Código livre para produtos descontinuados

AGRADEÇA AO AUTOR COMPARTILHE!

O reporter Philip Torrone, da revista Make, teve uma ideia genial: que os produtos descontinuados tenham os seus códigos liberados para a comunidade pelos seus fabricantes.

Ele escreveu um artigo, uma espécie de manifesto aos desenvolvedores, onde defende que seria justo as empresas liberarem os códigos fontes de seus produtos obsoletos. Isso seria muito interessante e incentivaria o desenvolvimento de novas tecnologias.

Em seu artigo, Philip cita alguns desses produtos que foram descontinuados pelos fabricantes, como os robôs AIBO e QRIO da Sony, o Palm V e os relógios inteligentes da Microsoft.

O manifesto, chamado de “If youre going to kill it open source it”, “Se você vai matar, libere o código” (tradução livre), pode ser visto aqui.

Muito interessante, não acham?!

Com informações de Yahoo

AGRADEÇA AO AUTOR COMPARTILHE!

Marcelo Alves

Mais artigos deste autor »

Marcelo Alves, graduado em Desenho Industrial com habilitação em Programação Visual pela Universidade do Estado de Minas Gerais. Atua como Webdesigner e Diretor de Criação desenvolvendo projetos de comunicação para web.


2 Comentários

Adilson R.
2

Ser obsoleto não significar ser inútil. O conhecimento adquirido no desenvolvimento de um produto antigo pode ser reaproveitado em outros novos. Isto tanto pra empresa dona da patente – ou do conhecimento – como para os outros interessados. Acho bem difícil que esse tipo de movimento aconteça sem uma lei de quebra de patentes por de trás ou algo do tipo – vinculada ao período de expiração.

Deixe seu comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Campos com * são obrigatórios!

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code class="" title="" data-url=""> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong> <pre class="" title="" data-url=""> <span class="" title="" data-url="">