Blue Coat rompe as barreiras de otimização na nuvem

AGRADEÇA AO AUTOR COMPARTILHE!

A Blue Coat Systems, Inc. (Nasdaq: BCSI), uma das principais fornecedoras globais de soluções de segurança Web e otimização de redes WAN, lança o CloudCaching Engine para seus appliances MACH5 de otimização de redes WAN, incluindo os appliances virtuais. O CloudCaching Engine foi projetado para responder aos desafios e oportunidades colocados a partir da adoção, pelas empresas, de aplicações trafegando em nuvens públicas. Utiliza uma avançada tecnologia de aceleração assimétrica para romper as barreiras que impedem a otimização de aplicações em nuvem pública pelas soluções tradicionalmente oferecidas ao mercado, permitindo que as organizações obtenham ganhos operacionais com a virtualização de suas infraestruturas de TI. O uso mais eficiente da cloud computing contribui para que as empresas enfrentem com sucesso os complexos desafios de comunicação e colaboração, aprimorando também seus processos de negócio.

As soluções tradicionais para a otimização de WAN aceleram o tráfego de e-mail e arquivos usando uma implementação simétrica de appliances físicos ou virtuais no data center e nas diferentes unidades das empresas. Para as redes privadas, a Blue Coat oferece o appliance virtual Cloud MACH5: nesse caso implementa-se na rede privada um appliance para otimização da WAN, alinhado simetricamente com appliances localizados nos escritórios da empresa. Quando o software é fornecido como serviço (SaaS – Software as a Service) por meio de nuvem pública, a infraestrutura não é de propriedade do cliente nem gerenciada por ele, e assim não é possível implementar uma solução de otimização de WAN nesse ambiente. Portanto, as aplicações em nuvem pública não podem ser otimizadas com a utilização das tradicionais soluções de aceleração entre pontos determinados. A Blue Coat soluciona essa questão com seu CloudCaching Engine, capaz de acelerar as aplicações em nuvem pública incluindo as que utilizam vídeo, interfaces baseadas na web e conteúdos IPv6.

“A maioria das empresas (53,3%) já utiliza aplicações SaaS, e o número médio de aplicações SaaS está crescendo expressivamente, de menos de duas no ano passado para mais de cinco este ano. Na medida em que as empresas cada vez mais oferecem a seus usuários aplicações SaaS, cresce a importância de soluções de otimização que aumentem o desempenho e a confiabilidade dessas aplicações sem necessidade de acesso à infraestrutura do provedor”, afirma John Burke, analista chefe de pesquisa da Nemertes Research.

A solução da Blue Coat para otimização em nuvem pública inclui:

- CloudCaching Engine para aprimorar o desempenho de aplicações baseadas na nuvem – trata-se deuma avançada tecnologia que permite a aceleração assimétrica, ou “unilateral”, das aplicações baseadas na nuvem. As empresas podem acelerar conteúdos e aplicações entregues pela nuvem pública sem instalar um appliance no data center virtual em que estão essas aplicações.

O CloudCaching Engine foi criado a partir dos desenvolvimentos pioneiros da Blue Coat para caching, com o objetivo de acelerar e otimizar novas aplicações web, arquivos de vídeo e conteúdo dinâmico Web 2.0. Além disso, a solução Blue Coat acelera tráfego criptografado em SSL, mesmo sem a verificação dos certificados de autenticação por parte do provedor da nuvem pública.

A otimização de aplicações como o SharePoint da Microsoft e outras aplicações entregues via nuvem pública acelera o tempo de resposta e reduz o consumo de banda. O CloudCaching Engine acelera 40 vezes, em média, a entrega do SharePoint BPOS (Business Productivity Online Service), sem o uso de appliances físicos ou virtuais na infraestrutura de nuvem da Microsoft. No caso de aplicações de vídeo distribuídas via nuvem, a solução Blue Coat permite aumentar 500 vezes a capacidade de banda para vídeo sob demanda, também sem appliances instalados na infraestrutura do provedor.

Otimização da entrega de vídeos evitando a saturação da rede – com os appliances Blue Coat as empresas podem evitar a saturação da rede por vídeos (prejudicando o tráfego de aplicações críticas), e, ao mesmo tempo, incrementar o uso de vídeos internos ou originados da web em todas as suas unidades. Com a capacidade de armazenamento em cache de vídeo on-demand em Adobe Flash utilizando protocolo RTMP, os usuários obtêm uma experiência de vídeo de alta qualidade, limitando-se o consumo de banda na WAN ou no gateway Internet ao necessário para a primeira exibição. A funcionalidade de cache para o Flash foi desenvolvida em colaboração com a Adobe. As soluções de otimização de WAN da Blue Coat também permitem o caching local de conteúdos de vídeo on-demand em HTML5 e Silverlight e podem efetuar o stream-splitting em vídeos ao vivo, de modo que um único stream de vídeo sirva a centenas de usuários no mesmo local.

Acesso e aceleração de conteúdos e aplicações IPv4 e IPv6 – as soluções Blue Coat são as primeiras do mercado a proporcionar otimização de WAN em redes IPv6 e serviços de gateway Internet capazes de transpor conteúdo e aplicações entre ambientes IPv4 e IPv6 de forma automática e transparente para os usuários. Essa funcionalidade é única no que toca a resolver problemas de desempenho e acesso a aplicações, uma vez que soluções de otimização de WAN de outros fornecedores não têm conseguido bons resultados no caso de aplicações e conteúdos IPv6.

Novo appliance virtual MACH5 de otimização de WAN para nuvens privadas – a Blue Coat também está lançando uma versão de alta capacidade de seu appliance virtual para grandes data centers virtuais em nuvem privada. O novo appliance virtual MACH5 oferece transferência de dados de até 45 Mbps para implementações IaaS (Infrastructure as a Service) em nuvem privada.

“A otimização de redes WAN é uma tecnologia importante e de eficácia comprovada na consolidação de data centers, mas as empresas precisam agora de uma nova geração de soluções para a otimização de WAN que responda ao tráfego cada vez maior de vídeo, conteúdos web e serviços baseados em nuvem, hoje alterando completamente a maneira que as empresas acessam e utilizam aplicações. Ao romper a barreira que impedia a otimização dos aplicativos baseados em nuvem, a Blue Coat define uma nova geração de solução de otimização WAN, que possibilitará às empresas uma nova maneira de conduzir suas operações”, afirma Francisco Abarca, diretor de desenvolvimento de negócios para a América Latina da Blue Coat Systems.

Fonte: SHEDI – Silvia Helena Editora

AGRADEÇA AO AUTOR COMPARTILHE!

Deixe seu comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Campos com * são obrigatórios!

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code class="" title="" data-url=""> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong> <pre class="" title="" data-url=""> <span class="" title="" data-url="">