É interessante ter apenas uma Fan Page no Facebook e ignorar outras mídias?

AGRADEÇA AO AUTOR COMPARTILHE!

Uma FanPage não tem modo exato de como deve ser utilizada, porém, alguns modos são interessantes e dão resultados, outros são um risco ou completa perda de tempo – cada um adaptável para seu modelo de negócio.

Como em um Site ou Loja Virtual, alguns pontos devem ser observados e o principal deles é a usabilidade. Dentro do Facebook as coisas acontecem paralelamente, onde  a qualquer atualização de status de um amigo seu cliente pode distrair-se, perder o interesse e sair de sua página. Riscos sempre existem, no entanto, podemos amenizá-los se tivermos um ambiente interativo, bem trabalhado e rico em detalhes – mas organizado.

Um modelo que eu não aprovo para utilização de uma Fan Page é torná-la como a única página do seu negócio. Algumas agências e prestadores de serviços estão migrando para esse modelo, porém, provam somente que não estão qualificadas para trabalhar com Social Media, já que esse é um trabalho que requer competência em gestão de riscos e muito pé no chão.

Mas porque não devemos ter somente uma Fan Page, já que o custo e o trabalho reduziriam e é o ambiente onde estão nossos possíveis clientes?

Alguns pontos lógicos devem ser considerados, entre eles estão:

  • Quanto mais canais de comunicação mais competente e coerente essa comunicação tende a ser.
  • Levar ao pé da letra e considerar o Facebook perfeito como plataforma pode ser um grande risco, pois assim como o Orkut o era há tempos atrás o Facebook também pode perder a majestade.
  • Se possuir apenas uma Fan Page e o Facebook perder o glamour, você terá que recomeçar todo seu trabalho de relevância.
  • Conteúdo interno no Facebook não tem tanta relevância como estão mencionando – Cuidado, iniciar um trabalho considerando uma possibilidade é inteligente, agora colocar essa possibilidade como prioridade é um erro.

Bom, poderia fazer uma lista maior, mas são todos erros que derivam um do outro. Quando se tem competências de gestão de riscos é possível observar mais profundamente onde tudo isso pode parar. Vou deixar por conta de vocês a continuidade dos riscos…

Como o Facebook é a “onda” do momento, temos que ter atenção a tudo isso, valorizá-lo e aproveitar o momento para fazer negócios. Algumas empresas estão investindo consideravelmente em personalizar a marca dentro da plataforma Facebook e estão caminhando de forma correta, não é porque o Facebook pode perder o trono que devemos ignorá-lo, temos que aproveitar o momento de destaque. Mas isso não quer dizer que devemos dar foco total somente a ele. Na verdade ele deve ser complemento de uma estratégia maior, deve ser o que é – apenas uma plataforma Social.

Sucesso pra você, um forte abraço.

AGRADEÇA AO AUTOR COMPARTILHE!

Luiz Castro Junior

Mais artigos deste autor »

Diretor da Alpis Consultoria.
Consultor Certificado 8 Ps - Marketing Digital, Planejamento Estratégico digital, Gestor de Projetos.


Deixe seu comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Campos com * são obrigatórios!

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code class="" title="" data-url=""> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong> <pre class="" title="" data-url=""> <span class="" title="" data-url="">