Engajamento é a palavra de ordem

AGRADEÇA AO AUTOR COMPARTILHE!

Muitas foram as fases do e-mail marketing. Nos primórdios deste canal de comunicação, as empresas acreditavam que servia para prospecção total de clientes. Depois, viram que isso era um equívoco e passaram a enxergar o potencial de relacionamento do e-mail marketing. Iniciou-se, então, o processo de aprimoramento desse conceito, quando surgiram as práticas de segmentação, personalização e, hoje, a de engajamento.

Mas, afinal, o que é engajamento?

Engajamento em e-mail marketing significa fidelizar o cliente. Ser assertivo de forma que ele se acostume e fique na expectativa de receber seus e-mails. Esta saudável “ansiedade” mostra que a estratégia de envio de e-mails está correta.

No entanto, além de aprimorar o relacionamento, que outras vantagens esse conceito traz para o emissor? Engajamento e entregabilidade estão extremamente ligados.

Em um cenário no qual somente 64% dos e-mails têm o destino alcançado, segundo dados da Return Path, o engajamento é essencial. Fazer com que o cliente interaja com sua peça e perceba que suas campanhas são relevantes, deseje continuar recebendo-as e veja com bons olhos esse relacionamento, é fundamental para o sucesso das ações de e-mail marketing.

Os principais servidores de e-mails, como Gmail e Hotmail, levam muito em consideração as interações nas mensagens enviadas, alavancando a reputação dos IPs de envio.
E como gerar engajamento? Na verdade, há um processo a ser seguido, começando na relevância, passando pelo engajamento e resultando na entregabilidade.

Em um mar de e-mails que recebemos diariamente, uma mensagem precisa ser bastante relevante para chamar nossa atenção. É necessário que seja segmentada para o usuário, identifique o perfil desse receptor, analise os costumes e estabeleça padrões.

As plataformas de e-mail marketing já permitem tal estudo. Veja quais usuários interagem, os horários que eles abrem e clicam nas mensagens e respeite esse horário de envio, para ganhar atenção. Vencida essa primeira etapa, seja criativo, desperte a atenção, crie réguas de relacionamento. Existem ferramentas que permitem a criação de uma chamada “base quente”, na qual se conglomeram todos os usuários que interagiram com o e-mail marketing em um determinado período. Caso não haja mais nenhum contato entre a mensagem e esse usuário no período, ele pode ser destinado para uma base de prospecção e passa a receber peças diferentes, que possam reconquistá-lo.

Com engajamento e estratégia é possível conhecer o cliente, aprimorar o relacionamento e a entregabilidade, e obter o tão sonhado ROI. Esse é o atual momento do e-mail marketing: engajamento é a palavra de ordem!

Autor: Conrado Muller – Supervisor de Vendas da Experian Virtual Target

AGRADEÇA AO AUTOR COMPARTILHE!

Deixe seu comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Campos com * são obrigatórios!

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code class="" title="" data-url=""> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong> <pre class="" title="" data-url=""> <span class="" title="" data-url="">