MVNOs: para quem e em que situação?

AGRADEÇA AO AUTOR COMPARTILHE!

Aprovadas em novembro de 2010 pela Anatel, as MVNOs chegam ao Brasil em um cenário completamente diferente daquele em que surgiram na década passada, na Europa. A penetração de telefonia móvel no Brasil já ultrapassa os 100% e o país vive um momento de crescimento constante. São cada vez mais terminais inteligentes e com maior capacidade de processamento, aumentando o volume de dados trafegado nas redes das operadoras (MNOs) que já começam a sofrer impacto na qualidade do serviço.

Apesar de parecer arriscado para as MVNOs, existem boas oportunidades de mercado a serem exploradas, principalmente para empresas que querem criar um relacionamento diferenciado com nichos de mercado oferecendo atendimento personalizado, vantagens comerciais, além das vantagens operacionais que podem ser obtidas, como redução de custos e fidelização da base de clientes.

“As empresas interessadas em atuar como MVNOs devem analisar os benefícios que uma operadora móvel virtual traria ao seu negócio – pesando tanto os ganhos diretos quanto os colaterais. Para isso, é importante identificar as particularidades do segmento em que irão atuar para definir o melhor modelo e dimensionar os custos e benefícios corretamente. Além disso, é importante não esquecer que o ciclo de inovação nesse segmento é constante”, alerta Luis Minoru Shibata, Diretor de Consultoria da PromonLogicalis, lembrando que são diversos os modelos de atuação possíveis, combinando MVNOs, MVNEs e operadoras (MNOs), e destacando a importância de se montar um plano de negócios flexível, capaz de se adaptar a futuras mudanças na estratégia.

Para conhecer mais sobre as oportunidades e os desafios atrelados ao mercado das operadoras móveis virtuais, conheça a mais recente edição do Advisor, MVNO – Um novo mercado a ser explorado no Brasil.

Fonte: A4 COMUNICAÇÃO

AGRADEÇA AO AUTOR COMPARTILHE!

Deixe seu comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Campos com * são obrigatórios!

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code class="" title="" data-url=""> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong> <pre class="" title="" data-url=""> <span class="" title="" data-url="">