A influência positiva dos games no relacionamento pessoal

AGRADEÇA AO AUTOR COMPARTILHE!

Não é de hoje que os games se tornaram umas das distrações preferidas de jovens e crianças seduzidos pela possibilidade de realizar desejos pessoais em mundos virtuais baseados na vida real ou em inimigos fictícios. Com a evolução das tecnologias e a chegada das redes sociais e smartphones, esse segmento ganhou força e passou a fazer parte da vida não só da “moçada”, mas de famílias inteiras que descobriram nos jogos novas opções de lazer e interação.

As possibilidades são tantas, que as mecânicas de jogos passaram a ser utilizadas para infinitas aplicações do dia-a-dia, muito utilizadas no ambiente corporativo para motivar pessoas em tarefas que elas normalmente consideram entediantes. O nome deste fenômeno é gameficação, criação que permite encorajar determinados comportamentos tirando vantagem da pré-disposição psicológica do ser humano em se engajar em games.

Ao contrário do que dizem os pessimistas, os jogos vão muito além das estatísticas que figuram crianças obesas e sedentárias, cada vez menos interessadas nos estudos diante dos tempos modernos. Os jogos também são um canal mais do que eficiente para estreitar relações pessoais. Seja para conhecer pessoas novas, encontrar amigos antigos ou compartilhar emoções e aventuras vivenciadas através de seus personagens.

Exemplo disso é o casal Alexandre Justino e Elisangela Bernardo. Depois de muito tempo separados, encontraram um pretexto para reatar o casamento no jogo Priston Tale, um dos MMORPG – Massively Multiplayer Online Role-Playing Game (milhares de jogadores onlinesimultaneamente) mais populares da história – licenciado pela Hazit Online Games. A brincadeira começou com o interesse do filho pelo jogo e contagiou os pais, que acabaram famosos na comunidade ao conquistar TOP rankings por longos períodos.  Para Alexandre, dono de uma lan house no Rio de Janeiro, os jogos são facilitadores para se sociabilizar com outras pessoas. “Não vejo nenhuma influência negativa dos games para o cotidiano da minha família, mas nunca deixei de administrar nosso tempo para dar atenção a outras atividades importantes”, explica o empresário.

Arlindo Neto é mais um jogador de Priston Tale e usa o game há três anos para se encontrar e se comunicar diariamente com seus filhos. Ele, os dois filhos do primeiro casamento, o genro, a atual esposa e o filho caçula ‘upam’ juntos sempre que possível. Para ele, o jogo traduz situações reais e pode ser muito educativo para as crianças, já que também penaliza atitudes erradas. “Prefiro dar a mesada dos meus filhos  em créditos para o jogo do que financiar baladas e correr o risco de eles se envolverem com drogas, bebidas e cigarros”, conclui Arlindo.

Relacionamentos amorosos também podem nascer a qualquer momento pelos cantos dos mapas de um RPG. Nesses jogos, o envolvimento com os personagens é muito forte e duradouro, o que permite conhecer pessoas novas e compatíveis entre uma batalha e outra. Vale como dica para os mais tímidos, que não teriam a mesma coragem de abordar uma garota pessoalmente. Antes de conquistar a atual namorada, Ana Cláudia Siqueira, Thiago Lannes descobriu que ambos jogavam Priston Tale e que isso poderia render assunto e, quem sabe um dia, um “algo mais”. O xaveco virtual funcionou, e hoje o casal continua fã incondicional do game e aposta sem receio nas novidades do Easta Online, último lançamento da Hazit Online Games – outro MMORPG de ação com características de um jogo casual de luta.

Fonte: Sing Comunicação de Resultados

AGRADEÇA AO AUTOR COMPARTILHE!

Profissionais TI

Mais artigos deste autor »

Eventos, cursos, livros, certificações, empregos, notícias e muito mais do mundo da TI (Tecnologia da Informação).


Deixe seu comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Campos com * são obrigatórios!

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code class="" title="" data-url=""> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong> <pre class="" title="" data-url=""> <span class="" title="" data-url="">