Conheça a fundo a Virtualização e VMware – Parte 4

AGRADEÇA AO AUTOR COMPARTILHE!

Seguindo a serie de artigos sobre o VMware, hoje irei falar dos serviços distribuídos do VMware.

Serviços distribuídos  do VMware vSphere

vMotion vSphere, Storage vMotion vSphere, vSphere DRS, vSphere Storage DRS, Storage Control I / O, HA vSphere, e fault tolerance são serviços que permitem uma gestão eficiente e automatizada dos recursos, dando às máquinas virtuais uma  alta disponibilidade distribuída.

vMotion

As máquinas consomem recursos do host físico ESXi. Com vMotion, você pode migrar máquinas virtuais de um servidor físico para outro, sem interrupção do serviço. O efeito é uma atribuição mais eficiente dos recursos. Com vMotion, os recursos podem ser dinamicamente realocados em servidores físicos sem parada alguma.

Storage vMotion vSphere

Com Storage vMotion, você pode migrar as máquinas virtuais a partir de um datastore para outro datastore sem interrupção do serviço. Essa capacidade permite que os administradores, por exemplo, migrem maquinas virtuais de um array para outro para realizar manutenção, reconfiguração de LUNs, resolver problemas de espaço ou  atualizar volumes VMFS. Os administradores também podem usar Storage vMotion para otimizar o ambiente de armazenamento para melhorar o desempenho, pois ele pode perfeitamente migrar os discos da máquina virtual para um datastore que tenha pouco I/O, por exemplo.

vSphere Distributed Resource Scheduler

vSphere Distributed Resource Scheduler (DRS) ajuda você a gerenciar um cluster  como se fosse um único local. Você pode atribuir uma máquina virtual para um cluster e o  DRS encontra um host adequado para executar a máquina virtual. DRS faz com que as cargas das maquinas virtuais sejam equilibradas em todo o cluster, e as políticas de alocação de recursos de cluster (por exemplo, as reservas, prioridades e limites) são aplicadas de forma homogênea. Quando uma máquina virtual é ligada, o DRS realiza uma analise inicial da máquina para verificar em qual host ela será alocada. Como conjunto as condições mudam (por exemplo, a carga e os recursos disponíveis), se isso acontecer, o  DRS usa vMotion para migrar as máquinas virtuais para outras máquinas.

vSphere Storage DRS

Storage DRS ajuda você a gerenciar vários datastores como se fosse apenas um. Este recurso chama-se cluster de datastore. Um cluster de datastore  é uma agregação de vários datastores em um único pool de balanceamento de carga lógico. Você pode tratar o cluster de datastores  como um único recurso de armazenamento flexível para fins de gestão de recursos. Como efeito, um conjunto de datastores  é o armazenamento equivalente a um cluster de computação ESXi. Você pode realizar um cluster, por exemplo, para abrigar um grupo de maquinas virtuais parecidas (banco de dados, por exemplo). Com isso, ao criar uma maquina virtual o VMWare vai alocar o HD dela em algum dos datastores do cluster, preservando o balanceamento de carga e evitando gargalos de I/O.

storage datastore

vSphere HA

Com o vSphere HA, caso um host venha a falhar, as maquinas virtuais que estão alocadas neste host reinicia automaticamente em outro host no cluster.

O HA monitora todos os hosts físicos em um cluster e detecta falhas. Cada host físico mantém uma pulsação com os outros hosts no cluster. A perda de um “batimento cardíaco” inicia o processo de reiniciar todas as máquinas virtuais afetadas em outros host. O vSphere HA garante que se um host falhar, recursos suficientes estão disponíveis no cluster em todos os momentos para reiniciar as máquinas virtuais em diferentes máquinas físicas.

ha

O HA também fornece um recurso de monitoramento da máquina virtual que monitora o status das máquinas virtuais em um cluster HA. Se uma máquina virtual não responder dentro de um tempo especificado, o HA passa a entender como uma falha e reinicia esta VM novamente. O mesmo acontece com as aplicações, caso um aplicativo venha a travar ou parar de responder o HA também age reiniciando a VM. Um exemplo prático é em servidor de banco de dados, por exemplo. Se o HA identificar que o Oracle parou de responder ele reinicia o servidor.

vSphere Fault Tolerance

Tolerância a Falhas na plataforma vSphere ESXi fornece disponibilidade contínua, protegendo a máquina virtual criando uma máquina secundaria. Esta VM é atualizada em tempo real e quando a VM principal falhar a secundaria entra em cena.

Tudo que for feito na VM principal é replicado na VM secundaria em tempo real, o que garante que as duas permaneçam num estado idêntico. Por exemplo, cliques do mouse e teclas são gravados na máquina virtual primária e reproduzidos na máquina virtual secundária.

A  máquina virtual secundária está sendo executada simultaneamente com a máquina virtual primária, que pode assumir a qualquer momento sem interrupção do serviço ou perda de dados.

AGRADEÇA AO AUTOR COMPARTILHE!

Frederico Neves

Mais artigos deste autor »

Profissional graduado em Sistemas para internet, possui grande experiência em projetos de virtualização e cloud computing. Atualmente ocupa o cargo de Consultor de TI na PRODAMA atuando com a equipe de vendas dimensionando cenários e desenhando projetos. Atuo também em implementações de toda linha VMware, IBM System X, IBM System Storage, ARCSERVE Backup.
Profissional especialista IBM System X, IBM System Storage e VCP5 VMware.
Contato: (44) 8411-2684
email: [email protected]


Deixe seu comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Campos com * são obrigatórios!

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code class="" title="" data-url=""> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong> <pre class="" title="" data-url=""> <span class="" title="" data-url="">