigem na hora da contratação de seus analistas, mas não valorizam em nada na prática. É tudo faz de conta, modismo… Esse termo desgovernança é certíssimo.

Raquel Calil
7

Concordo plenamente com a questão da falta de interesse pela materia de gerencimento de projeto, metodologias e afins.
Estou cursando graduação em engenharia de computação e tenho essas materias, que diga-se de passagem, o curso todo. Eu me apaixonei por essa questão logo no 1° semestre de faculdade, mas vejo que a maioria da sala detesta.
Acho que por mais que sejamos da área tecnica, temos que ter no minino o conhecimento sobre o assunto.

Heitor
8

A pior parte de tudo são cursos que não possui um professor capacitado na área. De fato todos os alunos da minha turma se focaram no operacional, mas não teríamos como partir para a parte gerencial lendo PDFs e pesquisando na web, ou ainda com disciplinas totalmente fora de foco. Talvez esteja faltando um incentivo dentro das universidades, para que os recém formados, que ao sair da graduação ou pós com incentivo na área, busque certificação nos frameworks, tornando assim a TI das empresas bonita de se ver.

Filippo Nova
9

Para isso existe uma graduação tecnológica pouco conhecida, Gestão da Tecnologia da Informação, nela você mescla os dois mundos, Governança e Operacional.

Deixe seu comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Campos com * são obrigatórios!

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code class="" title="" data-url=""> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong> <pre class="" title="" data-url=""> <span class="" title="" data-url="">