A importância dos testes de software

AGRADEÇA AO AUTOR COMPARTILHE!

A pouco tempo na área de testes de software, sou quase que diariamente questionada em relação a qual a importância dos testes. Myers, 1979, define testes como: “O teste consiste em executar o programa com a intenção de encontrar erros (bugs)”.

Estimados leitores, embora muitos colegas profissionais TI nunca tenham parado para analisar a importância desta área nova e em expansão, me atrevo a dizer que hoje testes de software são de extrema importância, fundamentais para que a aplicação chegue ao cliente em condições amigáveis de uso. Afinal, qual usuário gosta de receber um software aonde enquanto “navega” por suas funcionalidades é surpreendido por mensagens de erros?

Os profissionais de testes de software não são pessoas contrárias aos desenvolvedores, que tem por objetivo criticar o trabalho dos mesmos, ao contrário, testadores e analistas de testes tem por objetivo que o software chegue ao cliente o mais próximo possível da perfeição, reduzindo significativamente os gastos das empresas e re-trabalho dos desenvolvedores com manutenção.

Hoje, grande parte dos custos no ciclo de vida de software se concentram na manutenção dos mesmos. Claro que os testes não reduzirão a zero os erros da aplicação, mas podem identificar muitos deles ainda dentro da própria fábrica de software evitando o descontentamento do usuário final, transtornos e gastos à empresa.

Existem 2 tipos testes de software: testes caixa branca e testes caixa preta. Os testes caixa preta são realizados sem conhecimento da operação interna (código) do software, é feito analisando o resultado obtido, geralmente tomando por base casos de uso e especificações de requisitos. Já os testes caixa branca são feitos com conhecimento da operação interna, onde o testador pode desenvolver códigos para realizar os testes de todas as aplicações de cada componente.

Segue imagem que deixa mais claras as diferenças.

Imagem extraida do blog  http://apolineosocial.blogspot.com/2010/07/validacao-verificacao-e-testes-de.html em consulta efetuada em 11/04/2011.

Para saber mais sobre testes de software, considere ler os artigos: TDD: Desenvolvimento Orientado a Testes,Selenium IDE, ferramenta de teste automatizado e Diferentes ambientes: Development, Testing, Staging e Production.

Se você deseja especializar-se nesta área, conheça o curso de Teste de Software básico da Treinaweb.

Lembre-se: este nicho da TI está crescendo muito nos últimos anos, portanto, especialize-se!

AGRADEÇA AO AUTOR COMPARTILHE!

Aline Zanin

Mais artigos deste autor »

Acadêmica do Curso Superior de Tecnologia em Análise e Desenvolvimento de Sistemas V nível da Universidade de Passo Fundo, desenvolvedora em nível inicial da linguagem java, profissionalmente atuando na área de testes de software


9 Comentários

Adriano
1

Parabéns pela postagem Aline. Testes de software são extremamente importantes e realmente para quem quer trabalhar nesta área é necessário especializar-se. E acredito que empresas que estão em fase de crescimento pensando em trabalhar com desenvolvimento de softwares cada vez mais robustos, devem valorizar muito esta área de testes de software.

Fábio
2

Muito boa a introdução… embora a afirmação sobre as abordagens de caixa branca e caixa preta tenha ficado meio imperativa, parecendo que são as únicas abordagens de que se tem conhecimento hoje, de modo geral o texto está muito bem escrito para introduzir o assinto…

Outras noções importante para se manter atualizado em teste de software em tempos de metodologias ágeis são ATDD e BDD que são aplicações fundamentadas no TDD adequadas às filosofias ágeis em busca de reduzir o impacto que a visão de um processo de testes pode ter aos leigos que tentam enxergar mais este esforço em seu ciclo de produção sem compreender os benefícios e ganhos que ele gera a médio, longo, prazo…

Parabéns.

Mauricio Araldi
3

Muito bem posto Aline. Disse tudo. Sempre tive curiosidade pra saber um pouco mais sobre a área de testes. E realmente é muito importante que esta área seja reconhecida como peça fundamental dentro de um sistema de desenvolvimento de aplicações.

Aline Zanin
4

Obrigado Adriano, a área de testes ainda tem muito para crescer, e ainda temos poucos profissionais atuando quando comparada a outros segmentos da TI, no meu ponto de vista a tendência é que todas as empresas venham a dar maior atenção ao setor de testes no decorrer do tempo.

Aniela
5

Ótimo post Aline. Nossa área está em crescimento, e está visão desenvolvimento x testadores e/ou analistas de testes já foi derrubada a muito tempo. Todos fazem parte de uma só equipe que deve ter o propósito, como mencionado por você, entregar uma solução ao cliente que mais próxima à perfeição possível, garantindo a qualidade do produto.

Aline Zanin
6

Fabio, interessante sua colocação, talvez em próximas abordagens comente sobre outros tipos de teste e metodologias ágeis, toda sugestão é bem vinda.
Mauricio e Aniela obrigado pelo reconhecimento, Aniela, sim somos todos uma equipe,e o nosso maior objetivo tem que sempre ser o sucesso do produto final.

Carlos Amarillo
7

Gostei muito da postagem!. Só acrescentar que no Brasil o setor de testes é ainda muito novo, por enquanto em outros países as empresas incluem testes desde o começo mesmo de um projeto. Esta comprovado que o custo do produto baixa muito nas empresas que usam processos de testes desde o começo do ciclo de vida do software.

juliano araldi
8

o mauricio… axei um parente.. kkkk me caça no orkut ou manda email…. é o meu nome tudo junto mais o final do gmail.. rsrs n vo postar ele pra softwares n reconhecerem mas mais claro q isso pra os mortais impossivel.. kkkk

Deixe seu comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Campos com * são obrigatórios!

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code class="" title="" data-url=""> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong> <pre class="" title="" data-url=""> <span class="" title="" data-url="">