Dicas Para Turbinar Seu Networking

AGRADEÇA AO AUTOR COMPARTILHE!

Você investe em bancos, bolsa de valores, bens… mas você investe em seu networking?

A maioria das pessoas pensam que fazer networking é fazer “amigos de infância”. Aqui vai a dica, investir em networking não é fazer novos amigos de balada, ou novos companheiros para os passeios de final de semana.

Os relacionamentos humanos são complicados, principalmente no que diz respeito a amigos muito próximos, namorados(as), parentes… Networking é muito mais simples que isso. Trata-se de você conhecer pessoas, ser cordial com elas e se colocar a disposição caso elas precisem de você um dia. Dessa forma é mais provável que essas mesmas pessoas lembrem de você no futuro.

Dito isso, aí vão algumas dicas que talvez ajudem a “afiar” suas habilidades em networking.

1) Desenvolva uma mentalidade de completa colaboração. O que eu quero dizer é que um estranho estará muito mais disposto a te ajudar algum dia se você se propor a ajuda-lo hoje. Mesmo que você não queira nada no momento, só queira conhecer a pessoa e fazer a conexão, simplesmente ofereça ajuda. O grande segredo do networking é ajudar aos outros, então, faça da pergunta “Como posso ajudar?” seu novo mantra.

2) Encontre um mentor ou coaching. É muito importante você ter alguém para lhe dar conselhos e te mostrar o caminho das pedras.
Ok, você pode estar pensando nesse momento em encontrar alguém mais velho, normalmente em uma posição social e profissional mais elevada que a sua, para pedir conselhos e fazer a pergunta que não quer calar: “Você aceitaria ser meu mentor?”. Esquece! fazer isso é como pedir alguém em casamento no primeiro encontro.

Na minha opinião um mentor é algo que se conquista, não se pede ou compra (apesar de muitos pagarem por coaching hoje em dia).
Mentor é alguém que já passou pelo que você está passando e pode te dar conselhos sobre como fazer as coisas da melhor maneira possível. Isso pode ser informal, por meio de seu vizinho de cubículo, seu professor, o cara que você conheceu no congresso ano passado! Bata-papo, chame para tomar um café e ouça atentamente o que eles têm a te dizer.

3) Comprometa-se com o não-habitual. A pior coisa que pode acontecer na sua carreira e na sua vida é a rotina! Mudanças são importantes. Algumas vezes elas acontecem devido a fatores externos, outras por escolha própria, mas tanto faz, faça da mudança em si seu “novo normal”. Muita coisa acontece quando saímos de nossa zona de conforto, além disso, o potencial de deslanche da sua carreira aumenta consideravelmente.

4) Redes Sociais. Participe de redes sociais! Há muito as distâncias deixaram de ser um impedimento para conhecer pessoas. O segredo aqui é saber como usar. Use com responsabilidade e tenha cuidado para não se expor demais e para não ser o cara chato da Internet.

5) Cultive relacionamentos que vão apoiar seus objetivos. Sua rede de contatos e a forma como você trata as pessoas têm um impacto dramático na sua capacidade de atingir objetivos. Evite ser egoísta ou adotar uma mentalidade hierárquica, ao invés disso pense no “todos somos um” e lembre-se que, atualmente, networking não é mais sobre “quem você conhece” mas sim “Quem você é” como pessoa.

6) Desenvolva parcerias. Conecte-se com pessoas influentes em seu ramo de atuação e explore parcerias. É incrível o número de pessoas que você pode alcançar com apenas um parceiro influente. Mas cuidado! Lembre-se das dicas 1 e 2!

7) Aprenda a perguntar. Se prepare para fazer perguntas, qualidade é mais importante que quantidade. Muitas vezes uma única pergunta bem feita responde muito mais que mil perguntas mal formuladas.

Publicado inicialmente em: Café do Programador

AGRADEÇA AO AUTOR COMPARTILHE!

Ingrid Marçal

Mais artigos deste autor »

Bacharel em Ciência da Computação pela FCT-Unesp. Atualmente cursando pós-graduação em Gerenciamento de Projetos pela instituição SENAC. Apaixonada por tecnologia e gestão, adora compartilhar ideias e levantar discussões sobre assuntos interessantes envolvendo TI.


4 Comentários

Ricardo
1

Magnifico artigo Ingrid. Sempre valorizei o Networking de um bom tempo para cá e os resultados são bons, principalmente quando quer se tornar um bom profissional. Diferente dos puxa sacos, Networking mostra o profissional que você quer se tornar. Acho que vale a pena o investimento de um Coach desde que os resultados sejam positivos.

Carlos Fielde de Campos
2

Artigo bem estruturado que sintetiza a postura que um profissional que almeja estabelecer uma rede de relacionamento pessoal e profissional abrangente e que não demonstre segundas intenções em tudo o que faça. Muito bom mesmo o artigo!!

Sds, Carlos Fielde

Deixe seu comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Campos com * são obrigatórios!

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code class="" title="" data-url=""> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong> <pre class="" title="" data-url=""> <span class="" title="" data-url="">