10 dicas para melhorar sua campanha de Email Marketing

AGRADEÇA AO AUTOR COMPARTILHE!

Sei que estou um pouco atrasada, mas as dicas são super atuais. Neste post gostaria de falar sobre os principais pontos discutidos no evento EMM2011 realizado dia 24 de Maio de 2011. Para quem não sabe, o evento fala sobre Email Marketing e eu particularmente gostei bastante deste evento realizado pela Dinamize, empresa especialista na área. Vamos as dicas:

1. Una seu CRM com seu Email Marketing.

Apesar da dica parecer básica, muitas empresas ainda trabalham seu CRM separado do seu Email Marketing. O ideal é integrar sua ferramenta de Email Marketing a sua ferramenta de CRM e algumas ferramentas de disparo de Email Marketing são flexíveis a este ponto. Dessa forma, você terá uma única base sempre atualizada e poderá segmentar de forma mais fácil sua campanha. Por exemplo, se no seu CRM você mantém uma base onde você tem dados básicos dos seus clientes (sexo, idade, cidade, estado) você poderá disparar promoções específicas para cada grupo além de programar emails automáticos para quem está há algum tempo sem comprar no seu estabelecimento ou até mesmo disparar promoções automáticas para clientes que efetuarem determinado tipo de compra.

2. Mantenha sua base de emails atualizada.

Assim que disparar um Email Marketing fique atento aos bounces. É importante que você exclua de sua base os emails que retornarem por serem inválidos, pois caso você persista em enviar Email Marketing para destinatários não existentes os provedores podem começar a interpretar seu Email Marketing como SPAM. Algumas ferramentas de disparo de Email Marketing fazem a eliminação destes emails de forma automática.

3. Automatize seu Email Marketing.

Com uma boa ferramenta de Email Marketing em mãos é possível configurar disparos automáticos. Porque não configurar um email de aniversário ou de festividades (Natal, Dia das Mães, Dia dos Pais, etc.), de forma automática? Ou, caso você tenha uma loja virtual é possível configurar o envio de Email Marketing com produtos relacionados. Por exemplo, se seu cliente comprou em sua loja uma câmera digital, é possível programar um disparo para o dia seguinte com produtos relacionados a essa compra com descontos, ou seja, ofereça lentes, capas de proteção para a câmera, suporte e produtos que ele tenha visto no dia em que acessou sua loja. Essa tática é utilizada pela Amazon e é chamada de Remarketing. Ainda pensando no caso de Lojas Virtuais, os emails podem ser disparados mostrando ao usuário os itens que estão em seu carrinho de compras e que ainda não foram comprados.

4. Abuse e use de formatos ousados.

Seu e-mail não vai parar na caixa de SPAM porque você decidiu utilizar imagens e determinado tipo de texto em seu conteúdo. Portanto, use e abuse de imagens bem trabalhadas, textos informativos variando tamanho de fonte de texto e fotos.

5. Coloque links para suas redes sociais.

Através do Email Marketing também é possível conseguir seguidores para suas redes sociais, portanto não esqueça de colocar os links para as redes sociais das quais sua empresa faz parte.

6. Ofereça um diferencial.

Transforme seu Email Marketing em um canal exclusivo para seu usuário. Ofereça diferenciais, por exemplo, uma promoção específica por Email Marketing, para que o cliente perceba a importância de estar assinando aquela newsletter.

7. Mais qualidade que quantidade.

Antes de disparar um Email Marketing, tenha certeza que o conteúdo é totalmente relevante para sua base de dados. Certamente os resultados serão mais efetivos se o email disparado for para uma base segmentada e interessada naquele conteúdo que para uma base muito extensa, porém que não tenha interesse no seu produto. Pense que o usuário é uma mídia, ou seja, ele irá divulgar seu produto ou serviço caso ele achar interessante, portanto trabalhe o Email Marketing no formato One to One (Um a um).

8. Prefira trabalhar sua base própria que comprar base de emails.

Ao comprar uma base você está sujeito a comprar uma série de emails inválidos, que não aceitaram receber emails, que não tem nenhuma afinidade com sua marca e que talvez não seja seu público-alvo. Ao contrário da televisão, o Email Marketing não deve ser pensado como um veículo de mídia em massa, portanto mais vale uma base menor, porém bastante segmentada e relevante, que uma base grande com emails que podem ser bounces ou de usuários descontentes que irão denunciá-lo como SPAM.  Construa sua base! Aqui vão algumas dicas:

  • Coloque de forma visível na home do seu site o cadastro para a Newsletter. Porém, ofereça ao usuário alguma vantagem para que ele se cadastre em sua newsletter e não somente colocar o típico texto: ” Cadastre-se em nossa newsletter para receber novidades.” Prefira: “Cadastre-se em nossa newsletter e receba 10% de desconto em sua primeira compra.”
  • Coloque por um dia na Home do seu site o cadastro obrigatório do email para acessar o restante do conteúdo. Logicamente muitos irão abandonar a página, mas os emails arrecadados certamente lhe darão bons frutos no futuro. Essa é a estratégia utilizada por alguns sites de compras coletivas.
  • Realize promoções e concursos culturais e peça no ato do cadastro o email da pessoa. Não se esqueça, sempre deixe como opcional para o usuário o cadastro na newsletter.

9. Deixe uma opção para o usuário sair da lista.

A opção de sair da newsletter deve estar legível e funcionando. Facilite a saída dos usuários que não queiram receber mais seus Emails Marketing, pois caso ao contrário eles poderão te denunciar como SPAM.

10. Verifique se seu IP não está em alguma lista negra.

Caso seu IP esteja em alguma lista negra, seu Email Marketing estará fadado a ir direto para as caixas de SPAM dos usuários.  Caso seu IP estiver na lista negra de algum servidor, entre em contato com o mesmo para regularização. https://www.senderscore.org/

Por fim, siga a risca as regulamentações aplicadas pelo CAPEM (Código de auto-regulamentação para a prática do Email Marketing).


Estas foram as 10 dicas que separei para que você consiga melhorar as suas campanhas de Email Marketing. Esqueci alguma dica? Então me escreva!

Fonte: Multiplicidades

AGRADEÇA AO AUTOR COMPARTILHE!

5 Comentários

Marketing Digital
1

Ótimo post Daniella, pena que a grande maioria não segue esses ensinamentos e no final acabam fazendo o velho spam. Se soubessem da importância dessas dicas principalmente no que se refere à taxa de conversão pensariam 10 vezes antes de negligenciar tais dicas.

daniella
2

Sim, até mesmo porque uma boa campanha de email marketing é capaz de converter muito mais que uma campanha SPAM, mas o pessoal se contenta com o SPAM porque até ele infelizmente, dá resultado.

@Aramati_
3

Ha alguma forma de denunciar ou fazer seilaoque de punição para aquelas empresas que botam armadinha no link de desassinatura (aquela onde você acha que ta saindo do cadastro mas na verdade ta é se cadastrando oficialmente)?

daniella
4

Olá Aramati! Eu nunca vi esse tipo de problema, pelo menos nunca aconteceu comigo. O que eu vejo no geral é que às vezes as empresas colocam um re-direcionamento neste link para a página principal do site, ou seja, você nunca de fato consegue se descadastrar do serviço. É uma pena que as empresas utilizem esse tipo de prática e infelizmente é muito comum. O que você pode fazer é denunciar a empresa como SPAM pois isso conta pontos negativos a ela e e-mails dela não chegarão mais na sua caixa de correio. Você pode fazer isso pela própria caixa de correio. Eu consultei o CGI.br e vi a seguinte resposta:

O CGI.br fiscaliza o conteúdo disponibilizado na internet? A quem recorrer quando há problemas relacionados ao assunto?
Não. Devido à distribuição dos serviços relativos à internet no Brasil, a fiscalização do conteúdo disponibilizado em um domínio não é parte da competência legal atribuída ao Comitê Gestor da Internet no Brasil. No caso de problemas relacionadas ao conteúdo divulgado na internet, o usuário ou lesado poderá obter auxílio junto aos órgãos policiais e judiciais competentes, além dos órgãos de defesa do consumidor.

Sendo assim, recomendo você fazer uma reclamação on-line no PROCON: tp://www.procon.sp.gov.br/atendimento.asp

Obrigada.

Deixe seu comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Campos com * são obrigatórios!

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code class="" title="" data-url=""> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong> <pre class="" title="" data-url=""> <span class="" title="" data-url="">