Por que o Facebook comprou o Instagram?

AGRADEÇA AO AUTOR COMPARTILHE!

Você talvez já tenha ouvido falar que o Facebook adquiriu o Instagram por aproximadamente um bilhão de dólares em dinheiro e ações. Incrível, não? Tenho recebido mensagens de admiração e choque de muitas pessoas do Vale do Silício, por ninguém estar esperando o acontecimento.

Alguns dias atrás havia um rumor dizendo que a startup estaria avaliada em 500 milhões de dólares. Alguns meses atrás eram 300 milhões. Na última rodada de investimentos – apenas a um ano atrás (em inglês) – era avaliado em 100 milhões. O aumento de valor da empresa foi reflexão do crescimento da audiência, apesar de estar apenas no iPhone. Chegou a 30 milhões de usuários registrados antes do lançamento de um app para o Android, um evento que turbinou a vida da companhia.

Então a pergunta é: Porque Mark Zuckerberg comprou a empresa pelo dobro do valor de mercado levantado por investidores de risco? A resposta é encontrada na própria declaração publicada por Zuckerberg:

Este é um importante marco para o Facebook, porque é a primeira vez que adquirimos um produto e companhia com tantos usuários. Nós não planejamos fazer mais desses, talvez mais nenhum. Porém, prover a melhor experiência de compartilhamento de fotos é uma das razões do porque tantas pessoas amam o Facebook, e nós sabíamos que valeria a pena juntar as duas empresas.

Minha tradução: Facebook estava tão assustado e sabia que pela primeira vez na sua vida tinha um competidor razoável que poderia não só comer uma fatia de sua parte no mercado, mas também destruir prospecções futuras. Porque? Porque o Facebook é essencialmente fotos, e o Instagram estava atacado o calcanhar de Aquiles da empresa de Mark – o compartilhamento de fotos através de dispositivos móveis.

Aqui está o que escrevi quando o Instagram lançou o app para Android (em inglês).

Está bem claro que o efeito turbo dado pelo Android vai fazer com que a base de usuários do Instagram passe de 50  milhões em apenas algumas semanas. Logo depois da companhia ter lançado o app em outubro do ano passado apontei que haveria uma plataforma social mobile orientada a fotos que desafiaria os gigantes sociais. Será um tempo para lembrar desta pequena empresa.

Aqui está um pouco do que escrevi em uma das newsletters:

A companhia anunciou uma API em fevereiro, e desde então uma avalanche de novos aplicativos vieram para capitalizar o Intagram. Enquanto alguns fizeram vistas grossas para o Instagram, a companhia, que já tem 4 milhões de usuários, tem o foco no seu valor principal – interações sociais e em comunidades sobre experiências visuais.

Espero que o Instagram permita a mais apps a exportação para as suas redes. Ao se abrir para outros apps e serviços terá o potencial para pouco a pouco se tornar o ponto principal do compartilhamento de experiências de foto. E, no final, é isso que fará o Instagram tão mais valioso no processo de se tornar o Flickr das fotos mobile.

Em outras palavras, se existia algum competidor que pudesse ameaçar Zuckerberg seria Systrom (fundador do Instagram). Eles estão crescendo rapidamente em mobiles e a plataforma móvel do Facebook é medíocre. Porque? O Facebook não é a primeira empresa em mobilidade e não tem essa perspectiva como foco. A ideologia interna do Facebook é de uma empresa centrada em desktops.

Instagram fez exatamente o contrário. Criou uma plataforma baseada em emoção. Em vez de ter criado uma rede social, criou uma bela plataforma social de compartilhamento de experiências. Facebook e Instagram são duas companhias distintas com duas personalidades distintas. O Instagram tem o que o Facebook almeja – uma comunidade apaixonada. As pessoas gostam do Facebook. As pessoas usam o Facebook. As pessoas amam o Instagram. É o meu app mais usado. Eu passo uma hora por dia no Instagram. Tenho feito amizades baseadas em fotos que foram compartilhadas. Eu sei como se sentem e como veem o mundo. No Facebook falta alma. O Instagram é todo alma e emoção.

Tradução parcial de artigo publicado em GigaOm.

AGRADEÇA AO AUTOR COMPARTILHE!

4 Comentários

Croata
1

Cara excelente post , realmente pensei no mesmo ponto de vista que o seu , espero que o Mark faça algo incrivel com o Instagram que nasceu inscrivel desde o inicio !

Abraxo

Deixe seu comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Campos com * são obrigatórios!

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code class="" title="" data-url=""> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong> <pre class="" title="" data-url=""> <span class="" title="" data-url="">