Scrum – Tornando o Simples em Complicado

AGRADEÇA AO AUTOR COMPARTILHE!

O Scrum é simples e modificar um evento, burlar algum artefato ou regra, certamente trará à organização um resultado inverso do esperado, tornando-o complicado. Para evitar tal complicação devemos seguir fielmente o que prescreve o framework Scrum, a fim de se obter sucesso no desenvolvimento e gerenciamento dos projetos.
Conheci de perto um caso onde as regras não foram bem entendidas e aplicadas pela organização e equipe de projetos, onde as pessoas mais influentes “adaptaram” o framework naquilo que acreditavam ser eficaz, promovendo alterações conflitosas com o que prescreve o Scrum.

Scrum - Como tornar o Simples no Complicado “Burlar as regras seria equivalente a dirigir na contramão e querer que os carros se desviem do seu.”

Dentro desse contexto de equívocos pude conhecer os efeitos negativos causados por estas atitudes e pensei em levantar alguns desses pontos, a fim de compartilhar esta experiência.

Reunião diária
As reuniões diárias eram feitas duas vezes por semana por acharem improdutivo que a equipe se reunisse todos os dias. E quando a reunião acontecia esta não era cronometrada, não tinha foco nem objetivos centrais. Percebi o quanto tempo se perdia com esta situação, pois os eventos do Scrum são time-boxed e curtos, a fim de se obter foco e objetivos dos envolvidos, evitando assim desperdício de tempo com outras coisas desnecessárias dentro deste contexto. 15 minutos (e muito mais) são facilmente perdidos em conversas paralelas durante o expediente, concordam?

Também, a reunião não era feita com o quadro de tarefas, o que levava a cada membro ter que se lembrar das tarefas que “achavam” estarem envolvidos.

Equipes auto-organizáveis
O papel de gerente de projetos sobressaiu ao do Scrum Master. A equipe era totalmente gerenciada e pressionada ao invés de serem treinadas e motivadas a serem auto-organizadas. Isso também tornava o processo menos produtivo, pois engessava os “passos” da equipe, uma vez que ela podia gerenciar seu trabalho melhorando-o em todos os aspectos, conforme acharem necessário.

Backlog do Produto
O Backlog do Produto não era devidamente gerenciado, ou seja, não era priorizado pelo Product Owner e nem era tão claro em nível de detalhes suficientes para entendimento da equipe. Sem esse gerenciamento torna-se dificultoso atingir as metas e agregar valor ao negócio e histórias mal esclarecidas causam improdutividade e retrabalho por parte da equipe.

Bom, meu objetivo não é levantar críticas, mas, compartilhar tais experiências para que possamos analisar o quanto é benéfico para a organização à utilização correta do Scrum e o quanto ela perde quando torna o que é simples em complicado.

O sucesso por trás do Scrum está associado na arte de inventar e experimentar, porém, todo este invento deve se enquadrar dentro das prescrições do mesmo, a fim de tornar forte o time e o processo, não o efeito contrário.

AGRADEÇA AO AUTOR COMPARTILHE!

5 Comentários

Rafael Amaral Autor do Post
2

Oi Cleber,
A pergunta me pareceu ambígua, mas vamos lá:
Os eventos Scrum são time-boxed, ou seja, tem duração máxima e alguns são proporcionais ao tamanho da Sprint. Então, a equipe deve estar sim preparada e bem focada para realizar o trabalho pertencente a cada evento Scrum, pois eles foram planejados exatamente para isto, para serem rápidos e objetivos. Desse modo, evita-se gastar tempo com outras coisas desnecessárias.
Se a equipe perde o foco na reunião diária (conforme o meu post), certamente ela entrará no rumo de outros assuntos e isso consumirá recursos desnecessários.
Entretanto, se manter organizado e focado pode ser o princípio para garantir o sucesso de qualquer projeto, independente da metodologia utilizada.
Espero ter respondido, abçs!!!

Fábio Carigé
3

Olá Rafael! Tudo o que comentou tem muito fundamento. Apenas para incrementar o seu depoimento, sempre digo que é mais fácil tentar adaptar o Scrum do que mudar algo que não funciona na empresa. Esse é o caminho natural e acredito que o mais crítico do Scrum é a sua implantação pois sempre irá mostrar algo que está erradamente encoberto. A maioria das empresas não está preparada exercitar transparência, inspeção e adaptação.

Fernando Bagno
5

Acho que boa parte das empresas sempre faz o citado pelo Fábio acima. As empresas tendem a não aceitar que precisam mudar algumas ações e acabam por adaptar processos “fechados” para as necessidades da própria empresa gerando um problema, talvez, maior ainda.

Deixe seu comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Campos com * são obrigatórios!

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code class="" title="" data-url=""> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong> <pre class="" title="" data-url=""> <span class="" title="" data-url="">