Pressão por redução de custos impulsiona terceirização de serviços de TI

AGRADEÇA AO AUTOR COMPARTILHE!

A maioria das empresas que opta pela terceirização dos serviços de TI o faz pelo custo. Mas, obviamente, além de ceder à pressão pela redução de custos, elas também percebem o valor agregado do ganho de flexibilidade – que tem sido igualmente importante para os negócios. Na medida em que são transferidas muitas das responsabilidades para um fornecedor de TI, deixam de existir preocupações relacionadas a investimento e dimensionamento da infraestrutura tecnológica para ampliar os negócios – podendo concentrar mais esforços no core business.

reducao-custos-terceirizacao-servicos-ti

A gestão do banco de dados desponta como um dos serviços mais terceirizados. Ao optar pelo outsourcing do data center e pela gestão do banco de dados, as empresas passam a contar com eficientes ferramentas de armazenamento e recuperação de informações, podendo alterar configurações, fazer atualizações necessárias ou recomendadas, agendar backups, promover a recuperação de desastres de modo que nenhum dado crítico seja perdido, monitorar o uso do sistema e o tempo de resposta, além de garantir desempenho máximo.

É muito comum que as empresas iniciem projetos sem contar com um uma boa ferramenta de gestão do banco de dados (DBA), mas é pouco provável que elas se sustentem por muito tempo nesse mercado competitivo sem contar com um serviço de gerenciamento sob medida para suas reais necessidades. Essa é a realidade da maioria das instituições que geram muita informação, como hospitais, escolas, bancos, empresas de telecomunicações e empresas públicas, por exemplo. Uma das grandes vantagens de se investir em DBA é contar com ferramentas eficientes para detectar e solucionar rapidamente problemas de natureza tecnológica. Afinal, o banco de dados costuma ser apontado como o suspeito número um quando surgem problemas na área de TI.

Ao optar pela terceirização da gestão do banco de dados, a empresa passa a contar com ferramentas essenciais para agir rapidamente numa situação crítica. Isto se dá, primeiramente, através de um monitoramento full time, capaz de detectar qualquer anormalidade e rapidamente avisar a equipe responsável pelo gerenciamento. Com acesso remoto às máquinas dos clientes (VPN), especialistas promovem ações corretivas sempre que necessário, a fim de manter disponíveis e eficientes os serviços de gerenciamento de informações.

Além do monitoramento integral – que antecipa, detecta e corrige problemas – é fundamental que as empresas contem com serviços de suporte às atividades do banco de dados, como backup, simulação de desastre e recuperação, transporte de dados para outros sites, aplicação de softwares que mantêm o banco de dados sempre atualizado, implementação de políticas de segurança etc. Com todas as vantagens administrativas provenientes da terceirização do serviço, ainda vale ressaltar outras características importantes, como redução do orçamento de TI, aumento de produtividade da equipe interna, maior segurança ao contar com monitoramento em tempo real e integral, além de se livrar do desgaste gerado por substituições, férias e falta de funcionários.

O outsourcing de TI, principalmente no que se refere ao data center e ao gerenciamento do banco de dados, é semelhante a um par de olhos sempre atentos para acompanhar, analisar e documentar o ambiente tecnológico da empresa. Outra grande tendência do momento é o ‘cloudsourcing’, que é a terceirização de serviços na nuvem. Ainda hoje, quando um banco de dados interno começa a ficar pequeno, a primeira grande dúvida é se vale a pena investir num data center maior ou terceirizar o data center numa empresa especializada. Mas, com o aumento das restrições financeiras, a TI está explorando o armazenamento em nuvem para reduzir custos de melhorar a eficiência. Vale a pena alinhar cuidadosamente as necessidades da empresa com o que a nuvem tem a oferecer antes de tomar uma decisão. Em determinados casos, pode ser vantajoso”.

AGRADEÇA AO AUTOR COMPARTILHE!

Adriano Filadoro

Mais artigos deste autor »

Diretor de tecnologia da Online Data Center (www.onlinedc.com.br) – empresa de tecnologia voltada para os negócios que atua há 20 anos na indústria de TI, atendendo clientes de médio e grande porte de diversos setores da economia.


4 Comentários

Fabrício
1

O título é atraente/chamativo. O português e a dinâmica do artigo são bons.
Mas o essência do texto, deixa a desejar. Pensei que iria, realmente, tratar da “pressão por redução de custos” e do tema “terceirização”. Esse artigo trata apenas de propaganda de um dos serviços prestados pela empresa do Sr.Adriano. Sei que é um tema amplo e que demandaria mais artigos para o desenvolvimento e debate sobre o assunto. Se desconsiderarmos a propaganda embutida no texto, o título deveria ser algo como “Terceirização de Banco de Dados”.
Pecaste também no trecho que utiliza a expressão “De acordo com Adriano Filadoro, …”. Se você é o autor do artigo, não precisa mencionar seu nome como alguém que está afirmando algo. Pois se o texto é seu, está explícito que o que é dito é de autoria do Adriano.
Abraço!

    Jackson CasetJackson Caset
    2

    Oi Fabricio,

    Me chamo Jackson, sou responsável pelo portal PTI e estou mantendo contato para pedir minhas sinceras desculpas pelo texto “Pressão por redução de custos impulsiona terceirização de serviços de TI”.

    A pessoa que o revisou acabou deixando passar a publicidade escondida no texto e também não observou que o texto escrito pelo autor recebeu ajustes por parte de sua assessoria de comunicação. Por isso, em alguns pontos, há menção do nome do autor.

    Fiz os ajustes necessários e acredito que agora esteja mais adequado ao título proposto.

    Peço a gentileza de avaliar.

    Obrigado pelo toque. Abraço!

Fabrício
3

Oi Jackson! Obrigado pelo retorno.
Melhorou sim a apresentação do artigo, porém continuo com a mesma opinião. Pressão por redução de custos e terceirização são temas que precisavam ser explorados melhor no texto. Mesmo assim, o Adriano Filadoro abre um ambiente propício para novos questionamentos e para abordamos em outros artigos:
– Será que em todos os casos de pressão por redução de custo é hora de terceirizar?
– Existem perdas e ganhos em terceirizar?
– Terceirizar é reduzir custos?
– Será que a tal pressão por redução de custos é o reflexo do setor de TI em não mostrar o valor pelo dinheiro?
E assim, vamos debatendo.
Abração.

Deixe seu comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Campos com * são obrigatórios!

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code class="" title="" data-url=""> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong> <pre class="" title="" data-url=""> <span class="" title="" data-url="">