Protegendo seu pen drive contra vírus (sem programas adicionais)

AGRADEÇA AO AUTOR COMPARTILHE!

Com a popularização desde tipo de dispositivo, o pen drive se tornou um item essencial para todos nós. Porém, ao conectá-lo em vários computadores aumenta a possibilidade de se contrair uma dessas terríveis pragas e infectar não só seu pen drive, mas também o micro em que conectá-lo. O diferencial dessa tutorial é que não é necessário a instalação de programas para realizar tal procedimento, sendo um método rápido e que deve ser executado seguindo exatamente o que se pede.

Primeiramente, faça um backup de seus arquivos. Vá em INICIAR/MEU COMPUTADOR, clique com o botão direito em cima da unidade do pen drive e depois em FORMATAR. Na janela que se abrirá, marque a opção de sistema de arquivos como NTFS, e dê um nome ao dispositivo. O tamanho da unidade de alocação, escolha o preferido e por fim clique em Iniciar.

                                                            

Logo após a formatação, crie uma pasta com o nome que desejar dentro do seu pen drive. Retorne ao MEU COMPUTADOR, e vá até as propriedades do pen drive.

                               

Na guia SEGURANÇA, clique em editar.

Na janela em que se abriu, selecione a opção NEGAR em CONTROLE TOTAL. Logo todas as opções serão marcadas.

Na mesma janela marque permitir nos itens LER & EXECUTAR, LISTAR CONTEÚDO DA PASTA e LEITURA. Marque também a opção GRAVAR como negar. Feito o processo clique em OK.

Entre na unidade do seu pen drive, selecione a pasta que você criou, clique com botão direito e em propriedades.

Na guia SEGURANÇA, clique em editar.

Como feito na unidade, marque apenas a opção PERMITIR em CONTROLE TOTAL que os itens necessários serão selecionados automaticamente. Para finalizar clique em OK. Pronto, seu pen drive agora está protegido contra vírus.

CONCLUSÃO

O procedimento realizado é bem simples. Você proibiu que fossem gravados arquivos na raiz do seu pen drive, onde geralmente se alojam os vírus, sendo a pasta criada dentro dele permitindo que você manipule seus arquivos de forma mais segura.

Faça o teste, grave algum arquivo dentro da pasta. Gravou sem nenhum problema. Agora tente gravar algum arquivo fora da pasta. Aparecerá a mensagem abaixo, significando que todo o procedimento foi realizado com sucesso.

OBS.: Todo arquivo que for salvo no pen drive, deverá ser salvo dentro da pasta criada. A realização deste procedimento não pode ser considerada como 100% de eficácia, pois, se tratando de vírus de computador, nunca se sabe o que virá por aí.

AGRADEÇA AO AUTOR COMPARTILHE!

4 Comentários

Daniel Fernandes
4

Ok! Fiz esse procedimento (embora tenha lido em outro site) e é válido mas, gostaria de saber porque o pen drive tem que ser formatado em partição NTFS e não FAT32; digo isso pois, como falei acima, fiz esse procedimento e quando coloquei o pen drive em um pc supostamente infectado, reconheceu o mesmo mas diz que está vazio (e tem dados dentro do mesmo);
Obrigado

Deixe seu comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Campos com * são obrigatórios!

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code class="" title="" data-url=""> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong> <pre class="" title="" data-url=""> <span class="" title="" data-url="">