Encontro em Curitiba discute oportunidades da Copa para empresas de TI e Comunicação

AGRADEÇA AO AUTOR COMPARTILHE!

O Sebrae/PR promove no próximo dia 11, em Curitiba, das 9 às 18 horas, um encontro empresarial para discutir oportunidades de negócios em tecnologia da informação e software, geradas pela Copa de 2014. O evento acontece na sede da entidade na Capital e é aberto a empreendedores e empresários de micro e pequenas empresas do setor de Tecnologia da Informação e Comunicação (TIC) do Paraná.

O objetivo do encontro é disseminar, estimular e avaliar possíveis oportunidades de negócios, considerando a missão do Sebrae/PR, que é contribuir para a competitividade e para o desenvolvimento sustentável das micro e pequenas empresas, proporcionando benefícios antes, durante e após o Mundial, que será realizado em 12 cidades brasileiras, dentre as quais Curitiba.

O diretor de Gestão e Produção do Sebrae/PR, Vitor Roberto Tioqueta, diz que o encontro com empresários de TIC é uma das ações do Programa Sebrae 2014. “Além de identificar as oportunidades que serão geradas pelo evento, o Sebrae quer também que a Copa do Mundo promova o desenvolvimento, por meio dos pequenos negócios”. Segundo Tioqueta, o Sebrae não quer estimular a abertura indiscriminada de empresas, com vistas ao Mundial, mas propõe uma análise de oportunidades que possa direcionar pequenos negócios já instalados ou estimular a abertura consciente de novos empreendimentos.

Para o gerente da Unidade de Programas Estaduais (UPE) do Sebrae/PR, José Gava Neto, “a Copa é uma excelente oportunidade para que os empresários melhorem a competitividade empresarial”. “O Sebrae/PR, por meio de parcerias, como a da Assespro (Associação das Empresas Brasileiras de Tecnologia da Informação), CITS (Centro Internacional de Tecnologia de Software) e Secopa (Secretaria Especial para Assuntos da Copa do Mundo), traz um evento que possibilita enxergar novos nichos de mercado e produtos ou serviços que podem ser desenvolvidos. Com isso, as empresas ampliam seu mercado e melhoram sua competitividade”, destaca Gava Neto.

O coordenador estadual de Tecnologia de Informação (TI) do Sebrae/PR, Emerson Cechin, diz que a proposta é fazer uma análise do evento Copa do Mundo, destacando oportunidades e como podem ser aproveitadas. “O setor de TI vive um bom momento. O desenvolvimento de novos recursos e capacidades, para atender demandas geradas pela Copa, é um legado que deve impulsionar ainda mais o setor.”

Cechin lembra que o Sebrae encomendou junto à Fundação Getúlio Vargas (FGV) um estudo sobre as oportunidades de negócios para micro e pequenas empresas na Copa de 2014. O estudo detectou 554 oportunidades de negócios para Curitiba e seu entorno. As oportunidades são em TI (81);  agronegócio (78); turismo e produção associada (160); comércio varejista (80); vestuário (47); e construção civil (108).

“São oportunidades que, para darem certo, precisam ser analisadas tecnicamente. Os nichos foram identificados por recomendações de especialistas e validados por grupos de empresários e representantes locais em cada uma das cidades-sede”, reforça Cechin.

O coordenador estadual de TI do Sebrae/PR cita como exemplos de oportunidades, para o setor, o desenvolvimento de aplicativos mobile, considerando a expansão da utilização de celulares com recursos cada vez mais avançados; soluções de comércio eletrônico; serviços de rede de comunicação de dados; serviços de vigilância e monitoramento; soluções de gestão de segurança pública; desenvolvimento de games; serviços de instalação de hardware (telões de fan parks, dentre outros); serviços de pagamento com segurança (smart cards).

O secretário Especial para Assuntos da Copa, Mario Celso Cunha, inicia a rodada de painéis. Ele abordará o tema “A Copa no Paraná – Visão Geral sobre a Copa no Paraná”.

Representante da Coordenação da Região Metropolitana de Curitiba (Comec) detalhará o Sistema Integrado de Monitoramento (SIM), projeto do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC) da Copa do Mundo de 2014, que visa melhorar a locomoção das pessoas, no sistema viário e de transporte público na capital do Paraná,  por meio de sistemas inteligentes.

Jugen Richter, consultor de gestão da Deutsche Telekom, apresentará o estudo de caso sobre a aplicação do Green ICT (Tecnologia da Informação e Comunicação Verde, em português) na Copa do Mundo sediada pela Alemanha, em 2006.

Anderson Figueiredo, consultor da IDC Brasil, e Dagoberto Hajjar, presidente da Advance Consultoria, falarão também durante o encontro sobre cenários e oportunidades da Copa 2014. A IDC Brasil é uma subsidiária da International Data Corporation (IDC), líder mundial em inteligência de mercado, consultoria e conferências nos segmentos de TI e Telecom.

Após a conclusão de cada painel, será aberto espaço para que os participantes interajam com os convidados. As inscrições são gratuitas e podem ser feitas pelo www.sebrae2014.com.br.

AGRADEÇA AO AUTOR COMPARTILHE!

Profissionais TI

Mais artigos deste autor »

Eventos, cursos, livros, certificações, empregos, notícias e muito mais do mundo da TI (Tecnologia da Informação).


Deixe seu comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Campos com * são obrigatórios!

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code class="" title="" data-url=""> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong> <pre class="" title="" data-url=""> <span class="" title="" data-url="">