Pesquisa autônoma de salários da área de TI

AGRADEÇA AO AUTOR COMPARTILHE!

No artigo de hoje estou publicando o resultado de uma pesquisa salarial que realizei com alunos, ex-alunos e leitores do blog FABIOPRADO.NET nos meses de Março e Abril de 2013. A pesquisa foi realizada através de um formulário com diversas questões, que foram recebidas por e-mail ou que foram preenchidos durante aulas que eu ministrei.

Eu recebi um pouco mais de 100 formulários de profissionais do Brasil inteiro (50% SP), mas tive que excluir alguns que estavam indevidamente preenchidos ou incompletos e sobraram apenas 99 formulários, que compõem o total de entrevistados. Para obter os dados estatísticos desta pesquisa, eu compilei os dados de todos os formulários em uma planilha do Excel, exportei os dados para um arquivo CSV e com um toque de DBA, criei uma tabela externa em um Banco de Dados Oracle para ler os dados desse arquivo e permitir que eu apurasse os resultados através de instruções SQL diversas.

Ressalto, primeiramente, que essa pesquisa não foi elaborada sobre critérios profissionais e que eu resolvi fazer este trabalho porque vejo um interesse muito grande entre os profissionais de TI sobre o assunto “carreira e salários” e porque muita gente acredita que as pesquisas realizadas por grande parte das empresas especializadas no assunto são manipuladas para atender interesses de negócios dessas empresas e/ou suas parceiras.


Atenção!

Ressalto também que há interesse (meu e do Jackson, responsável pelo PTI) em montarmos uma pesquisa deste tipo dentro do portal Profissionais TI para alcançarmos um número mais expressivo de participações, por isso, peço a gentileza de deixarem nos comentários suas opiniões e sugestões para montarmos uma pesquisa GRANDE, que traga números mais fieis do nosso mercado.


Seguem abaixo os principais dados estatísticos que eu apurei nessa pesquisa (em vermelho estão destacadas as linhas que representam os 3 maiores valores de cada grupo de informações), com comentários abaixo de cada quadro:

1- Total de entrevistados por cargo:

Nome cargo    Total
Analista de Banco de Dados 3
Analista de BI 2
Analista de Dados 3
Analista de Infra 4
Analista de Neg¢cios 1
Analista de Sistemas 18
Analista Desenvolvedor 12
Analista Suporte 7
Coordenador de TI 2
DBA 24
Desenvolvedor 13
Engenheiro de Software 1
Instrutor 1
Líder técnico 5
Supervisor TI 2
Testador Software 1

Comentários:

A maior parte dos entrevistados eram DBAsAnalistas DesenvolvedoresAnalista de Sistemas e Desenvolvedores, pois naturalmente estas são as profissões que mais procuram informações no blog FABIOPRADO.NET e que também procuram treinamentos que o blog oferece.

As profissões foram classificadas da forma mais genérica possível. Exemplos: Um Desenvolvedor PL/SQL foi classificado apenas como Desenvolvedor. Um Analista SAP Basis foi classificado como Analista de Sistemas.

2- Salário médio por cargo e nível do cargo:

Nome do cargo Nível cargo Salário médio
Analista de Banco de Dados Júnior 3.000,00
Analista de Banco de Dados Pleno 6.000,00
Analista de BI Estágio 2.000,00
Analista de BI Pleno 4.000,00
Analista de Dados Master 8.000,00
Analista de Dados Pleno 3.000,00
Analista de Dados Sênior 7.000,00
Analista de Infra Júnior 3.500,00
Analista de Infra Pleno 2.000,00
Analista de Negócios Pleno 4.000,00
Analista de Sistemas Especialista 10.000,00
Analista de Sistemas Júnior 3.333,33
Analista de Sistemas Pleno 4.909,09
Analista de Sistemas Sênior 8.666,67
Analista Desenvolvedor Especialista 10.000,00
Analista Desenvolvedor Estágio 2.000,00
Analista Desenvolvedor Júnior 2.500,00
Analista Desenvolvedor Pleno 5.000,00
Analista Desenvolvedor Sênior 5.666,67
Analista Suporte Júnior 2.000,00
Analista Suporte Pleno 4.000,00
Analista Suporte Sênior 2.000,00
Coordenador de TI Pleno 3.500,00
DBA Especialista 11.000,00
DBA Estágio 2.000,00
DBA Júnior 3.428,57
DBA Pleno 5.800,00
DBA Sênior 7.250,00
Desenvolvedor Especialista 8.000,00
Desenvolvedor Estágio 2.000,00
Desenvolvedor Júnior 2.333,33
Desenvolvedor Pleno 4.250,00
Desenvolvedor Sênior 5.500,00
Desenvolvedor Trainee 2.000,00
Engenheiro de Software Júnior 3.000,00
Instrutor Especialista 6.000,00
Líder técnico Gerência 8.600,00
Supervisor TI Gerência 5.000,00
Supervisor TI Sênior 4.000,00
Testador Software Júnior 2.000,00

Comentários:

A média salarial foi arrendondada para cima, considerando faixas salariais que possuem variação de no máximo 1.000 reais. Exemplo: Faixa de salário entre 2 e 3 mil reais foi arrendondada no cálculo da média  para 3.000 reais.

No quadro acima não foi considerada a forma de contratação (CLT ou PJ) dos profissionais, porém, a grande maioria (84,85%) é CLT e em segundo lugar, fica a contratação PJ (9,1%).

Os maiores salários da pesquisa são o de um DBA Especialista que trabalha como PJ e o de um Líder Técnico, que informaram ganhar mais de 10 mil reais (no quadro deste artigo eu classifiquei o valor + de 10 mil reais como 11 mil reais, mas poderia ser um valor maior).

O menor salário da pesquisa é de 2 mil reais porque a faixa de salário mais baixa era “Até 2 mil reais“, que na apuração dos resultados, foi arrendondada para o valor mais alto daquela faixa salarial (2 mil reais).

Em alguns cargos, o nível de cargo mais elevado tem um salário menor que o de um nível abaixo, como por exemplo, no cargo de Analista de Suporte Sênior. Isso pode ter ocorrido por diversos motivos: a) o entrevistado pode ter preenchido errado o nível do cargo; b) o entrevistado tem um salário muito baixo para o nível do cargo e isso levou a estatística para baixo (se a entrevista tivesse sido realizada com uma amostragem maior, teríamos um valor mais concreto).

3- Salário médio por cargo, nível do cargo e estado:

Cargo Nível do cargo Estado Salário médio
Analista de Banco de Dados Júnior SP 3.000,00
Analista de Banco de Dados Pleno RJ 6.000,00
Analista de Banco de Dados Pleno SC 6.000,00
Analista de BI Estágio DF 2.000,00
Analista de BI Pleno RS 4.000,00
Analista de Dados Master SP 8.000,00
Analista de Dados Pleno SP 3.000,00
Analista de Dados Sênior SP 7.000,00
Analista de Infra Júnior SC 3.000,00
Analista de Infra Júnior SP 5.000,00
Analista de Infra Pleno SP 2.000,00
Analista de Negócios Pleno SP 4.000,00
Analista de Sistemas Especialista SP 10.000,00
Analista de Sistemas Júnior PA 4.000,00
Analista de Sistemas Júnior SP 3.000,00
Analista de Sistemas Pleno MT 3.000,00
Analista de Sistemas Pleno PA 4.000,00
Analista de Sistemas Pleno RJ 4.500,00
Analista de Sistemas Pleno SP 5.428,57
Analista de Sistemas Sênior SP 8.666,67
Analista Desenvolvedor Especialista SP 10.000,00
Analista Desenvolvedor Estágio SP 2.000,00
Analista Desenvolvedor Júnior SP 2.500,00
Analista Desenvolvedor Pleno RJ 4.000,00
Analista Desenvolvedor Pleno SP 5.250,00
Analista Desenvolvedor Sênior PR 8.000,00
Analista Desenvolvedor Sênior SP 4.500,00
Analista Suporte Júnior BA 2.000,00
Analista Suporte Júnior RJ 2.000,00
Analista Suporte Júnior SP 2.000,00
Analista Suporte Pleno CE 3.000,00
Analista Suporte Pleno PE 5.000,00
Analista Suporte Pleno SP 4.000,00
Analista Suporte Sênior AL 2.000,00
Coordenador de TI Pleno SP 3.500,00
DBA Especialista SP 11.000,00
DBA Estágio DF 2.000,00
DBA Estágio PE 2.000,00
DBA Júnior AL 4.000,00
DBA Júnior AP 2.000,00
DBA Júnior RJ 4.000,00
DBA Júnior SP 3.333,33
DBA Pleno MG 6.500,00
DBA Pleno PE 5.000,00
DBA Pleno PR 5.000,00
DBA Pleno RJ 4.000,00
DBA Pleno RS 4.000,00
DBA Pleno SP 6.750,00
DBA Sênior BA 5.000,00
DBA Sênior RJ 8.000,00
DBA Sênior SP 8.000,00
Desenvolvedor Especialista SP 8.000,00
Desenvolvedor Estágio MG 2.000,00
Desenvolvedor Júnior MG 2.000,00
Desenvolvedor Júnior SP 2.500,00
Desenvolvedor Pleno RS 3.000,00
Desenvolvedor Pleno SP 4.666,67
Desenvolvedor Sênior SP 5.500,00
Desenvolvedor Trainee SP 2.000,00
Engenheiro de Software Júnior SP 3.000,00
Instrutor Especialista SP 6.000,00
Líder técnico Gerência RJ 11.000,00
Líder técnico Gerência SP 8.000,00
Supervisor TI Gerência SP 5.000,00
Supervisor TI Sênior SP 4.000,00
Testador Software Júnior PB 2.000,00

Comentários:

O quadro acima é semelhante ao do item anterior, mas acrescenta o Estado na média salarial. Não acrescentei cidade para evitar o excesso de informações e apresentar um resumo mais fácil de entender. Ressalto apenas que a maior parte dos entrevistados eram das capitais!

4- Total de profissionais satisfeitos com o seu salário, considerando suas qualificações atuais:

Você está satisfeito com o seu salário atual?    Total
Sim 53
Não 46

Comentários:

Ao contrário do que muita gente pensa, a maior parte (53%) dos profissionais de TI está satisfeita com o seu salário, considerando suas qualificações atuais. Se você consultar pesquisas salariais, como por exemplo, a do artigo Salários na área de TI – Vale a pena trabalhar nessa área? que eu publiquei neste site em 05/2011, verá que a maioria do pessoal que deixa comentários são aqueles que estão insatisfeitos e isso nos leva a pensar que a maioria dos profissionais de TI também estão insatisfeitos com o seu salário, quando na verdade, é o contrário: a maior parte está satisfeita!

5- Total de profissionais satisfeitos com a carga de trabalho atual, considerando horário de expediente + horas extras:

Você está satisfeito com a sua carga de trabalho atual?    Total
Sim 74
Não 25

Comentários:

Ao contrário do que muita gente pensa, pelo mesmo motivo do item anterior, a maior parte (74%) dos profissionais de TI está satisfeita com a sua carga de trabalho atual, considerando o seu horário de expediente + horas extras. 

6- Total de profissionais que pretendem mudar de cargo ou profissão nos próximos 5 anos:

Você pretende mudar de cargo ou profissão nos próximos 5 anos?    Total
Sim 54
Não 45

Comentários:

A maior parte dos profissionais entrevistados pretendem mudar de cargo ou profissão, mas pelas respostas do próximo quadro, podemos verificar que estes profissionais pretendem permanecer na área de TI, ou seja, muitas vezes um Desenvolvedor pretende virar Analista de Sistemas ou DBA no futuro, ou, um Analista de Sistemas pretende assumir um cargo de Coordenador ou Gerência etc.

7- Total de profissionais que pretendem sair da área de TI nos próximos 10 anos:

Você pretende sair da área de TI nos próximos 10 anos?    Total
Sim 16
Não 83

Comentários:

A maior parte (83,84%) dos profissionais entrevistados pretendem permanecer na área de TI nos próximos 10 anos, o que para mim, significa que essa área não é uma área ruim para se trabalhar (como muitos dizem). Se fosse ruim, a maior parte desejaria sair!

Se a maioria dos profissionais entrevistados deseja permanecer na área de TI, é porque eles provavelmente enxergam possibilidades de crescimentos profissional e melhores salários nesta área, do que em outras áreas que eles poderiam ter como opção para trabalhar!

 

Artigo original: http://www.fabioprado.net/2013/04/pesquisa-salarial-de-ti.html

AGRADEÇA AO AUTOR COMPARTILHE!

8 Comentários

Diego
1

Fábio, gostaria de te parabenizar por este trabalho.
Discutir sobre salários na área de TI é um assunto complicado, onde aparentemente existe muita discussão, e nada mais concreto que um levantamento estatístico para apresentar os dados de forma mais exata.
Novamente parabéns pelas horas dedicadas à pesquisa.

Luiz Felipe
2

Bom dia,

Excelente pesquisa! Só senti falta de pessoas do estado do Amazonas nesse estudo, da região Norte só possui o Pará, e apenas este estado nao oferece uma visão tão próxima desta região. O interessante de Manaus é que há muitas empresas de celular lá no pólo industrial, e que contratam programadores de sistemas mobile a preço de ouro.

Abraços.

Fábio Prado
4

@Fred_Cbranco,

A resposta para a sua questão já está no artigo. Leia de novo “atentamente” o trecho abaixo:

“Em alguns cargos, o nível de cargo mais elevado tem um salário menor que o de um nível abaixo, como por exemplo, no cargo de Analista de Suporte Sênior. Isso pode ter ocorrido por diversos motivos: a) o entrevistado pode ter preenchido errado o nível do cargo; b) o entrevistado tem um salário muito baixo para o nível do cargo e isso levou a estatística para baixo (se a entrevista tivesse sido realizada com uma amostragem maior, teríamos um valor mais concreto).”

Rodrigo Renie
5

Excelente iniciativa, mas realmente é necessário uma amostragem maior para ter dados mais exatos.

Quanto ao fato de 83% não pretendem sair do ramo de TI no próximos 10 anos e, por isso, é uma área boa de se trabalhar, não achei a conclusão necessariamente correta. Em qualquer área, boa ou ruim, quem se dedica nela (faz faculdade, pós, especialização, etc) com certeza não vai jogar tudo fora para começar a vender coco na praia.

O fato de eu não pretender sair de TI não necessariamente significa que é uma área boa de trabalhar, e sim porque não quero desperdiçar os últimos 8 anos de estudos da minha vida.

Fábio Prado
6

Rodrigo Renie, ótimos comentários! Eu mesmo não mudaria de área para não jogar fora todo a experiência e conhecimentos que adquiri por mais de uma década. Na próxima pesquisa que farei em conjunto com o PTI seu comentário servirá de base para a conclusão!

José Cunha
7

Muito bom trabalho,
Aqui em Belém-PA ficamos buscando a base salarial de sindicatos, onde os mesmos parecem está mais de acordo com as empresas do que com trabalhador. Este ano será realizada uma licitação para contratar serviço de TI e esta média de salário vai nos ajudar estabelecer um meta minima de salários para os profissionais de TI, senão as empresas entram com preços baixos de salário para ganhar o certame. Mais como Luiz Felipe falou a região Norte precisa ser mais consultada.

Eduardo Carvalho
8

Muito bom trabalho!
Realmente é complicado falar em salários cargos de TI, uma área onde cada empresa apresenta um plano de carreira completamente diferente da outra. Gostaria de saber se os entrevistados eram do setor público, privado, ou dos dois setores sem distinção. Seria interessante comparar essa variável também.

Abraços.

Deixe seu comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Campos com * são obrigatórios!

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code class="" title="" data-url=""> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong> <pre class="" title="" data-url=""> <span class="" title="" data-url="">