Estudo revela: navegar na internet durante o trabalho melhora a produtividade

AGRADEÇA AO AUTOR COMPARTILHE!

A Universidade Nacional de Cingapura realizou um estudo que revelou que navegar na internet durante o trabalho, atualizar o Facebook ou postar mensagens no Twitter pode aumentar a produtividade.

O estudo foi realizado com 96 pessoas e provou que o uso da web ajuda o trabalhador a se recuperar mentalmente após longos períodos de trabalho.

Navegar na internet é melhor para a produtividade da empresa que conversar ou mandar mensagem de celular ou e-mail, afirmam os cientistas.

Outro dado interessante revelado pelo estudo é que nas empresas que bloqueiam a internet, os índice de acesso dos funcionários é mais elevado.

E aí, o que você acha? Você navega na web e utiliza redes sociais durante o expediente?

Com informações de G1

AGRADEÇA AO AUTOR COMPARTILHE!

Marcelo Alves

Mais artigos deste autor »

Marcelo Alves, graduado em Desenho Industrial com habilitação em Programação Visual pela Universidade do Estado de Minas Gerais. Atua como Webdesigner e Diretor de Criação desenvolvendo projetos de comunicação para web.


4 Comentários

Fernando A. Valente
2

Eu também acrediava nisso, até que minha equipe começou a “Facebookar” e navegar mais do que trabalhar… Isso depende muito de pessoa para pessoa, eu sai dividir bem a hora de trabalhar e a hora de não trabalhar, mas a maioria não…

Bruno César Bulnes
3

Interessante essa pesquisa mas eu tenho que discordar um pouco dela. Conheço gente que fica o dia todo no Facebook/Twitter e tem uma péssima produtividade no trabalho. Acredito que dar uma olhada nas redes sociais de vez em quando deve fazer bem e com isso aumentar o desempenho na empresa, porém esse “olhar de vez em quando” deve ser moderado (pensando bem, deve ser moderado como tudo na vida, não é?).

Abraços.

Marcia Carvalho
4

Funcionarios que trabalham em empresas que bloqueiam a internet tendem a ser mais insatisfeitos, pois sentem-se “presos” no ambiente de trabalho, como também sentem um grau de desconfiança no que diz respeito a relação patrão-funcionário. Um pré-julgamento de que o funcionário com acesso livre não teria compromisso e responsabilidade com o trabalho executado.

Deixe seu comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Campos com * são obrigatórios!

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code class="" title="" data-url=""> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong> <pre class="" title="" data-url=""> <span class="" title="" data-url="">